jovens-adultos-sentados-rindo-com-computador

Características da literatura Young Adult

Se você já passou dos 25 anos, mas continua reservando um lugar especial em seu coração para livros e filmes que atraem o público adolescente, fique tranquilo! Apesar da literatura ser categorizada por faixa-etária, isso não significa que você seja a única pessoa do universo a preferir ficção escrita para os mais jovens. 

Neste artigo, explicaremos o que é o gênero young adult e porque ele faz tanto sucesso.

Mas afinal, o que é o gênero Young Adult?

Teoricamente, Young Adult é a literatura com foco em adolescentes de 14 a 21 anos. A nomenclatura não tem nada a ver com a definição de “jovens adultos” que temos atualmente – isso porque a expressão surgiu no começo do século XIX, quando a percepção de idade era muito diferente do que temos. 

Exemplos de livros e sagas Young Adult

  • A culpa é das estrelas, John Green
  • Percy Jackson, Rick Riordan
  • Crepúsculo, Stephenie Meyer
  • Jogos Vorazes, Suzanne Collins

Leia também: O que Harry Potter pode ensinar aos escritores hoje?

Por que o gênero faz tanto sucesso?

As histórias normalmente são criativas, romanticas e fáceis de consumir. Por isso, muitos adultos são fãs do gênero: a leitura vem como forma de escape da realidade.

Além disso, as histórias feitas para adolescentes normalmente misturam elementos da realidade à distopias, criam universos paralelos encantadores e são marcantes, com características que ultrapassarão a escrita, chegando até às telas do cinema e confundindo a imagens dos personagens a de atores populares no momento.

Dicas para escrever uma obra Young Adult

Personagem jovem marcante 

Todo livro (ou a maioria, pelo menos) deste gênero tem um protagonista com características marcantes, que fazem com que o público se identifique. Normalmente, observamos sua evolução e amadurecimento ao longo da história, tomando decisões responsáveis e que ultrapassam a sabedoria de um jovem de 14 anos, por exemplo.

Apelo para emoções da adolescência

Durante a adolescência, convivemos com emoções intensas, como revolta, confusão, descoberta de quem somos e o sentimento de incompreensão. Se olharmos para os principais personagens do gênero, é possível notar todas essas emoções presentes em algum momento da história. É esse tipo de emoção que fará com que o público imediatamente identifique-se com a obra, afinal, já viveu ou estará vivenciando muitos destes conflitos.

Linguagem simples 

Nada de escrever coisas difíceis, utilizar palavras pouco populares ou criar grandes conclusões que precisam de contexto histórico, muita interpretação e bagagem literária. Os livros young adult são, normalmente, a porta de entrada para o universo da ficção para muitos adolescentes e uma escolha “fácil de consumir” para o público mais velho. Por isso, aposte sempre em linguagem simples e garanta maior abrangência para sua obra.  

Saiba como retormar o hábito da leitura

Atemporalidade

Para que um livro do gênero young adult seja interessante também para adultos, é necessário evitar expressões ou comportamentos que apenas os mais jovens saberão interpretar. Memes, referências a outros filmes e livros, gírias… tudo isso deve ser deixado em segundo plano, já que muda o tempo o tempo e pode não fazer sentido para outras faixa-etárias ou para os próximos anos.

O que você achou das dicas? Deixe um comentário abaixo! 

Artigos relacionados:

5 coisas que todo escritor iniciante precisa saber
Livros infantis para entreter os filhos na quarentena
Distopia em livros: o que é e como escrever uma

Assine a Nossa Newsletter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *