Tutorial para confecção de ficha catalográfica

Temos recebido, faz algum tempo, uma série de dúvidas de autores com relação à ficha catalográfica de suas obras. Um dos autores – o Eduardo Esber – tomou a iniciativa de montar um tutorial simplificado e nos enviar por email.

Além de agradecer a ele pela valiosa contribuição, estamos postando o tutorial abaixo, aqui no post:







TUTORIAL
SIMPLIFICADO PARA INSERÇÃO DE

FICHA CATALOGRÁFICA
NO MIOLO DO LIVRO

 

 

Esse é um breve
tuturial para inserção da Ficha Catalográfica (FC) no miolo do livro. A FC é
fornecida pela Câmara Brasileira do Livro, CBL,  (http://www.cbl.org.br/), em um serviço totalmente online.


A FC é enviada
pela CBL em um arquivo, formato PDF, que deve ser transcrito para o miolo do
livro, geralmente na página 04. Existe uma dificuldade em transpor essa ficha
para o livro, razão pela qual esse tutorial visa auxiliar aqueles que pretendem
fazer isso pela primeira vez. Muitos abrem o arquivo PDF com a FC, dão um
PrintScreen, transportam a imagem para um editor de imagens, salvam-na em
formato JPG e depois colam-na na página correspondente do livro, o que não
apresenta um bom resultado final, devido à pequena dimensão dos caracteres
utilizados na FC. Vamos ao tuturial:

 

1- Abra o
arquivo PDF com a FC que foi enviada pela CBL

 

2- Abra um novo
documento do Word, configurando a página para o formato A5 e com as mesmas
margens utilizadas em seu livro. A ficha será trabalhada nesse novo documento
do Word e depois de finalizada, transposta para o seu livro original. Isso
previne que você desconfigure o seu livro durante o trabalho com a FC.

 

3- No arquivo
PDF, clique  no botão referente a
ferramenta “selecionar”, situado no menu superior. Depois, selecione
toda a FC. Feito isso, vá no menu “editar” e depois clique em
“copiar”.

 

4- No Word, vá
em “editar”, depois em “colar especial”, e depois marque
“colar” como “texto formatado (RTF). A sua ficha aparecerá no
documento. Certamente os dois primeiros parágrafos estarão em negrito, com fonte
tamanho 11 e o restante estará sem negrito, com fonte tamanho 10, o que é um
padrão grande para as dimensões do livro. Iremos então configurar tudo isso e
inserir o quadrado da FC, que não apareceu no Word.

 

5- Sempre no
Word, selecione o primeiro e segundo parágrafos, que estão em negrito, e
coloque o tamanho de fonte como 9. Depois, centralize-os. Selecione todo o
restante e coloque o tamanho de fonte como 8.

 

6- Coloque o
cursor ao final da segunda linha da FC (a última linha em negrito) e dê dois “enter”,
criando mais duas linhas. Com o cursor na última linha criada, vá no menu
“tabela”, depois em “inserir” e depois em
“tabela”. Selecione inserir uma tabela com uma coluna e uma linha.

 

7- Arraste para
dentro da tabela criada todos os itens que estavam dentro do quadro, na FC
original.

 

8- Nessa fase,
apenas usando a barra de espaços e o botão “enter”, procure deixar os
itens que estão dentro da tabela exatamente na mesma posição que se encontram
dentro do quadro da FC original. Jogue para a direita o texto necessário, por
exemplo dando três espaços e mais ainda para a direita o que for necessário,
dando mais três espaços. Depois, separe a penúltima linha da última linha,
dando alguns “enter”.

 

OBS: Dentro da
tabela, não é necessário separar muito a penúltima linha da última. Uns poucos
“enter” são suficientes. Ajuste a altura da tabela de acordo com o
espaço que tiver disponível na página do seu livro onde a FC será inserida.

 

8- Arraste a
borda direita da tabela para dentro, reduzindo a largura da tabela, mas sem
alterar os parágrafos do texto que está dentro dela. Isso é feito porque a
tabela criada abrangeu toda a largura do documento e não é necessário uma
tabela tão grande assim.

 

9- Clique com o
cursor em qualquer lugar dentro da tabela, depois clique no menu
“tabela” e depois em “selecionar” e depois em
“tabela”. Com a tabela selecionada, centralize-a na página, clicando
no mesmo botão usado para centralizar os parágrafos.

 

10- Por fim,
selecione as duas últimas linhas que estão abaixo da tabela e centralize-as.

 

Pronto. Basta
copiar toda a FC que você acabou de editar e colar dentro do documento do seu
livro!


14 comentários em “Tutorial para confecção de ficha catalográfica

  1. Pode até ser útil para autores pouco experientes em computação, más para um autor, adoece de alguns problemas de português… Fora a redação destaco:
    “Esse é um breve tuturial”; “Existe uma dificuldade em transpor essa ficha
    para o livro, razão pela qual esse tutorial…”; “Vamos ao tuturial:”
    1 – Nos dois casos em que se refere ao próprio tutorial deveria ser ESTE e não esse. Este erro de uso o demonstrativo é comum na linguajem coloquial, mas deve ser evitado na escrita.
    2 – Até o segundo parágrafo aparece quatro vezes a palavra tutorial. Duas certas e duas erradas… TUTURIAL.
    3- Tem dois itens 8;
    4 em “Abra um novo documento do Word, configurando a página para o formato A5 e com as mesmas margens utilizadas em seu livro. A ficha será trabalhada nesse novo documento do Word” além de desnecessária a repetição de “novo documento do Word” seria melhor NESTE novo doc… por referir-se no mesmo parágrafo a esse documento.
    Espero que no livro tenha tomado mais cuidado…

    1. tá bom, já desse a tua aulinha online hoje. Eita Patrulha Ortográfica Fascista!…A maioria dos escritores e editores, inclusive os bestsellers, usa revisores e copidesques profissionais. Vá ser chato assim no inferno!

    2. Ao Víctor Hugo Neira Mu : “MAS” significando porém – contudo, não tem acento..

      NÃO SE ESCREVE “MÁS” E SIM “MAS”, sem acento..

      FICA A DICA: NINGUÉM SABE TUDO..

    3. “Este erro de uso o demonstrativo é comum na linguajem” (item 1 – linha 7)… “LinguaJem”??? Não seria “linguaGem”, Sr. professor Víctor Hugo Neira Mu? KkkkkK

  2. Olá Eduardo. Me responda por favor : Eu já tenho o registro no ISBN. É conveniente ter também a ficha catalográfica no miolo do meu livro. Qua a importância da ficha catlográfica ? Agradeço. Forte Abraço !

  3. Eduardo, você sabe o que significa os códigos que estão na ficha catalográfica, na última linha dentro do retângulo (bem rente à linha)? À esquerda são apenas número e à direita vem: CDD- e os números.
    Obrigada pelo tutorial que auxiliou muito na confecção do meu primeiro livro!

  4. Quem quiser ver como ficou a ficha catalográfica que inseri em meu livro, fazendo da maneira como descrita nesse tuturial, basta acessá-lo, na categoria de livros de humor (80 PIADAS DE DENTISTAS). Abraços a todos.

    1. Luciana, boa tarde, só respondendo sua perguntas os números a esquerda são parte da tabela Pha que indica o nome do autor, a primeira letra do nome e o numero que indica sem nome na tabela criada por Cutter, a sergunda com CDD na frente significa Classificação Decimal de Dewey e significa a numeração na qual o assunto abordado na obra se refere na tabela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>