Nosso endereço em Paraty #ClubeNaFlip

Sabe o que acontece a partir desta quinta – amanhã? Pois é: a Flip :-)

Já subimos a nossa programação inteira para o período no post da segunda-feira (veja aqui) – mas faltou o mapa para garantir que todos cheguem bem à nossa casa.

Não há muito erro: ela fica no meio do Centro Histórico e colocaremos a tradicional bandeira lilás do Clube de Autores na entrada para que todos vejam. De toda forma, segue o mapa abaixo:


(Rua Santa Rita, 178)

Tentaremos transmitir todos os papos via Facebook e Twitter – mas, como já sabem, a conexão de Internet em Paraty parece ter sido feita na mesma época da construção da cidade, lá pelo século XVII.

Por hora, somos só ansiedade e empolgação. Será fantástico poder respirar de novo os ares do que consideramos o melhor evento literário do país!

E, a todos, sejam bem vindos à nossa casa! #ClubeNaFlip

Conheça a programação do Clube na Flip!

Já estamos – finalmente – em semana de FLIP!! E, claro, o Clube estará com uma casa lá em Paraty repleta de eventos para autores independentes, da mesma forma que nos últimos anos. O nosso endereço lá será: Rua Santa Rita, 178 – Centro Histórico – Paraty

Confira a programação:

Quinta, 31/07:

CAFÉ LITERÁRIO – CLUBE DE AUTORES
(Rua Santa Rita, 178 – Centro Histórico – Paraty)

14h30 – A literatura regional no ensino de Filosofia – Prof. Dr. João Wilson Savino Carvalho (mediação: Carla Nobre)

15h – Futebol & literatura: de pai para filho – com Bith (Wilberth Salgueiro) e Marcos Alvito

15h30 – Direitos humanos e cultura: a utilização da mitologia amapaense pelo regime ditatorial no Amapá – Prof. Ms Benedito de Alcântara (mediação: Ovídio Poli Junior)

16h – Os livros na era digital – Bate-papo sobre e-books, impressão por demanda, distribuição digital e autopublicação com Ovídio Poli Junior (Selo Off Flip), Ricardo Almeida (Clube de Autores) e Ricardo Monteiro (Oficina de Livros)

16h45 – Festas literárias brasileiras – com Carla Nobre (FLAP), Carlito Lima (FLIMAR), Ninfa Parreiras (FLIST), Ovídio Poli Junior (Off Flip das Letras), Simone Mota/Gláucia Pinheiro (CLIM)

17h30 – Os caminhos da literatura amapaense – com Carla Nobre e Maria Ester Pena Carvalho

18h – Sessão coletiva de autógrafos e coquetel

Sexta, 01/08:

10h45 – RESISTIR EM TEMPOS DIFÍCEIS: uma reflexão do autor – palestra de Antônio Campos (advogado, escritor, curador da Fliporto, membro da Academia Pernambucana de Letras, presidente do Instituto Miguel Arraes, do Instituto Maximiano Campos e da Editora Carpe Diem)

14h30 – Direitos autorais em debate com Helder Galvão, advogado, professor e especialista em direitos autorais (mediação: Ovídio Poli Junior)

15h – Futebol & literatura: o jogo da vida – Edvaldo Santana, Rodrigo Viana e Ecio Salles

15h30 – Cássio Cavalcante fala sobre a criação de sua novela Sob o céu de uma cidade (mediação: Ovídio Poli Junior)

16h – A influência dos EUA nas ditaduras sul-americanas – com Carlito Lima, autor de Confissões de um capitão (mediação: Maurício Melo Júnior)

16h30 – Convescote na Praia da Sereia – Carlito Lima fala sobre seu mais recente livro de crônicas (com leitura de textos feita pelo autor e por alunos do IFAL – Palmeira dos Índios)

17h – Valéria Martins (A pausa do tempo) e Stella Rebecchi (Fundo do céu) apresentam seus livros. Mediação: Carolina Drago (Oasys Cultural)

17h30 Bate-papo com Godofredo de Oliveira Neto (A ficcionista) e Anchieta Rocha (Dias de vinho e de chumbo). Mediação: Carolina Drago (Oasys Cultural)

18h – Sessão coletiva de autógrafos e coquetel

Sábado, 02/08:

10h45 – Andrea Nunes (Promotora de Justiça/PE e autora) fala sobre os bastidores da criação de sua obra A CORTE INFILTRADA (romance policial) e como sua formação profissional ajudou na construção da trama que vem sendo apontada como um marco na descrição dos bastidores do crime organizado no Brasil e da sua promiscuidade com o Poder.

14h30 – Luis Turiba: leitura de poemas e debate com o público (mediação: Maurício Melo Júnior)

15h – Futebol & literatura: a bola, esse objeto de desejo – Flávio Carneiro e Marcelo Moutinho

15h30 – Escrevendo para crianças – com Simone Mota e Ana Cristina Melo (mediação: Ovídio Poli Junior)

16h – Arrastão e outros poemas – bate-papo com Marlon de Almeida (mediação: Ovídio Poli Junior)

16h30 – O escritor e o mercado editorial:
O papel do agente literário – com Valéria Martins, escritora e agente literária – Oasys Cultural (mediação: Suzana Vargas)

17h00 – Os caminhos do livro até chegar ao leitor – com Guiomar de Grammont, escritora e coordenadora do Fórum das Letras (mediação: Suzana Vargas)

17h30 – Bate-papo com Guille Thomazi (Gado Novo) e Marcos Bassini (Senhorita K). Mediação: Valéria Martins (Oasys Cultural)

18h – Sessão coletiva de autógrafos e coquetel

Universidade do Autor: Marca se faz todo dia

OK,um livro é algo relativamente pontual. Ele é escrito, publicado, lançado. Depois disso, exceto em casos de sequências, a história realmente acaba sendo encerrada nas páginas.

Mas divulgação e formação de público tem mais a ver com o autor do que com o livro em si. Afinal, se o livro chegou a um determinado número de leitores – qualquer que seja a quantidade – e se esses leitores gostaram, então as chances deles também se interessarem por lançamentos futuros é grande. Da mesma forma, a chance deles fortalecerem o boca-a-boca é igualmente maior.

Formação de marca no mercado editorial é exatamente isso: dar um jeito de estar sempre presente nas mentes dos leitores para facilitar lançamentos de títulos. Esse é o tema da última aula da Universidade do Autor sobre o assunto e que você pode conferir clicando aqui ou na imagem abaixo:

Universidade do Autor: O evento de lançamento

Um livro é um marco. Seja para o autor, que inicia um novo capítulo em sua vida literária, ou seja para o público leitor, que passa a ter à disposição páginas e mais páginas para mergulhar.

E marcos devem sempre ser comemorados, alardeados. É fundamental que todos saibam que um novo livro chegou e que está ao alcance, com novas histórias, experiências ou narrativas que potencialmente mudarão a forma de pensar de muita gente. E isso não é novidade: não há hoje nenhuma grande obra de arte que não tenha passado por um evento de lançamento para marcar a sua chegada ao mercado como um todo.

Resta saber como organizar, gastando o mínimo possível de dinheiro e atraindo o máximo possível de pessoas. Esse é o tema da terceira aula da Universidade do Autor que você pode acessar clicando aqui ou na imagem abaixo:

Universidade do Autor: Divulgando-se na rede

Lançar um livro e esperar que ele venda sozinho, sem nenhum esforço do próprio autor, é algo que não acontece nem com os mais expressivos best-sellers. E autores independentes tem um grande aliado: as redes sociais, em toda a extensão do conceito. Saber se divulgar nelas, cativando e mantendo relacionamentos efetivos, é um tipo de conhecimento fundamental para todos que quiserem firmar os seus nomes no Olimpo literário, por assim dizer.

Veja algumas dicas nesta segunda aula da Universidade do Autor clicando aqui ou na imagem abaixo: