como-retomar-o-habito-da-leitura

Como retomar o hábito da leitura?

Quem costuma ler bastante vez em sempre, ao recomendar um livro para um amigo, ouve o famoso “queria tanto… mas não consigo me concentrar”, ou então “estou no mesmo livro há três meses e não consigo terminar…”. 

Se você não se identificou com o primeiro tipo, certamente está entre os que não passam dos primeiros capítulos. E tudo bem. Ler, assim como todas as outras coisas, também é um hábito e exige dedicação, insistência e renúncia (à outras atividades). Mas, assim que vira rotina, é como andar de bicicleta: você não precisa se esforçar para lembrar, é natural.

Por isso, preparamos algumas sugestões para tornar a leitura uma de suas melhores amigas com a promessa de que, tão logo as primeiras barreiras sejam quebradas, haverá sempre um livro em sua bolsa, ou carro, ou gaveta do escritório, ou poltrona da sala… enfim! Você entendeu. Vamos lá? 

Dicas de como retomar o hábito de ler livros:

#1: Descubra qual gênero te agrada mais

Antes de se aventurar por universos desconhecidos, é importante conhecer qual tipo livro te desperta mais interesse. Quando a leitura virar rotina você terá tempo de sobra para explorar as escritas mais complicadas e os temas mais exóticos, mas se você quer realmente “pegar no tranco”, recomendamos começar com calma. 

Lembre-se dos livros que lia durante a infância e adolescência, pense nos filmes e seriados que mais gosta de assistir, nos autores que seus amigos próximos recomendaram… a chance de você gostar de uma obra que já faz parte de sua “bolha” é sempre muito maior. 

Confira os livros independentes publicados aqui no Clube de Autores.

#2: Comece por escritas simplificadas

Não adianta tentar desbravar um filósofo ou um livro acadêmico com vários termos técnicos logo de cara. Temos a tendência a desistir de coisas muito difíceis e se o objetivo é criar um hábito, é importante que os primeiros livros da sequência sejam simples e deixem um gostinho de “quero mais”, não de “nunca-mais-quero-ler-em-toda-minha-vida”.

É por isso que somos tão traumatizados por Vidas Secas, de Graciliano Ramos, ou Dom Casmurro, de Machado de Assis. Não estávamos prontos para ler suas histórias e, talvez, não tínhamos ainda maturidade literária para apreciar obras tão incríveis (e isso não tem nada a ver com a idade).

#3: Crie pequenos compromissos (e não falte)

Todo início de relacionamento exige dedicação – afinal, estamos descobrindo sentimentos, vivendo novas experiências e conhecendo histórias diferentes das nossas. Sem comprometimento, o interesse desaparece. Com a leitura, é exatamente igual. Por isso, cumpra religiosamente suas promessas: ler 10 páginas por dia, terminar um capítulo a cada dois dias, finalizar um livro por mês. Você decide, mas tem que levar a sério, ok?

Apps e Sites para quem ama ler.

#4 Encontre seu lugar ideal 

Há quem precise de silêncio absoluto para se concentrar nas palavras, outros preferem isolar todos os ruídos externos com música dos mais diversos estilos. Faça o teste e descubra qual dos cenários funciona para você.

Lembre-se também de encontrar um lugar confortável (mas não muito, nada de dormir!). A iluminação também conta muito – é claro que será muito mais desconfortável ler no escuro ou em luz baixa, então procure ambientes iluminados e, de preferência, a luz do dia.

#5 Não fique muitos dias sem ler

Não espere duas semanas para retomar o livro que você iniciou, principalmente se a história tiver apenas começado. Você esquecerá personagens, datas, lugares… perderá o sentimento que começou a cultivar e provavelmente se aborrecerá em ter que voltar algumas páginas para relembrar os detalhes. 

4 livros sobre epidemia para ler na quarentena

#6 Explore outros formatos

Se o livro de papel te incomoda pois vive com páginas amassadas, que tal um tablet ou Kindle? Mas se você prefere o cheiro de páginas impressas, use isso a seu favor, pelo menos neste início. O formato pode ajudar ou atrapalhar muito o processo, afinal, precisamos nos identificar com nossos melhores amigos, né?

#7 Converse com outras pessoas

Sabe aquele seu amigo que vivia te empurrando títulos estranhos e que sempre tem uma obra embaixo do braço? Hora de revidar! Conte sobre a história e os personagens, fale de suas metas e compartilhe sua experiência. Isso te dará motivação para continuar em frente com as leituras, afinal, ninguém gosta de levar puxões de orelha.

E aí, o que achou das dicas? 

Se não souber por onde começar, fique de olho no Instagram do Clube de Autores e acompanhe nossas sugestões :)

Continue lendo: 

Crônicas de Quarentena – Desafio do Clube de Autores
Sobre os Ossos dos Mortos, conheça o livro
Porque cabe a nós, autores, formar novas gerações de leitores

Assine a Nossa Newsletter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *