foto-da-autora-sorrindo-cabelo-curto-apoiada-na-mao-ao-lado-de-capa-do-livro-nudes-e-outros-crimes

Nudes e Outros Crimes é o #LivrodoClube de abril

A paquera e os relacionamentos no século XXI nunca foram tão tecnológicos. Aplicativos de encontros, envios de nudes, sexo online, gravações de vídeos pornográficos caseiros. Tudo na tela do seu celular”.

É assim que Mariana Betting Ferrarezi começa a apresetação de seu livro, Nudes e Outros Crimes. De acordo com a autora, essa forma de se relacionar pode parecer simples, mas esconde perigos incalculados no calor do momento. “Trazer à tona essa reflexão foi a motivação principal para a escrita do livro”, completa Mariana.

A obra mal saiu do forno e já entrou para o TOP 10 livros em destaque no mês de abril. Além disso, foi escolhida como a sugestão de leitura do mês no Livro do Clube.

Ficou curioso para saber mais?
Neste post, contaremos um pouco dos bastidores da obra e a experiência da autora com a escrita! Vamos lá?

Sobre a obra:

A história tem gostinho de verão e tempero carioca. E pra completar a mistura, deixando o enredo ainda mais brasileiro: tem carnaval, romance, diversão e muito calor.

Mas a trama não é feita só de coisas boas! A exposição nas redes sociais e uso de aplicativos de encontro dão forma a crimes cibernéticos e investigações policiais. É um livro eletrizante, ficcional e impossível de largar. história ainda mais Além disso, as pitadas de realidade adicionadas pela autora tornam tudo ainda mais interessante – segundo ela, é mais fácil encontrar emoção em situações vivenciadas por nós mesmos (fica a dica para os escritores!).

“Aplicativos de encontros virtuais já são comuns e muito presentes durante a paquera, sedução ou novo encontro. Separada e morando no Rio de Janeiro, já fiz uso desses aplicativos e acompanho minhas amigas utilizando também”, revela Mariana. “A parte que relato sobre meu pai, por exemplo, é totalmente real. E foi muito bom poder colocar pra fora essas emoções e até, de certa maneira, fazer uma homenagem a ele. E assim se passa em outros trechos também”, completa.

Quem é Mariana B. Ferrarezi?

Araquarense de nascimento e carioca por opção. A autora de Nudes e Outros Crimes é formada em Propaganda e Marketing e trabalha há mais de 15 anos como designer de produto projetando móveis outros objetos. Suas criações são vendidas em lojas especializadas de decoração e apresentadas em seu showroom em São Paulo.

Ah, e uma super curiosidade: Mariana e o sócio são vencedores do prêmio alemão IF Design Award, considerado o Óscar do design mundial, nada mal, né? :)

A escritora é muito apegada à natureza. Ama ir à praia, fazer esportes, tomar sol, nadar e fazer trilhas. “Ainda não aprendi a surfar, mas quem sabe um dia conquisto essa habilidade”, brinca a designer. Também que é apaixonada por seu trabalho e gosta de expressar sua criatividade de diferentes formas.

Apesar de não atuar diretamente com redação, a escrita sempre fez parte de sua vida, desde o vestibular aos dias atuais – recém formada, passou a desenvolver textos publicitários e hoje em dia utiliza esse conhecimento para produzir releases das peças que cria.

“A escrita de livros ou contos, no entanto, é algo muito novo em minha vida. Surgiu do desejo de contar essa estória que relato no livro e me dominou por completo”, conta Mariana. Segundo ela, o livro publicado em 2021 foi escrito em 2017. Além deste, também escreveu um conto infantil e já está se programando para escrever o próximo.

Publicação independente e o Clube de Autores:

“Eu conheci o Clube pela internet. Logo que acabei o livro, fiz uma busca por editoras de autopublicação. Estava interessada em fazer a publicação por uma editora convencional, uma vez que não tenho muito tempo para me dedicar ao marketing do livro. Então, guardei o Clube em meus e-mails. Mas, na dificuldade em consegui-lo, e depois de ter a estória lida por vários amigos que me incentivaram a publicá-lo, voltei ao projeto inicial e fiz a publicação”, explica a autora.

Leia também: Como publicar um livro independente?

Aliás, Mariana tem recebido feedbacks positivos dos leitores e está muito feliz com os resultados até agora. Ainda é cedo para ter uma quantidade de livros vendidos que atenda às expectativas da autora, mas ela espera que sejam superadas!

Nudes e Outros Crimes é sua primeira obra e, por esse e todos os outros motivos destacados neste artigo, foi escolhida como sugestão de leitura do clube do livro.

Saiba mais: Como participar do #LivrodoClube?

O tema de abril foi “Autor de primeira viagem” e é claro que não poderíamos deixar de fora uma super dica de Mariana para quem, assim como ela, também quer se aventurar no mercado literário. Confira abaixo:

“O meu principal conselho é: Arrisque-se!

Acredito que todos que escreveram um livro querem vê-lo publicado. Ninguém dedica horas de seu dia escrevendo uma estória, para que ela fique na gaveta.

Estou nos primeiros passos, mas acho que tomei a decisão acertada e espero ter resultados lindos para contar a vocês em algum tempo. Que assim seja!

Ping-pong com a autora:

Quem diagramou o livro e quem foi responsável pela capa?
Eu fui a responsável pela diagramação e pela criação do layout da capa e contracapa. Como disse anteriormente, sou formada, primeiramente, em propaganda e marketing pela ESPM. E hoje sou designer de móveis e objetos, trabalhando com isso há mais de 15 anos. Ou seja, a estética é algo presente em minha vida.
Na contracapa, também conto com uma apresentação do livro escrita pelo jornalista Rogério Mascia Silveira.

Quais são seus livros favoritos/autores que te inspiram?
Meus autores preferidos são Gabriel Garcia Marques e Mario Vargas Llosa, e salvo algumas exceções, gostei de todos os livros que li deles. Gosto de romances bem contados, que me façam viajar junto na história e fugir da realidade, principalmente em tempos tão difíceis como esse que estamos vivendo.
Se os livros já eram boas companhias em tempos normais, na quarentena, eles se tornaram essenciais. É uma maneira de “sair de casa”, conhecer novos lugares e pessoas, sem necessariamente ter que por os pés pra fora da porta. Um verdadeiro escapismo!!!

Como tem sido o “pós-publicação”?
Estou muito feliz com os resultados que o livro tem apresentado. Muitos leitores me dando um feedback positivo sobre a estória e isso tem me deixado muito contente. Sempre surge uma insegurança se irão gostar do livro ou não. Então, quando vem essas respostas do leitor é puro deleite.
Quanto ao retorno, ainda é muito recente minha publicação para eu ter uma quantidade de livros vendidos que atenda às minhas expectativas, mas espero que elas sejam superadas… rs

_________________________________

E aí, o que achou do Livro do Clube deste mês? Conta pra gente nos comentários! :)

Confira também:
Suíte 2121: a obra de março do Livro do Clube
5 livros do Clube mais acessados de 2020

Leia Mais

Suíte 2121 é a obra de março no #LivroDoClube

Como você descreveria o pior encontro de Dia Dos Namorados?
Foi esse questionamento que inspirou a história de Suíte 2121, livro publicado aqui no Clube de Autores e escrito por Rachel Fernandes.

“A ideia surgiu como resposta a um desafio de escrita. A ideia do concurso era descrever como seria o pior encontro de Dia dos Namorados, e não consegui pensar em nada que fosse tão estranho e constrangedor quanto ficar presa com o ex-namorado numa suíte de hotel”, conta a autora.

Segundo Rachel, a história recebeu muito carinho dos leitores depois de ter sido publicada nas plataformas digitais e, por isso, acabou decidindo transformá-la em um livro que, aliás, foi 100% produzido por ela, da escrita à diagramação.

Mas, antes de falarmos da autora, que tal conhecer a obra?

Conheça a obra Suíte 2121

Uma leitura rápida, mas envolvente – daquelas que você só consegue largar depois do ponto final.

O conto escrito por Rachel, narra a noite de Dia dos Namorados da camareira Lorena, que trabalha no hotel Golden Rose. Antes de encerrar o expediente, Lorena decide contemplar a vista da suíte 2121, no quarto presidencial do hotel. A rápida visita, entretanto, não é permitida aos funcionários do hotel, já que a suíte só pode ser acessada pela camareira-chefe, uma profissional exigente e rigorosa.

A partir daí, a trama já começa a tomar forma. Logo nas primeiras páginas Lorena fica presa na suíte e, como se não bastasse, depara-se com seu ex-namorado algemado à cama – tendo que lidar com sentimentos novos e antigos, que prolongam a noite que havia mal começado.

A obra vai direto ao ponto, apresentando os personagens principais logo no começo da história e cedendo pequenos detalhes do passado à medida que a trama se desenrola. Tudo acontece no tempo certo e, fora a perseguição de gato e rato entre Lorena e o ex-namorado, a maior parte da história acaba sendo uma surpresa para os leitores!

Tema do mês: Mulheres na Ficção

A obra de Rachel foi escolhida para o Livro do Clube de março em comemoração ao Dia da Mulheres (9 de março). Além de incentivar a leitura de autoras independentes, neste mês, homenageamos uma das mais importantes escritoras do século XX, Virgínia Woolf, responsável pela obra Mulheres na Ficção – nossa sugestão de tema para ler no mês :)

Quem é Rachel Fernandes?

“Comecei em 2009, no mundo das fanfics, mas logo evoluí para obras originais que ficavam na gaveta. Em 2016, comecei a publicar minhas histórias online, em plataformas digitais. Em 2018, venci o concurso #SweekStars, o que me garantiu contrato para a publicação de 457 Milhas”, explicou Rachel. Atualmente, a escritora tem mais de 10 contos e romances publicados. São 11 anos de produção e, literalmente, muitas histórias contadas.

Apaixonada por literatura clássica e contemporânea, a autora de suíte 2121 é fã dos brasileiros Mario Quintana, Clarice Lispector e Érico Veríssimo. Já mundo afora, seus preferidos são Jane Austen, F. Scott Fitzgerald e Ian McEwan – este último, aliás, é autor do romance Reparação, uma das obras que mais gosta.

Curiosidade: Jane Austen é, também, mencionada no livro de Virgínia Woolf, citado anteriormente. Coincidência? :)

Rachel é formada em Design Gráfico e Publicidade e Propaganda e trabalha como redatora publicitária. Também produz conteúdo para seu Instagram (@rachelffernandes), voltado para jovens escritores, com dicas para quem está começando. Já nas horas vagas, gosta de tocar guitarra, cantar, jogar video game e aprender coisas novas.

Ping-Pong com a autora

Confira algumas das perguntas e respostas da entrevista do Clube com Rachel Fernandes:

Como foi o processo de escrita de Suíte 2121?

Por ser uma história um pouco menor, o processo foi mais rápido do que o esperado. Visualizei as personagens, delimitei os conflitos, a resolução e, com isso em mente, determinei um número fixo de capítulos. Depois disso, foi só começar a parte divertida: escrever.

Como você conheceu o Clube? E por que escolheu essa plataforma?

Conheci o Clube em 2014, quando sequer imaginava que usaria a ferramenta de autopublicação. Escolhi a plataforma por receber feedbacks positivos de amigos escritores. Isso foi determinante para tomar a decisão de transformar Suíte 2121 em livro pelo Clube.

Qual dica você daria para outras mulheres que também querem escrever ficção?

Estude o que é a boa ficção, escreva, reescreva, revise e repita. Além disso, escreva e leia o que você quiser. O mundo está cheio de idiotas que vão dizer a você o que fazer e o que pensar, mas confie no seu trabalho. E por fim, pare de acreditar em “talento” e comece a acreditar em “persistência”.

Leia mais: 25 livros escritos por mulheres

E aí, o que achou da entrevista?
Conte pra gente nos comentários como foi sua experiência com o Livro do Clube de março e aproveite para deixar um recadinho para a autora! :)

O que é o Livro do Clube?

Em março de 2021 lançamos uma nova editoria de conteúdo por aqui, o Livro do Clube. Funciona como um clube do livro, mas com algumas adaptações para tornar o processo mais simples.

A ideia é a seguinte: todos os meses, elegeremos uma obra publicada em nosso site para compartilhar com os interessados com base em um tema. Além de lermos o livro e divulgarmos para nossa base de inscritos, também teremos conteúdos especiais enviados via e-mail e publicados aqui no blog. E um deles é justamente esse texto, escrito no final do mês para contar um pouquinho sobre o autor da obra e seu processo criativo :)

Para fazer parte, basta fazer seu cadastro na página oficial do Livro do Clube.

Conteúdos relacionados:

TOP 10 livros independentes que mais estão acontecendo no Clube
5 livros mais acessados no site do Clube em 2020

Leia Mais

reajuste-nos-precos-de-livros

Reajuste nos preços de livros

Não, sabemos que essa não é uma notícia fantástica – e, acreditem, está longe da que gostaríamos de dar a toda a comunidade de autores e leitores do Clube.

Ela é, no entanto, inescapável, principalmente considerando que o último reajuste aplicado aos livros foi em 2018, quando o dólar (moeda utilizada para a compra de papel por gráficas) estava abaixo de R$ 4 e tanto equipe quanto tecnologia estavam em um patamar bem diferente do de hoje.

Por conta disso, faz-se necessário aplicar, a partir da segunda semana de fevereiro, um reajuste em todos os preços de livros do Clube de Autores da seguinte ordem:

  • Para livros impressos: os custos subirão aproximadamente R$ 2,40 para todas as obras publicadas (podendo variam levemente de obra para obra dependendo de suas características).
  • Para os ebooks: os custos subirão aproximadamente R$ 2,40 para todas as obras publicadas.

Percebam o seguinte: ao aplicar esse aumento linear, isso também significa dizer que, percentualmente, os livros mais baratos terão maior impacto e os mais caros, menor. Isso também foi pensado e calculado justamente com base nos tamanhos e preços médios dos livros para evitar quedas nas vendas, algo importante uma vez que todos nós, tanto Clube quanto autores, vivemos delas.

Os preços novos serão refletidos também nas lojas e canais de venda.

Leia Mais

pessoa vendo o notebook sobre uma mesa

Os 5 livros do Clube mais acessados em 2020

Que tal começarmos o ano falando dos livros mais populares aqui do Clube no ano de 2020?

Analisamos os acessos ao nosso site de janeiro a dezembro e descobrimos as 5 páginas de livros que receberam o maior número de visualizações ao longo do ano. Curiosamente, os temas que mais se destacaram estão relacionados aos gêneros autoajuda e saúde. Confira a lista! :)

Ah, e vale lembrar: não estamos falando em vendas, apenas em visualizações, ok?

Obras mais visualizadas em 2020:

Feitiços de Amarração e Separação

Escrito por Everton Sango Solá e publicado em março de 2020, o livro é um manual do Quimbandeiro. A obra apresenta informações sobre o culto de quimbanda independente e a prática de feitiçaria de amarração e separação. Por essa você não esperava, né?

Dieta Anti-inflamatória Estratégica

A segunda obra mais acessada em nossa site foi escrita por Alexandre Campos Moraes Amato e publicada em fevereiro de 2020. Neste livro, o cirurgião vascular explica que não existe uma dieta pronta que funcione perfeitamente para todas as pessoas e aponta os caminhos para quem quer comer de forma saudável. É um guia alimentar para reeducação alimentar e planejamento de estratégiais pessoais com base no auto-conhecimento.

Chega de Ansiedade

Este livro foi publicado por Infoproducts – a página de autor não possui informações pessoais sobre quem escreveu a obra, apenas explica que tem como objetivo trazer mais informações sobre Pessão Alta, Ansiedade, Vegetarianismo e outos temas relacionados à saúde. A obra “Chega de Ansiedade” fala sobre causas, sintomas e tratamentos para lidar com a ansiedade e melhorar a qualidade de vida.

Os Sete Selos no Apocalipse

Escrito por Eliel Roshveder e publicado em janeiro de 2016 a obra está categorizada com temas religiosos como Estudo Bíblico e Escatologia. O livro fala sobre eventos fantásticos que mudarão a vida na terra e indicam que o Apocalipse está próximo. O autor tem, até agora, 109 publicações no Clube de Autores!

Segredos da Musculação

O quinto livro mais acessado em 2020 também foi publicado por Infoproducts. A obra fala de técnicas reais oara ganhar peso e construir músculos sem precisar investir em suplementos ou procedimentos caros!

E aí, qual desses livros chamou mais sua atenção?
Confira outras obras publicadas aqui no Clube e faça parte da nossa comunidade e leitores independentes :)

5 livros sobre a Proclamação da República
5 obras sobre deficiências que você deveria ler
Livros independentes sobre COVID-19

Leia Mais

bandeira-do-brasil

Proclamação da República: 5 livros para ler em novembro

Há muitos e muitos anos os cafeicultores do Oeste Paulista uniram-se aos militares e apoiaram o golpe que deu origem à República Brasileira. Marechal Deodoro foi, então, eleito indiretamente como o primeiro presidente do Brasil.

De 1989 pra cá, muita coisa aconteceu: renúncias, golpe militar, ditadura, ex-presidente preso, impeachment, corrupção e um desgoverno que se parece muito mais com um seriado do Netflix do que com a realidade.

Vivemos tempos distópicos e estamos cada vez mais desinformados (mesmo com informações circulando cada vez mais rápido). Mais um motivo para conhecer a história do nosso país e investigar o passado da democracia, buscando aprendizados e evitando que o passado se repita.

Por isso, em comemoração ao Dia da Proclamação da República (15 de novembro), preparamos uma lista de livros sobre o tema, publicados aqui no Clube de Autores. Confira!

5 livros sobre a república brasileira:

1. Estrutura Política na República

Autora: Gisele Finatti Baraglio
Sinopse: Para efetivamente analisar as práticas políticas preconizadas durante a República Velha (1889-1930) suas estruturas político, legislativa, não apenas sob a ótica econômica, embora não se possa furtar ao tema, e assim tentar reconhecer seus vestígios com o atual contexto político do Brasil, enfocando também a redemocratização do sistema político (1986 – 2012).

2. A República Velha

Autor: Frâncio Gosling Silva Mendonça
Sinopse: Denomina-se República Velha o período que vai da Proclamação da República (1889) à Revolução de (1930), À primeira parte desse período (1889-1894) dá-se o nome de República da Espada, em virtude de o governo presidencial encontrar-se nas mãos de militares (Deodoro e Floriano) marechais. E a partir de 1984, com a eleição de Prudente de Morais, temos o inicio da República das oligarquias, que durou até 1930, onde a maioria dos presidentes e demais políticos estavam ligados à monocultura do café.

3. Brasil: República Federativa

Autor: Israel Foguel
Sinopse: (…) A história da República Brasileira iniciou-se em 1889 com a Proclamação da República e acompanhou todo o período posterior, até o século XXI. A difusão dos ideais republicanos remonta ao período colonial, como durante a Inconfidência Mineira e a Conjuração Baiana, no final do século XVIII.
República é uma palavra que descreve uma forma de governo em que o Chefe de Estado é eleito pelos representantes dos cidadãos ou pelos próprios cidadãos, e exerce a sua função durante um tempo limitado. Esta palavra deriva do latim “res publica”, expressão que pode ser traduzida como “assunto público”.
Neste livro vamos apresentar o início da república bem como a história de todos os 38 presidentes que o Brasil já teve dentro desta forma de governo.

4. O indígena na República Velha: as instituições de “proteção” no Rio Grande do Sul

Autor: Darni Pillar Bagolin
Sinopse: (…) Esta obra partiu de um trabalho feito com muita dedicação e empenho durante o curso de mestrado em História pelo PPGH – Programa de Pós-Graduação de História da UPF, Universidade de Passo Fundo, sob a orientação concluída em 2009 pelo Prof. Dr. Tau Golin e posteriormente determinadas passagens dessa dissertação deram origem como coautor, á um capítulo no livro Fazendo História Regional, com autores de diversas temáticas, através da Editora Méritos possibilitado por Charles Pimentel e equipe docente do curso na época.

5. Brasil: Colônia, Império e República

Com uma história que já perdura por mais de cinco séculos, o Brasil esbanja uma variedade geográfica e cultural riquíssima, hoje em dia, muito por conta de todos os capítulos que já foram contados e registrados. (…)

Através deste livro você faz um retorno a todos estes momentos históricos, com a biografia daqueles que estiveram no poder do Brasil, tanto no império quanto na república.

De 1500 até o impeachment de Dilma Rousself no dia 31 de agosto de 2016 (por 61 votos a favor e 20 votos contra).

E aí, o que achou das sugestões? Conta pra gente nos comentários! :)

Confira os artigos relacionados:

A importância da representatividade na literatura infantil
5 livros para entender o racismo no Brasil
5 livros LGBTI incríveis

banner-saiba-como-publicar-um-livro

Leia Mais