six-words-stories

Histórias de 6 palavras: tudo sobre esse estilo!

Como você contaria uma história em apenas seis palavras?
Parece loucura (e pode até ser), mas é possível sim.

Agora, você deve estar se perguntando: por que raios alguém escreveria uma história tão curta? 

O conceito de “Six Words Stories (em português, “histórias de seis palavras”) foi criado por Ernest Hemingway, escritor norte-americano e autor do livro Por Quem Os Sinos Dobram. Não se sabe ao certo como a ideia surgiu – se em uma conversa de bar ou um desafio entre amigos – apenas que a primeira flash storie de 6 palavras foi escrita por ninguém menos que o ganhador do Prêmio Nobel de Literatura de 1954. 

“Vende-se: sapatos de bebês, nunca usados”, escreveu Hemingway, enfileirando seis palavras em uma frase que, apesar de inofensivas, são pauta para longas horas de discussão. 

  • Quem está vendendo?
  • Por que os sapatos nunca foram usados? 
  • De que cor são os sapatos? 
  • Quanto custa o par?

A história acaba, mas as possibilidades são infinitas. 

Apesar disso, o storytelling criado pelo autor americano sugere (entre as inúmeras interpretações) que os sapatos nunca foram utilizados por seu dono: um bebê que morreu de forma prematura, quem sabe?

Você também interpretou desta maneira? Ou chegou em conclusões mais profundas?

Os detalhes, como a causa da morte e o momento, ficam livres para imaginação. E é isso que torna o formato 6×6 tão interessante: prova que não é necessário contar tudo ao leitor, basta acender a faísca.

Ernest-Hemingway-Historias-Seis-Palavras
Ernest Hemingway, criador do gênero 6×6

Depois de Hamingway, muitos autores se aventuraram pelo universo de histórias rápidas de apenas seis palavras. A proposta virou até concurso!

Em 2011, no embalo do Dia das Mães, o consagrado The New York Times desafiou seus leitores a compartilharem um pouco sobre suas mães. Foram dezenas de histórias enviadas, algumas excelentes, outras nem tanto. Fato é que, nem todas cumpriram com a proposta: não basta criar uma frase bonitinha e emotiva, é necessário contar uma história (breve, sem detalhes e cheia de pontas soltas mas, ainda assim, o storytelling é indispensável).

A seguir, algumas das frases favoritas do Clube de Autores neste concurso (em inglês, porque a língua nativa faz parte do estilo!).

  • “Are you my mother, mom asks”
  • “Mom was right; I should have…”
  • “Is that your sister? Gosh no.”
  • “Baby, please don’t go out ashy”

Ainda em solo americano, a Revista SMITH também criou um projeto para incentivar seus leitores a enviarem histórias de seis palavras, chamado “Six Words Memories”. A proposta é descrever sua vida em uma frase no formato 6×6. 

Além de enviar sua própria história pelo site do projeto, é possível conferir todas as frases separadas por tema: amor, vida, conselhos, guerra… quem diria que seis palavrinhas renderiam tanta coisa, né? Mas calma que tem mais! 

O projeto cresceu tanto que virou livro. Ou melhor.. livros. Ficou curioso? Conheça a Six Word Merories Store. Quem sabe você não se inspira a escrever um livro neste estilo também?

Inspirados por todo esse movimento, o Clube de Autores convidou os escritores que já publicaram livros por aqui a escreverem suas próprias histórias. Foram mais de 800 frases enviadas!

Confira, a seguir, as TOP 10 histórias escritas por nossos autores (e explore suas obras!):

Marido morto, ela presa. Estava livre!
Por Léo Ottesen

MOSCA: Zoom, zoom, zoom, 24h. Fim.
Por Marcelo Ribeiro da Silva

Não tem mais amanhecer, apenas grades.
Por Jorge Souza de Oliveira dos Santos

Entregou, chorando, os pertences à sogra.
Por Cleonaldo Pereira Cidade

Nadando pelado. Piranha. Ai, meu pênis!
Por Gyorgy Laszlo Gyuricza

Diagnóstico? COT! TOC? Sim, alfabeticamente ordenado!
Por Elias Pedroso

“Duvidam? Olhem como eu atravesso… Aaai!”
Por Jonaedson Carino Moreira (Jota Carino)

Chorei de saudade; ela, de cebola.
Por Adriana Guimarães Costa

Promoção: casacos de pele, edição limitada…
Por Adriano Vox

Fez fortuna vendendo espetinhos; odiava gatos.
Por Renato Alves

Ficou curioso para saber se você também consegue escrever uma história 6×6? 


Aqui vão algumas dicas do Clube de Autores para embarcar nessa aventura:

1. Pense em um conflito.

Sobre o que você quer falar? E qual será o objetivo da trama? O conflito é essencial para uma short story. Caso contrário, ela é apenas uma frase de seis palavras.
Confira também nossas dicas para escrever um conto encantador.

2. Vá direto ao ponto.

Já que estamos falando de uma história curta, não há tempo para desenvolver personagens, construir cenários e detalhar sentimentos. Portanto, depois de escolher o conflito, é importante pensar em como ir direto ao que mais importa, sem rodeios.

3. Escreva a história em uma frase curta, depois corte as palavras até chegar em seis.

Agora que você já pensou no conflito e em como chegar ao ponto principal, tente colocar a história no papel. Talvez seja difícil reduzir sua ideia a exatas seis palavras, então comece devagar. Primeiro, escreva uma frase mais longa e vá talhando as palavras desnecessárias em seguida.

E aí, topa o desafio? Siga as dicas acima e crie sua própria história curta! 

E, por falar em desafio, você já está por dentro dos concursos literários de 2020? Confira a lista completa!

Assine a Nossa Newsletter

56 comentários em “Histórias de 6 palavras: tudo sobre esse estilo!

  1. Recebi por e-mail a lista de histórias vencedouras.
    Me resta apenas parabenizar àqueles que enviaram histórias incríveis, fantásticas, mas que, por razõa da atual “subtultura brasileira” não foram selecionados.

  2. Interessante que, dentre comentários falhamente grafados, muitos se vangloriam de suas obras.
    Creio que a equipe do Clube de Autores terá uma boa diversão ao avaliar as histórias.

  3. Olá Pessoal

    A frase de seis palavras: Primeira ida ao cinema foi deslumbrante !
    Retirada do Livro ” 50 + de 5000 Filmes”, página 4, Clube de Autores

    O problema é URL : clubedeautores/5-de-5000 filmes/ p.4 não foi aceito

  4. Olá
    Sou professora de Escola Publica e disléxica. Atualmente estou na secretaria da escola por questão de saúde. Amo escrever sobre dislexia e já escrevi 2 livros sobre o tema.
    A frase que enviei existe nos meus livros com 5 palavras:
    ´(É preciso mudar o olhar )precisei colocar mais uma pata participar e ficou assim: ( É preciso mudar seu olhar). O olhar para o mundo a forma de ver as pessoas e e trata-las. Principalmente o modo de ver os disléxicos para saber como agir para auxilia-los em suas peculiaridades.

    1. Alberto,
      Ficamos felizes pelo interesse em participar do concurso mas, infelizmente, as incrições já acabaram =(
      Em breve teremos outras dinâmicas e ficaremos felizes em contar com a sua presença!

  5. oi! amigos do clube! meu nome é Thiago, mas conhecido como Occultum Luciferus… meu email é [email protected] gostaria de dar lhes os parabéns pela nova fórmula do site do clube de autores ficou incriveu com uma cara mais profissional… parabéns pela nova cara do site! eu já deixei meu dasafio! “Homem sábio é um homem silencioso.”

    muito legal essas brincadeiras esses desafios de vocês e talvez ter minha página de autor divulgada é melhor ainda! espero que gostem!

    Abraço!

    Thiago.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *