Você curte audiobook?

Já comentei isso algumas vezes aqui no blog: eu, pessoalmente, sou apaixonado por audiobooks.

Quando falo isso sou normalmente encarado com preconceito dos leitores mais tradicionalistas. Aí devolvo uma pergunta: “o que você prefere fazer enquanto está por horas preso no trânsito? Ouvir um bom livro ou ficar encarando os carros imóveis ao seu redor?”

Até hoje, ninguém me respondeu a segunda opção.

E essa parece ser uma aposta de duas empresas brasileiras: a TocaLivros e a UBook. Ambas estão começando a se firmar no mercado brasileiro, porém com estratégias opostas.

A Tocalivros funciona como uma livraria tradicional que remunera autor e editora pelas vendas, colocando o preço entre o de um livro em papel e o de um ebook. A Ubook aposta no modelo de assinaturas – algo já comum nos EUA, em empresas como a Audible.com, mas que ainda não decolou por aqui.

Ambas tem como maior desafio a matemática. O custo de produção de um audiolivro pode variar entre R$ 5 mil e R$ 20 mil – algo bastante salgado. E pior: o acervo brasileiro é pequeno, com menos de 1.000 títulos disponíveis, e em uma cultura ainda pouco habituada ao formato.

Não sei se vai funcionar – mas torço ferrenhamente para que sim. Afinal, livro é livro – quer seja devorado pelos olhos ou pelos ouvidos.

Ricardo Almeida.

8 comentários em “Você curte audiobook?

  1. Caros amigos
    Tenho intenção de fazer locução de livros e criar um site para disponibilizá-los ao público em gera, mas não sei bem por onde começar. Agradeço alguma orientação.
    Minha ideia era fazer este serviço não só pelo seu caráter inclusivo (audiolivros para deficientes visuais) bem como para gerar renda, por exemplo, através do programa de associados da Amazon ou outro programa de afiliados.
    Abraço

    1. Oi Mário. Nós não temos a oferta de audiolivros aqui ainda, infelizmente, então não sabemos bem como ajudar. Conhece o UBook? Talvez valha a pena entrar em contato com eles…

  2. Olá

    Estou produzindo audiobook e publicando em meu canal no youtube (Max Amadeus)
    É algo bem amador e não sei nada sobre direitos autorais
    Tenho interesse em me profissionalizar e produzir audiobook de forma profissional. Ja tenho equipamentos para gravação e edição profissional
    A questão é: Como faço para produzir de forma legal?
    Desde já, obrigado!

    1. Max, dá uma olhada no ubx.ubook.com – é uma plataforma de autopublicação de audiolivros com quem acabamos de firmar uma parceria. Lá eles detalham todo o funcionamento. Eu, pessoalmente, sou mega fã de audiolivros – mas não acho que o Youtube seja o melhor canal. O formato é feito para se ouvir em trânsito, quando estamos nos locomovendo – daí a necessidade de um serviço mais especializado.

  3. olá tudo bem ? Estou atrás de autores de audiobooks para fazer um site e estar conversando com eles sobre os direitos autorais. Quero fazer um site de leitura livre e através das propagandas pagar os direitos autorais. Levar leitura para todos. Gostaria de uns 50 autores.

  4. Eu gosto e até prefiro… não é sempre que temos tempo de ficar deliciando lendo um livro escrito, apesar de fazer isso sempre que posso. Mas na maioria das vezes não temos tempo e o audiobook é a solução prática nas horas e horas que perdemos no trânsito.

Deixe uma resposta para Max Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *