darth-vader-com-criar-um-vilao

Como criar um bom vilão para sua história? [5 dicas]

Quando você ouve a palavra “vilão”, qual imagem sua mente projeta? Uma criatura quase humana, com uma risada maléfica e planos diabólicos de dominação do mundo? Ou uma criança aparentemente indefesa esperando o ônibus da escola? 

Se você pensou na segunda opção, provavelmente não é muito fã de crianças (ou precisa de terapia!). Mas, se sua primeira imagem de um vilão estiver mais próxima da opção número um, parabéns! Você foi influenciado pelos maiores personagens do universo literário (e cinematográfico). Coringa, Darth Vader, Voldemort… a lista é imensa e aposto que você conseguiria facilmente acrescentar outros dez nomes a este artigo. 

Os maiores clássicos da história construíram estereótipos para os vilões e é natural que nossa imaginação se apegue a essas características. Mas isso não significa que esse seja o único molde para criar personagens marcantes. Qualquer um pode ser vilão: uma pessoa comum, uma celebridade, um político, um animal doméstico, um objeto animado… Bem, você entendeu! 

Conheça os livros mais vendidos da história.

Quer saber como criar um bom vilão? Confira as dicas do Clube de Autores: 

Ele é esperto e habilidoso

Um bom vilão não pode se dar por vencido com muita facilidade. Do contrário, o herói da história não teria desafios, certo? Para criar um personagem marcante, é fundamental planejar seus pontos fortes e como suas habilidades impactarão a narrativa. 

Todo mundo acha que está certo

Seu herói quer salvar o mundo? Está correndo contra o tempo para resgatar seu grande amor? Quer conquistar um cargo impossível em uma empresa multinacional? Independente do desafio, seu personagem principal tem motivos para acreditar que está no caminho certo. O vilão também. Essas motivações precisam estar claras para o leitor (ou devem ser reveladas ao longo da trama). Sem embasamento, seu personagem será apenas uma pessoa malvada atrapalhando a paz do universo que você criou. 

Vilões também podem ser bons (as vezes…)

Quem nunca se apaixonou pelo vilão ou sentiu pena do adversário? As características “humanas” podem tornar o vilão mais interessante. Alguns leitores podem, inclusive, compreender suas ações e torcer para que o vilão se arrependa e tudo acabe bem. Além disso, envolver o leitor na história do adversário é um gatilho excelente para gerar curiosidade. 

Ninguém é invencível

Caso seja possível derrotar seu vilão, é fundamental que exista um ponto fraco evidente (ou escondido). Esse Calcanhar de Aquiles precisa ser muito bem planejado para não estragar a história. Ninguém merece passar 200 páginas perseguindo um personagem para, no final, descobrir que 10 polichinelos podiam tê-lo detido desde o início, não é?

Traumas passados são excelentes gatilhos

Antes de ser o todo poderoso rei da maldade, seu vilão era bom? Qual trauma despertou as características mais obscuras do personagem? Mesmo que essa parte da história não seja narrada em detalhes em seu livro, dedique um bom tempo planejando o background do vilão. Esse embasamento te ajudará a fundamentar as escolhas do adversário, criando um conflito mais interessante.

Mas lembre-se: nem sempre o vilão tomará a forma clássica de desenho animado. O adversário do seu heroi pode aparecer na história de diferentes formas e, quanto mais inusitadas, melhor. O elemento surpresa pode ajudar a tornar seu personagem único!

Confira outras características de vilões: 

  • Orgulho do que faz;
  • Inveja do heroi, sua personalidade e suas conquistas;
  • Características em comum com o heroi;
  • Ser misterioso, não deixar suas intenções claras;

Agora é sua vez! Conta pra gente nos comentários quais são seus vilões favoritos e como eles inspiraram a sua história =)

Quer mais dicas para criação de personagens? Confira outros artigos:

Um universo além do personagem principal
Tipos de narrador
Como escolher o nome dos personagens

Imagem de ErikaWittlieb

Assine a Nossa Newsletter

Um comentário em “Como criar um bom vilão para sua história? [5 dicas]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *