Participe do projeto Crônicas de Quarentena!

Que tal aproveitar o momento de quarentena que estamos vivendo para produzir uma crônica sobre essa experiência? Confira as regras e participe do Projeto Crônicas de Quarentena:

  • O texto precisa ter entre 400 a 800 palavras.
  • Não serão avaliados textos fora do formato crônica: não pode poema, dissertação ou qualquer coisa fora desse escopo.
  • Precisa ter título!
  • A palavra “quarentena” precisa aparecer pelo menos 1x no texto.
  • Os textos podem ser enviados até o dia 31/03! As 3 (três) melhores crônicas, de acordo com o júri do Clube de Autores, serão publicadas no Instagram Oficial.

Bônus: Se tivermos bastante engajamento nesse desafio, vamos publicar um ebook e um livro impresso com algumas crônicas escolhidas por um comitê do próprio Clube, sendo que toda a arrecadação será utilizada para ajudar os parceiros do Clube de Autores que viabilizam a operação como um todo a atravessarem essa crise tão severa causada pelo COVID-19.

Gostou da ideia? Então corre para compartilhar com todos os autores que você conhece!

Já tem sua crônica? Então é só se inscrever neste formulário!

Leia Mais

[30/03, 13:03] Atualização de ações do Clube relacionadas ao COVID-19

[ESTE POST FOI ORIGINALMENTE PUBLICADO EM 23/03. ATUALIZAÇÕES DE AÇÕES SERÃO POSTADAS AQUI COM DATA PARA FACILITAR O ENTENDIMENTO. ROLE PARA BAIXO PARA VER O QUE MUDOU.]

Medidas de apoio ao autor e à cadeia editorial da autopublicação

Esta página concentra todas as mudanças, atualizadas em tempo real, relacionadas a todas as ações sendo tomadas pelo Clube de Autores para enfrentar o período de crise relacionado ao COVID-19.

Sempre que houver atualização, esta será inserida em itálico e com a data. As medidas incluem:

Descontos em todos os livros impressos

Estamos instituindo, por tempo indeterminado, um desconto de R$ 9 em todos os livros impressos do Clube de Autores. Da mesma forma que nas promoções tradicionais, os direitos autorais não são impactados em nada.

[ATUALIZADO EM 25/03]: O desconto será reduzido para R$ 7 a partir de hoje, patamar levemente mais sustentável para toda a operação, sendo que a diferença será utilizada para aumentar o repasse de capital para a cadeia de parceiros (item abaixo).

[ATUALIZADO EM 30/03]: O desconto será reduzido para R$ 5 a partir de hoje. Vale destacar que essas reduções progressivas de desconto são importantes para manter a operação como um todo sustentável. É possível que novas flutuações ocorram no futuro próximo, seja aumentando ou diminuindo promoções. Novidades continuarão sempre sendo postadas aqui no blog.

Aumento no repasse às gráficas

Essa é uma medida invisível para leitores e autores, mas que queremos deixar clara aqui em nome da transparência. Também a partir de hoje, estamos aumentando o custo gráfico de todos os livros. Ou seja: pagaremos às gráficas mais pela impressão de cada livro do que o que temos pactuado com eles em contrato. O motivo é simples: aumentar o faturamento de parceiros fundamentais para toda a cadeia editorial e que estão sendo severamente afetados por essa crise súbita.

[ATUALIZADO EM 25/03]: O repasse será ampliado para a cadeia, motivo pelo qual o desconto por exemplar será levemente diminuído (como forma de garantir sustentabilidade financeira para a operação como um todo).

[ATUALIZADO EM 30/03]: A soma do repasse maior para gráficas com manutenção do volume de vendas, viabilizado em partes pelos descontos do início da crise, estão surtindo efeito e conseguiram, até o momento, manter toda a cadeia em plena operação.

[25/03] Correios suspendendo e reliberando frete mais barato

Fomos surpreendidos com um comunicado dos Correios suspendendo uma modalidade de frete específica para livros (chamada de Impresso Módico). Essa modalidade permitia entregas mais baratas para todo o território nacional e era praticada há anos.

Quem entrou no site ontem, por exemplo, já percebeu que os valores de entrega subiram consideravelmente. Hoje, fomos (ainda bem) positivamente surpreendidos com a volta dessa modalidade. Assim, os fretes para todos os pedidos voltaram a ficar mais baratos.

[25/03] Entregas normalizadas em Santa Catarina

As entregas no estado de Santa Catarina estavam suspensas por uma decisão liminar. A liminar foi derrubada pela justiça e, a partir de hoje, todas as entregas foram normalizadas.

Crônicas de Quarentena

Se nós todos somos escritores, nada mais natural e óbvio do que escrevermos e compartilharmos com o mundo tudo o que estamos vivendo nesse período de quarentena. Estamos montando um projeto nesse sentido e já já publicaremos mais novidades.

[ATUALIZADO EM 25/03]: O projeto já está no ar e pode ser acessado neste link aqui. Faremos post na sequência detalhando-o. Participe!

Home office para todos nós

Sei que isso é óbvio, mas não custa reforçar: toda a nossa equipe está trabalhando de casa durante todo esse período.

Mais coisas a caminho…

Temos ainda mais ações e planos a caminho e as publicaremos no blog na medida em que elas forem se tornando realidade. Se você, autor, tiver sugestões, por favor compartilhe-as aqui no blog, na área de comentários: todas serão bem-vindas.

Como dissemos, esse é um dos momentos mais delicados da nossa história e a única forma de superarmos é nos unindo.

Leia Mais

Já pensou em fazer um trailer para seu livro?

Clube de Autores fecha parceria que garante descontos a autores interessados na produção de trailers para suas obras

Quando você escreveu seu livro, possivelmente o imaginou em forma de resumo filmado, bem ao estilo de trailers de cinema. É possível até que já tenha sondado modelos de produção de booktrailers mas, por algum motivo qualquer, tenha desistido de seguir adiante.

Pois bem: a partir de hoje, o Clube de Autores inaugura uma parceria com a agência Design do Escritor com o objetivo justamente de facilitar a viabilização de projetos assim para os escritores.

O que você ganha com isso? Simples: autores do Clube terão descontos que permitirão a produção de booktrailers com até 40 segundos – um tempo perfeito para a Internet – por apenas R$ 250.

Quer conhecer melhor e se aprofundar no assunto? Simples: clique aqui nesse link e você irá diretamente ao site da Design do Escritor. Caso queira solicitar uma proposta, basta inserir a #Clube de Autores – Booktrailer e pronto: você já a receberá com o desconto dentro do valor acima.

Veja um exemplo de um booktrailer abaixo:

Se preferir, acesse diretamente o canal deles no Youtube com uma série de exemplos clicando aqui.

Leia Mais

IMPORTANTE: Sobre o programa de pontos do Clube de Autores

Lá pelos idos de 2010, lançamos, aqui no Clube, um programa de pontos com o intuito de viabilizar preços mais baixos para autores ou leitores recorrentes. À época, o programa funcionou exatamente como deveria, efetivamente facilitando a compra de tiragens (ainda que pequenas) principalmente por parte de escritores.

O tempo passou, novas negociações entraram em vigor (como condições especialíssimas para tiragens maiores), livrarias tradicionais passaram a nos revender (ampliando de forma determinante nossa presença para leitores tradicionais), promoções mais fortes passaram a integrar nosso calendário cotidiano e, como consequência de uma evolução natural, o próprio programa deixou de fazer sentido (ao menos nos moldes atuais).

A partir de hoje, portanto, dia 15 de maio de 2019, o Programa de Pontos do Clube de Autores está saindo do ar. Esse término, no entanto, foi planejado para não prejudicar absolutamente ninguém, seguindo as duas regras simples abaixo:

  1. Todos os pontos acumulados até o dia de ontem continuarão válidos e ativos. Ou seja: se você tiver pontos acumulados, continuará podendo trocá-los pelos descontos correspondentes dentro das mesmas regras sob as quais os adquiriu.
  2. Nenhuma compra a partir de hoje, no entanto, gerará novos pontos.

Estamos, em paralelo, planejando um novo programa de pontos, com novas regras e novas mecânicas. Não temos ainda uma data para lançá-lo, mas avisaremos por aqui tão logo soubermos.

Leia Mais

As grandes metáforas nos livros infantis

O que bons livros infantis guardam em suas páginas?

Histórias, para crianças, podem às vezes ser muito mais vinculadas ao momento do que à educação em si.

Claro: a somatória de pequenas histórias voando mente adentro certamente terão uma espécie de efeito de impregnação, fazendo a linguagem tomar formas muito mais importantes e impulsionando a formação de um tipo de inteligência vital para o sucesso na vida adulta. Não discuto isso – mas meu ponto é outro.

Da mesma forma que no mundo adulto, o sucesso de histórias depende fortemente do momento em que elas são escritas e contadas. Um exemplo básico? Shakespeare.

Todas, absolutamente todas as suas grandes peças tiveram os seus enredos baseados em fatos que estavam mexendo com o imaginário popular. Othello foi escrito quando Elisabeth I expulsava os mouros de Londres; o Rei Lear se baseou em um caso jurídico real que se transformara na grande fofoca do reino; MacBeth foi feita para celebrar, por meio de metáforas, a linhagem do monarca James I , para quem a peça foi escrita.

A receita de Shakespeare sempre foi simples (o que, ressalvo, não subtrai em nada a sua genialidade): entender o que estava movendo o povo e criar uma peça que metaforizasse o momento para angariar um tipo mais entusiasmado de atenção.

Saiamos da Inglaterra do século XVII e partamos para os quartos de nossos pequenos filhos. Há diferença?

Menos do que imaginamos.

Leia uma história frugal qualquer para o seu filho e, depois, outra que tenha a ver com algum grande tema da infância (medos, ansiedades, transformacões etc.).

Leia, por exemplo, um livro que fale da importância da individualidade quando uma criança começa a se colar em seus melhores amigos na busca por aceitação social – ou sobre como lidar com alguma perda em um momento em que a vida ou o destino subtraírem alguma coisa (ou pessoa) importante do cotidiano.

A diferença é de uma obviedade tão espessa que quase se pode tocá-la no ar. É quase como um valiosíssimo antídoto mental para se resolver questões novas emaranhadas nas indecisões de suas pequenas mentes.

Quando há algum paralelo entre a historinha e o momento de vida da criança, o enredo acaba emprestando a ela ferramentas importantíssimas para que consiga desvendar os grandes mistérios por trás de cada decisão ou postura que deva tomar. É como se livros assim, simples na superfície mas densos de significado, ativassem metáforas fundamentais para se lidar com o sempre assustador (e encantador) mundo real.

Isso significa que gibis e versões impressas de desenhos animados cotidianos, mais cheios de entretenimento do que de crescimento, sejam inúteis? Claro que não: às vezes, um pouco de entretenimento puro ajuda a soprar alívio nas sempre tumultuadas mentes das crianças.

Mas significa que histórias, principalmente para crianças, são ferramentas essenciais para impulsionar a sempre difícil tarefa de se maturar intelectualmente. E, assim sendo, a escolha de cada livro de cabeceira, de cada historinha para dormir, acaba tendo uma relevância absoluta para o processo educacional.

Se escolher um livro já é difícil para adultos, cujas mentes já estão relativamente prontas, imagine então para uma criança que precisa deles para se formar.

E se você quiser escrever um livro infantil?

Então vale caprichar não apenas nessas metáforas, mas também trabalhar uma série de técnicas e melhores práticas descritas aqui nesse post.

Leia Mais