Pensática Podcast, Ep. 28: O que são metadados e por que você precisa conhecê-los?

Foi-se o tempo em que o único público dos escritores era composto por leitores. Na era da tecnologia e do e-commerce, na era da abundância, na era da autopublicação, ser encontrado em canais digitais é um dos mais importantes passos para a consolidação de uma carreira literária. 

E como se consegue ser encontrado? O autor leigo pode achar que tudo se resume a uma boa campanha de divulgação em cima de sua obra… mas a realidade é muito mais complexa e sofisticada que isso. Porque quem define que livros vão aparecer para que leitores em que buscas nas grandes livrarias de hoje – os ecommerces – são seus algoritmos. 

E os algoritmos, esses robôs superdotados de inteligência artificial, levam em conta muito mais do que a mera procura por um título. A cada busca eles tecem inacreditáveis teias de possibilidades cruzando perfis, palavras-chave, zeitgeists (ou espíritos do tempo) e n outros fatores para priorizar um título em detrimento de todos os outros nos resultados de pesquisas e destaques nas páginas. 

E, se é verdade que cada loja – Amazon, Google, Mercado Livre, Submarino etc. – tem o seu próprio algoritmo com a sua própria personalidade e entendimento de buscas, também é verdade que todos se alimentam essencialmente da mesma coisa: os dados que definem as características e nuances de cada livro, também chamados de metadados. 

Isso também significa que os novos autores precisam ir além de escrever para seus leitores: eles precisam saber construir os metadados dos seus livros durante o processo de publicação e cadastramento para que esses algoritmos consigam lê-los de maneira relevante. Para dar um exemplo simples, quase simplista: uma sinopse mal construída e excessivamente resumida não apenas pecará em convencer o leitor da qualidade da obra – ela pode efetivamente fazer os algoritmos das livrarias concluírem que a obra tem pouca relevância e sequer mostrá-la nos resultados de busca, tornando-a efetivamente invisível. 

A ideia do episódio de hoje é compreender mais sobre esse universo de algoritmos e metadados justamente com um dos maiores experts no assunto. 

Ricardo Costa é CEO da MVB Brasil. Antes disso atuou como Representante da Feira do Livro de Frankfurt para a América do Sul. Iniciou seus atuais 20 anos de mercado editorial como diretor editorial e de marketing, prestou consultoria em planejamento de negócios para editoras e foi sócio-diretor do PublishNews por mais de seis anos. Formado em Análise de Sistemas e com especialização em Publishing, entrou para o mundo do entretenimento e cultura como gerente de produto na HBO Brasil.

Como ouvir este episódio e assinar o podcast?

Você pode ouvir e assinar este episódio no seu agregador favorito de podcast: SpotifyAppleStitcherAmazon e GooglePodcasts.  

Os episódios do Pensática Podcast são disponibilizados semanalmente, toda segunda-feira, às 9 da manhãPara saber mais, acesse a página do podcast com a relação de todos os episódios!

Assine a Nossa Newsletter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *