bandeira-do-brasil

Proclamação da República: 5 livros para ler em novembro

Há muitos e muitos anos os cafeicultores do Oeste Paulista uniram-se aos militares e apoiaram o golpe que deu origem à República Brasileira. Marechal Deodoro foi, então, eleito indiretamente como o primeiro presidente do Brasil.

De 1989 pra cá, muita coisa aconteceu: renúncias, golpe militar, ditadura, ex-presidente preso, impeachment, corrupção e um desgoverno que se parece muito mais com um seriado do Netflix do que com a realidade.

Vivemos tempos distópicos e estamos cada vez mais desinformados (mesmo com informações circulando cada vez mais rápido). Mais um motivo para conhecer a história do nosso país e investigar o passado da democracia, buscando aprendizados e evitando que o passado se repita.

Por isso, em comemoração ao Dia da Proclamação da República (15 de novembro), preparamos uma lista de livros sobre o tema, publicados aqui no Clube de Autores. Confira!

5 livros sobre a república brasileira:

1. Estrutura Política na República

Autora: Gisele Finatti Baraglio
Sinopse: Para efetivamente analisar as práticas políticas preconizadas durante a República Velha (1889-1930) suas estruturas político, legislativa, não apenas sob a ótica econômica, embora não se possa furtar ao tema, e assim tentar reconhecer seus vestígios com o atual contexto político do Brasil, enfocando também a redemocratização do sistema político (1986 – 2012).

2. A República Velha

Autor: Frâncio Gosling Silva Mendonça
Sinopse: Denomina-se República Velha o período que vai da Proclamação da República (1889) à Revolução de (1930), À primeira parte desse período (1889-1894) dá-se o nome de República da Espada, em virtude de o governo presidencial encontrar-se nas mãos de militares (Deodoro e Floriano) marechais. E a partir de 1984, com a eleição de Prudente de Morais, temos o inicio da República das oligarquias, que durou até 1930, onde a maioria dos presidentes e demais políticos estavam ligados à monocultura do café.

3. Brasil: República Federativa

Autor: Israel Foguel
Sinopse: (…) A história da República Brasileira iniciou-se em 1889 com a Proclamação da República e acompanhou todo o período posterior, até o século XXI. A difusão dos ideais republicanos remonta ao período colonial, como durante a Inconfidência Mineira e a Conjuração Baiana, no final do século XVIII.
República é uma palavra que descreve uma forma de governo em que o Chefe de Estado é eleito pelos representantes dos cidadãos ou pelos próprios cidadãos, e exerce a sua função durante um tempo limitado. Esta palavra deriva do latim “res publica”, expressão que pode ser traduzida como “assunto público”.
Neste livro vamos apresentar o início da república bem como a história de todos os 38 presidentes que o Brasil já teve dentro desta forma de governo.

4. O indígena na República Velha: as instituições de “proteção” no Rio Grande do Sul

Autor: Darni Pillar Bagolin
Sinopse: (…) Esta obra partiu de um trabalho feito com muita dedicação e empenho durante o curso de mestrado em História pelo PPGH – Programa de Pós-Graduação de História da UPF, Universidade de Passo Fundo, sob a orientação concluída em 2009 pelo Prof. Dr. Tau Golin e posteriormente determinadas passagens dessa dissertação deram origem como coautor, á um capítulo no livro Fazendo História Regional, com autores de diversas temáticas, através da Editora Méritos possibilitado por Charles Pimentel e equipe docente do curso na época.

5. Brasil: Colônia, Império e República

Com uma história que já perdura por mais de cinco séculos, o Brasil esbanja uma variedade geográfica e cultural riquíssima, hoje em dia, muito por conta de todos os capítulos que já foram contados e registrados. (…)

Através deste livro você faz um retorno a todos estes momentos históricos, com a biografia daqueles que estiveram no poder do Brasil, tanto no império quanto na república.

De 1500 até o impeachment de Dilma Rousself no dia 31 de agosto de 2016 (por 61 votos a favor e 20 votos contra).

E aí, o que achou das sugestões? Conta pra gente nos comentários! :)

Confira os artigos relacionados:

A importância da representatividade na literatura infantil
5 livros para entender o racismo no Brasil
5 livros LGBTI incríveis

banner-saiba-como-publicar-um-livro

Leia Mais

kindle-sobre-a-mesa-com-xicara-de-cafe-e-donuts

Poesias vencedoras do Desafio de Outubro

Pra não perder o costume, em outuro lançamos mais um desafio aqui no Clube, desta vez, em comemoração ao Dia do Livro e Dia da Poesia.

O resultado saiu oficialmente no dia 09 de novembro, mas apenas os participantes foram comunicados sobre os cinco vencedores. Agora, depois de tanto mistério, chegou a hora de compartilhar as poesias que se destacaram no consurso! :)

Aproveitamos o espaço para agradecer a todos os escritores que nos enviaram seus textos. Foram mais de 1.800 poesias! Temos muito orgulho de fazer parte da trajetória de tantos autores incríveis e cheios de paixão pela escrita.

Recapitule as regras do concurso.

Agora sim, vamos conhecer os textos vencedores?

Título: Uma questão de grãos
Autora: Katia Valevski

Trato com meu traço
De riscar a seu compasso,
Mas rápido o desfaço
Se percebo seu laço
Amarrar-me o passo.

Sou fita de dupla ponta,
Sempre e nunca pronta
À vida que me confronta,
Ou ao mundo do faz-de-conta,
Que a fantasia me aponta.

Quero o dual da opção:
Menos ou mais; sim ou não;
Livre no saber ou na ilusão
De ser ou não ser. Prefiro a questão
De fazer-me livro ou canção!

Piso chão ou monto estrelas.
Falo o rude ou delicadezas.
Caprichos de plebe ou princesas…
Plena de nada ou de riquezas…
Viva de imensos e de miudezas…

Título: fakedói
Autor: Juliano Ferrari

lá fora 18º, chove desde às 06h
aqui dentro, chove desde final de junho
no feed faz sol.

palco da ilusão,
o espelho digital de narciso,
autoestima delirante.

posto, logo existo.
inseguranças editadas,
reconhecimento desesperado,
existência afirmada.

ansiedades engatilhadas,
comparações equivocadas,
autossabotagem ativada,
lugares imaginários.

e a chuva não para.
a lágrima tem sal.
sal-dade.

mas no feed faz sol,
em tons laranjas e dourados,
neste infindável livro de momentos,
ou seria só um fútil álbum?

Título: Queima de Livros
Autora: Flávia Diamandi e Letícia Diamandi

1933, Berlim esfumaçado.
Poeiras e cinzas para todo lado.
Corações ávidos por esperança.
Quantos livros e quantas histórias apagadas por uma promessa de mudança.
O que ontem foi alegria, hoje se tornou dor.
A liberdade nos deixou, clima desolador.
Já vivi tanta coisa e a fumaça continua a me marcar.
Não consigo respirar, meu corpo não responde mais e escuto meu amigo por D’us clamar.
Atravessamos o desencarne, mas as palavras dos nazistas ainda ecoam.
Começaram queimando livros e terminaram queimando pessoas.

Título: Livro livre
Autora: Zenilda Ribeiro da Silva

Ele é rico,
mas não é luxo.
Liberta mentes,
limpa as lentes,
espalha sementes,
rompe fronteiras,
cura cegueira.
Jogam-no na fogueira,
queimam-no,
é perigoso,
se tem poeira, atchim,
não pode,
olha o vírus,
que desaliena,
é um tiro,
tira de letra,
tira da treta,
mas que doideira.
nova maneira,
de inquisição,
pela taxação,
é o imposto,
que querem impor,
alegando compor,
lista de luxo,
talvez seja influxo,
ou até mesmo o luxo,
de ter mentes livres.
Que refluxo!

Título: Desafio Rendado
Autora: Neusa Bernado Coelho

Livro mar de renda
Embalado pelo vento
Ornado pelas ondas
Deleite ao talento

A noite silencia
Nas folhas rendadas
Precisa simetria
Em linhas ritmadas

Candura entrelaçada
Manual do artesão
Ponto a ponto elaborada
Digna composição

Alegria dos que rimam
Prosa e verso em cada linha
Nos desenhos os bilros trançam
No livro a letra guia

Magnificente arte
Escritor ou artesão
De tua alma parte
O saber do cidadão

E aí, de qual poesia você gostou mais? Conta pra gente nos comentários! :)

Você também pode se interessar por:

Crônicas de Quarentena: um texto do Clube de Autores
Vencedores do desafio de Crônicas de Quarentena
Como escrever um livro de poesias?

Leia Mais

desafio-literario-clube-de-autores-participe

Concurso de poesias [Outubro 2020]

Atualização dos vencedores:

Katia Valevski
Juliano Ferrari
Diamandi
Zenilda Ribeiro da Silva
Neusa Bernado Coelho

Confira as poesias selecionadas.

_______________________________________________________________________

Se você acompanha o Clube de Autores há algum tempo, já sabe que por aqui desafios literários é o que não faltam. Só em 2020 já tivemos dois: Crônicas de Quarentena e Histórias em 6 palavras.

Para manter o ritmo, neste mês de outubro lançamos uma nova proposta para os autores e leitores de nossa comunidade – desta vez inspirados por duas datas super especiais: o Dia do Livro (29/10) e o Dia da Poesia (31/10).

O desafio mal foi lançado e já estamos ansiosos para mergulhar na leitura dos textos. Confira abaixo as regras para participar! =)

Tudo sobre o concurso de poesias do Clube de Autores:

Para participar, basta inscrever sua poesia na página oficial do desafio. Não vale comentar aqui ou enviar nas redes sociais, ok? Só serão aceitos os textos enviados por lá!

O texto tem tema livre, mas precisa incluir a palavra “livro” (em qualquer lugar entre o título e a palavra final). As cinco poesias vencedoras serão publicadas aqui no blog do Clube pra todo mundo ver. Legal, né?

Para sermos justos, criamos também algumas regrinhas que irão nos ajudar a decidir os melhores conteúdos:

  • Os textos precisam ter no mínimo 300 caracteres e, no máximo, 600;
  • O tema é livre, mas a poesia precisa apresentar a palavra “livro”. Não importa o contexto, desde que ela apareça;
  • A poesia precisa ter título, obrigatoriamente;
  • Avaliaremos apenas um texto por autor. Por isso, atenção ao enviar o texto: conteúdo incompleto, erros de digitação ou qualquer ajuste não serão considerados, portanto, vale revisar com cuidado antes de submetê-lo à avaliação.

Importante: essas regras serão aplicadas a todos os textos recebidos, então fique atento e não esqueça de nenhum item. E se você tem dúvidas sobre o formato e o que significa poesia, leia este post! :P

Vem fazer parte do Clube de Autores! Participe do concurso e acompanhe nossas redes sociais para ficar por dentro do resultado (que sai no dia 09/11).

Você também pode se interessar por:

Resultado do desafio de Crônicas de Quarentena
Concursos literários 2020
Concurso de poesia 2020

Leia Mais

mulher-lendo-livro-que-esta-segurando

5 obras sobre deficiências que você deveria ler

Deste 1982, o dia da árvore compartilha seu holofote com outra data super importante: o Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência. Apesar deste marco ter sido oficializado apenas em 2005, já era celebrado desde a década de 80.

O destaque no calendário anual é uma forma de dar visibilizade à luta por inclusão, igualdade e direitos das pessoas com deficiência. Pautas que deveriam aparecer com maior frequência em nossas mídias, estudos acadêmicos, discussões políticas, conversas no WhatsApp, reuniões corporativas e, inclusive, na literatura que consumimos.

De acordo com o censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a porcentagem de pessoas com algum tipo de deficiência no Brasil é de 25%. São cerca de 45 milhões de brasileiros. Todos, sem exceção, são dignos de respeito e autonomia individual – e possuem direitos assegurados por Lei – a Convenção Internacional sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência foi ratificada pelo Brasil em 2006 e entrou em vigor em 3 de maio de 2008.

E já que estamos falando em visibilidade e informação, aqui vão alguns números que você provavelmente não sabia sobre o assunto:

*Fonte: Site ONU

  • 150 milhões de crianças no mundo têm alguma deficiência;
  • Ter uma deficiência aumenta o custo de vida em, em média, um terço da renda;
  • Apenas 45% (meninos) e 32% (meninas) das crianças com deficiência completam o ensino primário nos países em desenvolvimento;
  • Mais de 50% das pessoas com deficiênia não conseguem pagar por serviços de saúde;

Todos esses dados reforçam a necessidade de ampliarmos nosso repertório, incluindo o tema da diversidade em nosso dia a dia. Afinal, se todos tomássemos consciência sobre o assunto, a deficiência deixaria de ser um tabu transformando, positivamente, a vida de milhões de brasileiros. E isso vale para todos: pessoas com qualquer tipo de deficiências ou não.

Por isso, neste 21 de setembro, que tal dar uma espiadinha nos livros independentes publicados aqui no Clube com essa temática? :)

Conheça os livros sobre deficiências disponíveis no Clube de Autores:

Educação musical e a deficiência

Escrito por Tatiane B. S. Amaral
Neste livro, a autora analisa a influência positiva da música no ensino e aprendizagem da pessoa com necessidades educacionais especiais (NEE).

Aposentadoria da pessoa com deficiência

Escrito por Lory Brioschi Uhlig
A obra apresenta informações sobre a previsão de direitos de aposentadoria das pessoas com deficiência na Constituição Federal, com o objetivo de dar visibilidade ao tema que ainda é pouco explorado.

Políticas Públicas Sociais para portadores de deficiência

Escrito por Maria de Deus Alves Carneiro
Você sabe quais são as maiores dificuldades para inserir uma pessoa com deficiência no mercado de trabalho? É justamente sobre isso que a pesquisadora reflete em sua obra.

Sou portador de deficiência e tenho direitos

Escrito por Rubiana de Oliveira Bressan
Esta obra tem como objetivo demonstrar a importância do conhecimento das leis e direitos da pessoa com deficiência e refletir sobre os principais desafios enfrentados na luta pela igualdade social.

A Escrita e a Tecnologia na Deficiência Visual: possibilidades e desafios

Escrito por Mariana Lopes da Silva
Como a tecnologia é encarada por pessoas com deficiência visual? A obra relata a experiência da escrita e digitalização.

Tem outra dica de livro sobre o tema? Conta pra gente nos comentários! :)

Artigos relacionados:

Por que somos contra a taxação de livros?
5 livros LGBTI incríveis
5 livros independentes para entender o racismo no Brasil

Quer ser um destaque no Clube de Autores? Publique seu livro também.

Leia Mais

ilustracao-do-planejata-em-formato-de-virus

Livros independentes sobre COVID-19

Se você está entre os que acreditam que escrever um livro é uma missão de anos e que a publicação é cheia de burocracia (e para poucos!), este post veio para provar justamente o contrário.

É claro que algumas obras são naturalmente mais demoradas, envolvem muita pesquisa e inspiração. Além disso, o tempo disponível para escrita não é igual para todos os autores.

Mas vale lembrar que dá sim pra escrever e publicar um livro com agilidade. Prova disso são os livros sobre a pandemia do COVID-19, que nasceram do contexto social de 2020 e já estão disponíveis nas maiores livrarias do Brasil.

Confira as obras sobre a pandemia publicadas no Clube:

Pandemia e Sociedade

Autor: João Paulo Allain Teixeira
Nesta obra, são apresentadas diversas reflexões sobre os impactos do COVID-19 na instuticionalidade contemporânea. O livro surgiu no contexto dos debates sobre a pandemia na disciplina “Lógica do Procedimento Jurídico”, conduzidos pelo organizador do dos cursos de Mestrado e Dourorado em Direito da UNICAP. O projeto saiu da sala de aula para promover a discussão sobre os desafios que vivemos enquanto sociedade.

Poesia não rima com pandemia

Autor: Valdeci Ricardo Duarte
A poesia é feita de emoções e sentimentos vivenciados pelos autores. Esta obra reúne a produção literária de diversos escritores do Brasil, Angola e Portugal no contexto da pandemia de 2020.

Eleições em tempos de pandemia

Autor: Urbem Editora
Como a pandemia do COVID-19 impactará o resultado das eleições de 2020? E como serão as campanhas? Os votos? As propostas? Neste livro, Márcio Medina e Rodrigo Malagoli sintetizam algumas das reflexões sobre o contexto eleitoral atual, ajudando candidatos a enfrentarem os desafios do isolamento social.

Diário da pandemia no planeta água

Autor: Joderyma Torres
A obra é uma comédia-catástrofe em formato de diário pessoal. Inspirada no contexto pandêmico atual, o livro é uma ficção narrada por um idoso de 75 anos que descreve o dia a dia de uma pandemia no planeta ÁGUA, no país chamado Bruniv.

Impactos econômicos da pandemia da COVID-19

Autor: Elói Martins Senhoras

Quais foram os impactos imediatos do coronavírus pelo mundo? E a longo prazo, como fica a economia? A obra apresenta um conjunto de reflexões sobre as repercussões nacionais e mundiais, e aponta desagios estratégias e soluções para minimizar os dados causados pelo vírus.

Conheça outras obras publicadas em nossa plataforma:

Rios invisíveis da metrópole mineira
Correndo com os Etíopes
Reis do Rio

Leia Mais