Qual o evento online ideal que podemos proporcionar aos autores?

Recentemente, inauguramos aqui no Clube um projeto novo basicamente voltado para a realização de eventos online para escritores. No caso do primeiro, com Edson Carli, acabamos escolhendo como tema a gestão de carreiras e testando o formato do Google Hangout, com um papo em tempo real e interativo.

Foi um sucesso tanto do ponto de vista de participação quanto de crítica – o que acabou nos colocando um desafio maior: escolher o próximo tema e ajustar o formato ao que tivemos de retorno do público.

Ainda bem que existe a Internet: colocamos no ar uma pesquisa na semana passada perguntando a todos, aqui no blog, o perfil ideal de eventos. Quer saber o resultado? Veja abaixo nos gráficos:

 

 

 

O resumo é:

Eventos no começo ou final da semana, preferencialmente à noite, com algo entre 30 minutos e 1 hora de duração e sobre os mais diversos temas. É fato que “divulgação” acaba dominando a preferência popular – mas outros, como técnicas para escrita e mesmo a gestão da carreira, também se destacaram.

Agora é dever de casa nosso: hora de mergulhar nos próximos eventos programados e, aos poucos, começar a moldar todo esse projeto às expectativas de quem mais importa: os autores.

A todos os que participaram respondendo ao questionário, muito obrigado!!!

5 comentários em “Qual o evento online ideal que podemos proporcionar aos autores?

  1. Concordo plenamente com o Francisco Djacyr Sil. Precisamos muito de divulgação. Mesmo se o custo ficar entre nós autores, sendo cobrado pelas vendas de nossos livros uma pequena porcentagem por volume.

    1. Oi Elisabeth. Todos precisamos, sempre. Mas, como respondi ao Djacyr, não há como fazer esse rateio. Para se ter uma ideia, um anúncio em uma revista grande custa mais de R$ 20 mil. Se cada autor pagasse R$ 100, seria necessário mais de 200 livros inseridos na mesma página. é um volume grande ao ponto de inviabilizar a possibilidade de algum leitor prestar atenção. Divulgação é difícil sim: o mercado editorial é o mais concorrido em todo o mundo, e não apenas no Brasil. É até por isso que poucos best-sellers novos aparecem. Mas difícil não é impossível: só é um indicativo de que o caminho é mais trabalhoso para quem quiser buscar o seu lugar ao sol, por assim dizer.

  2. Acho que seria interessante se fosse criada uma ferramenta de divulgação nas revistas de circulação nacional com divulgação dos livros dos autores. Este custo poderia ser dividido em quem tivesse interesse.
    Acho que a divulgação ainda é precária.

    1. Oi Francisco. Divulgação sempre é um assunto delicado por depender mesmo do autor. Se tem uma coisa que posso dizer por experiência é que dificilmente soluções terceiras funcionam. Para pegar o seu exemplo: um anúncio em uma revista de alta circulação custa tanto, mas tanto, que seria necessário inserir centenas de livros nela para que se conseguisse dividir de maneira viável entre autores. Mas… com centenas de livros na mesma página, quem prestará atenção?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *