A mais nobre das artes? A nossa, claro!

Escrever, claro.

Que outra seria? Que outra arte nos permite criar e recriar, com riqueza e sofisticação tão exageradas de detalhes, mundos inteiros?

Que outra arte nos permite descrever os nossos mundos para as gerações futuras, narrar as mazelas e sortes dos nossos tempos, desenhar futuros e inspirar os presentes que deles nascerão?

Nenhuma.

A grande maioria dos que estão aqui agora, lendo este post, escreve. A grande maioria tem ou está no processo de ter um livro publicado, seja aqui no Clube ou em qualquer outro lugar.

E, como parte do Clube de Autores, não posso deixar de dizer que reunir tantos mestres da narrativa aqui, tantos exemplos perfeitos do que há de mais contemporâneo na mais sagrada das artes, é um dos maiores orgulhos que carrego.

Então, se me permite, termino este post de segunda com uma única palavra: parabéns.

Parabéns a todos vocês, autores, por escreverem o nosso mundo e por inspirarem os mundos do futuro.

Writing Cave

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *