Vídeo: Caminhos de Rosa

Ainda tomado pela empolgação que me fez escrever o post desta última quarta, decidi colocar aqui um documentário sobre o Caminhos de Rosa.

Há um pouco de seu conceito, muitas cenas e o punhado de loucos que fez a prova no ano passado.

E, para quem curte Guimarães Rosa, há também a oportunidade de ver, em vídeo, as paisagens que entraram pelas suas retinas e estalaram a inspiração para que ele escrevesse algumas das mais fantásticas obras da literatura mundial.

 

Leia Mais

Minha jornada física pela literatura

Eu amo livros. Isso deve ser óbvio para qualquer um que acompanhe este blog e o Clube de Autores como um todo – ninguém, afinal, montaria uma empresa focada em literatura se não tivesse uma verdadeira paixão pelas tantas histórias que, destravadas de suas páginas, conseguem nos transportar por tantos universos improváveis.

Mas eu tenho um outro amor egoísta também – e digo egoísta no sentido de defini-lo como algo só meu, que cuido para meu único prazer e sem compartilhar com praticamente ninguém além de mim mesmo. Eu corro.

Quando digo correr, quero dizer perambular por longas distâncias por ruas e trilhas, somando às vezes 50, 80, 100km de uma só tacada. Sim, tenho perfeita noção da esquisitisse encapsulada no próprio conceito de considerar os 42km de uma maratona como algo quase “pequeno” – mas todos temos direito às nossas próprias esquisitisses.

E por que estou falando sobre isso aqui neste blog? Porque, por obra do destino, conseguirei unir as minhas duas paixões em uma única ocasião.

No meio de agosto próximo, haverá uma corrida para a qual me inscrevi chamada Caminhos de Rosa.

Local? Sertão mineiro, mais especificamente perfazendo todo o caminho que Guimarães Rosa fez, há décadas atrás, e que está hoje registrada no “diário de bordo” A Boiada.

O caminho não incluirá apenas a rota da boiada: cortará o cenário de Grande Sertão: Veredas, ficará no encalço dos personagens do conto O Recado do Morro e chegará em Cordisburgo, capital da literatura de Rosa e de onde saíram maravilhas como Sagarana e Corpo de Baile.

Serão, no total, 140km esmagados entre a poeira do sertão e o sol inclemente que deve lançar raios que variarão entre 18 e 44 graus.

Mais do que isso, será uma maneira de entender a literatura de uma maneira muito mais crua, muito mais carnal, do que “apenas” devorando páginas debaixo do conforto do ar condicionado.

Há dois preparos que estou fazendo. O primeiro, mais óbvio, é treinar insanamente para que meu corpo esteja preparado quando agosto chegar.

O segundo, mais importante, é devorar cada palavra que puder encontrar de Guimarães Rosa.

Será uma viagem e tanto, uma maneira diferente de digerir literatura.

E, apesar de faltarem ainda tantos meses, a ansiedade já me consome como a Riobaldo enquanto ele desfiava suas histórias.

Mais uma vez, perdoe-me o leitor do blog por essa licença de despejar aqui coisas tão pessoais e tão pouco… digamos… institucionais. Mas, se não pudermos falar livremente das tantas formas de literatura em um espaço como esse, que serventia terá ele então?

Abaixo coloco o mapa literário da prova e os dados do percurso oficial.

E, se algum escritor por aí também compartilhar este estranho hábito e quiser me acompanhar, é só dar um grito!

Screen Shot 2016-04-25 at 10.49.33 AM Screen Shot 2016-04-25 at 10.49.53 AM

 

 

Leia Mais

CBL promove workshop de Modelos de Negócios para Conteúdo Digital no dia 27

Notícia para quem estiver interessado no mercado de livros – e que reproduzo na íntegra:

A Escola do Livro, da CBL, promove no dia 27 de abril o workshop Modelos de Negócios para o Conteúdo Digital: vários olhares, vários caminhos. O encontro levará aos participantes as perspectivas dos diferentes players do segmento do livro digital: editor, distribuidor, gerente de negócios e autor.

A abertura do workshop estará a cargo de André Palme, executivo de desenvolvimento de negócios da Kappamakki Digital, quem exporá sobre edição e gestão do livro digital. “O mundo digital é parte do nosso dia a dia. São milhões de usuários de Internet e smartphones, leitores potenciais que já têm o mais importante na palma da mão: um suporte de leitura, que precisa ser preenchido com conteúdo”, comenta.

Na palestra “Distribuição em lojas virtuais”, Camila Cabete, Senior Publisher Relations Manager da Kobo no Brasil, falará sobre os desafios enfrentados pelas editoras no desenvolvimento do produto digital e os desafios enfrentados pelas distribuidoras na busca pela profissionalização do mercado.

Em seguida, Leonardo Sales, co-fundador da UBook, empresa especializada em áudiolivros, falará sobre distribuição do livro digital via streaming. A apresentação dará uma visão geral de como nos relacionamos com o conteúdo digital, as transformações de indústrias como TV, música e livro, a economia que gira em torno do modelo de streaming e os desafios para o cenário Brasil”, explica Sales.

O workshop segue com a palestra de Ricardo Almeida, diretor presidente do Clube dos Autores, falando sobre autopublicação do ponto de vista do editor. “Autopublicação, hoje, é uma porta aberta tanto para autores quanto para editores, que conseguem conferir o potencial de sucesso de um livro antes mesmo de investir nele – algo impensável até muito pouco tempo atrás”, comenta Almeida.

O autor José Santos comentará sobre o mesmo assunto, explorando a questão do ponto de vista do autor. “Tenho publicações em três editoras diferentes, cada uma com suas peculiaridades. Falarei das possibilidades que se abrem com o ebook, como as de tradução e distribuição em novos mercados. Cabe ao autor, também, pensar possibilidades para o uso da voz, sonoplastia, vídeos e animações, que se tornam tão importantes quanto o próprio texto”, afirma Santos.

“O modelo de negócios do digital no ambiente universitário é o tema de Pedro Puntoni, coordenador do Núcleo de Cultura Digital do Cebrap (Centro Brasileiro Análise Planejamento).

O encerramento se dará com o depoimento de Susanna Florissi, diretora da editora Galpão, que tem livros distribuídos em diversas plataformas. “Alguns modelos de negócios para o conteúdo digital já estão implementados e funcionando a contento, mas há muito a ser aprendido e compartilhado nesta nova Era da Comunicação. O workshop será um bom momento para ampliarmos essa discussão”, conclui Florissi.

Dados práticos: 

  • Data: Quarta, 27 de abril
  • Horário: Das 10 às 15:30
  • Local: Livraria Martins Fontes – Av. Paulista, 509 – São Paulo-SP
  • Preço:
    • Associados CBL: R$ 120
    • Associados de entidades congêneres, professores e estudantes: R$ 190
    • Não associados: R$ 240
  • Inscrições: escoladolivro@cbl.org.br ou (11) 3069 1300

Programação:

  • 10h: Abertura – André Palme, sócio-diretor de desenvolvimento de negócios da Kappamakki Digital
  • 10h15: Distribuição em lojas virtuais – Camila Cabete, Senior Publisher Relations Manager, Brazil
  • 10h45: Distribuição via streaming – Leonardo Sales, co-fundador da UBook
  • 11h15: Self Publishing – Ricardo Almeida, presidente do Clube dos Autores
  • 11h45: Players nos diversos segmentos e setores – André Palme, sócio-diretor de desenvolvimento de negócios da Kappamakki Digital
  • 12h00: Intervalo para almoço
  • 13h00: O ponto de vista do autor sobre os novos modelos – José Santos
  • 13h30: O modelo de negócios do digital no ambiente universitário – Pedro Puntoni, coordenador do Núcleo de Cultura Digital do Cebrap (Centro Brasileiro Análise Planejamento)
  • 14h00: Livros distribuídos nas diversas plataformas – Susanna Florissi, diretora da Editora Galpão
  • 14h30 a 15h30: Discussão geral
Finger pointing on tablet pc, charts concept
Finger pointing on tablet pc, charts concept

Leia Mais

Parceria entre Clube e Festival Path garante desconto a autores

Já fiz um post aqui sobre o Festival Path – um evento FENOMENAL de cultura que deve dominar as ruas do entorno do Largo da Batata, aqui em São Paulo.

Pois bem: conseguimos também uma parceria com eles para dar desconto a autores do Clube :-)

Antes, um pouco sobre o evento:

O Festival Path, produzido pelo O Panda Criativo, é o maior festival de inovação e criatividade do Brasil, e o único de seu gênero no país. Durante um fim de semana em 2016 o festival vai oferecer mais de 300 horas de conteúdo (palestras, filmes, shows e mais) para aproximadamente 10 mil pessoas.

Como obter o desconto

Para resgatar o desconto de 15% da parceria entre Clube de Autores e Path basta:

  1. Acessar o site: www.ingresse.com.br/festivalpath
  2. Clicar em: Comprar ingressos
  3. Digitar no campo do Cupom a palavra: especial
  4. Clicar em: Aplicar Cupom
  5. Scroll para escolher o ingresso com desconto
  6. Clicar em: Comprar

Para conferira agenda completa e saber mais sobre o festival, acesse o site http://www.festivalpath.com.br

card-parceiros-autores

Leia Mais