As respostas dos autores sobre o livro do Hitler

Fiquei, confesso, surpreso.

Na semana passada, fiz um posto aqui no blog perguntando o que os colegas autores achavam da proibição do livro Mein Kampf, do Hitler, base para toda a sua teoria nazista. Eu tenho, para mim, que nenhuma censura pode trazer algo de positivo: na melhor das hipóteses, proibir o acesso a um livro apenas incita a curiosidade sobre ele.

Mas imaginei que a imensa maioria das pessoas fosse a favor da censura.

Me enganei. Aqui, no blog, foram 3 comentários postados – mas no post do Facebook que replicou o do blog, foram 97 comentários. A avassaladora maioria se posicionou contra a proibição.

Veja alguns dos comentários:

Mauro Cunha Um absurdo, independente do autor a obra tem de estar acessível aos que querem ler, a censura vem sempre revestida do “politicamente correto”, Hitler cometeu atrocidades, mais ainda por isso que seu livro deve estar disponível a todos, para jamais esquecermos do que ele fez e para que pessoas como ele voltem ao poder a história não deve ser apagada mas mantida viva, para que os erros não voltem a ser repetidos.

Vinnie Bento Acho um crime contra a liberdade de expressão, mesmo que Hitler tenha sido o monstro que foi. E logo vão querer queimar os livros do Richard Dawkins. E depois? A Bíblia, talvez?

Leno Lima Também acho desnecessário. Cria-se – para essas novas gerações – um mito sobre essa obra. É claro que muita gente vai querer ler dominado pela curiosidade e o perigoso disso – em um país sem grande formação do pensar – achar que o que ele escreveu é interessante e quiçá necessário e para tanto está sendo proibidio. Um tiro no pé. Um facismo oculto está crescendo no país, fiquemos de olho.

Michael Peter Duck É um documento histórico, e não deveria ser proibida.

Enfim… quis apenas compartilhar aqui esse retorno do público.

Fiquei feliz com isso. Independentemente de qualquer coisa, ter uma massa tão significativa de intelectuais sendo contra a censura enquanto princípio é um alívio.

51koRKz3zGL._SX332_BO1,204,203,200_

4 comentários em “As respostas dos autores sobre o livro do Hitler

  1. Toda censura é inaceitável, e desperta aina mais a curiosidade dobre o. Assunto!! Quero muito ler esse livro,não, concotdfo e abomino o nazismo,nas tenho fascínio poela história!!!

  2. Ao meu ver existem obras relevantes e irrelevantes, logo privar a divulgação à coletividade, é se apor ao juízo comum “do que me serve e do que não me serve”…Esse motivo é individual e inalienável!

  3. Como Judeu, concordo que a re-edicao do livro pode ser visto como um ato de proselitismo principalmente para jovens despreparados ideologicamente e culturalmente. no mais o dito livro esta disponível em free pdf on line. hitler escreveu outro livro de idiotices em que refere-se ao Brasil a um pais das bananas…desse eles não falam. hitler daria risadas de tupiniquins querendo ser arianos, em sua ótica racista deformada…

  4. Não podemos ignorar informações históricas. Todos querem liberdade de expressão para si, mas ninguém quer liberdade de expressão para todos. Não concordo com muitas coisas que aconteceram no passado e continuam a acontecer no presente, mas não podemos ignorar a história. Uma censura inaceitável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *