Adicione um “banner-atalho” para a página do seu livro

Já faz algum tempo que alguns autores nos cobraram algumas ferramentas simples para que eles pudessem indicar a página dos seus livros diretamente em seus blogs.

A mecânica precisaria ser simples: enquanto o usuário estivesse navegando pelo blog do escritor, ele acessaria um banner direto convidando-o a comprar o livro. A partir daí, é só clicar e pronto.

Daqui, fizemos exatamente isso. Hoje, todos os livros tem acesso a um mini-banner que os seus autores podem inserir nos blogs de forma direta, prática. Para tanto, basta ir a Meu Espaço, clicar em Livros Publicados e selecionar a opção “compartilhar”. As opções aparecerão na página, já com link para o livro, juntamente com as instruções de uso (veja exemplo abaixo).

É uma ferramenta simples, mas útil a todos os tantos escritores blogueiros que temos aqui no Clube!

13 comentários em “Adicione um “banner-atalho” para a página do seu livro

  1. há tempos atrás eu publiquei um livro por uma editora e também disponibilizei em e-book. Alguém comprou o e-book e logo em seguida compartilhou no 4shared.
    Resultado: o livro impresso nao vendeu nem 100 copias, enquanto os downloads gratuitos no 4shared passaram de 2.000

    1. É, isso pode acontecer mesmo – são os problemas que acompanham os novos formatos. E-Books tem muitas vantagens, mas é inquestionável que é formato que facilita mais a pirataria.

      Na outra ponta, há os que argumentam que esse tipo de pirataria acaba fazendo o livro ficar mais conhecido e gerando mais vendas, mas nunca vimos daqui números que comprovem isso de forma clara. No final das contas, a opção é mesmo do autor, que precisa pesar os pros e os contras e decidir publicar como impresso, ebook ou ambos.

  2. existe um meio de proteger o e-book, ou os leitores que compram podem colocá-lo em sites como o 4shared? como as grandes editoras que disponibilizam seus lançamentos em e-books tem feito com relação a isso?

    1. Oi Keila! Em teoria, há sim um mecanismo chamad de DRM (Digital Rights Management) que impede uma série de ações feitas em arquivos. Há alguns anos, muitas editoras trabalhavam com DRM – mas os sistemas acabavam gerando mais problemas do que benefícios. Ou seja: as restrições impostas eram tantas que elas acabavam beirando a ilegalidade, indo contra o código de defesa do consumidor e seus equivalentes mundo afora. Resultado: muitas críticas e vendas em declínio.

      Há algum tempo, a Apple abandonou o uso de DRM no seu iTunes Store, sendo seguida por uma série de outras. Isso foi bem na época que nós estávamos desenvolvendo a área de ebooks do Clube e acabamos optando por deixar sem DRM.

  3. Uma das coisas que ainda precisam ser melhorada é o preço dos livros. mesmo com o autor optando por ganhar quase nada de direito autoral, o livro ainda fica caro.

    1. Nós sempre fazemos rodadas de renegociação com os fornecedores, Keila – mas é importante ressaltar que, mesmo sem cobrar nada dos autores e sem exigir uma tiragem mínima (portanto, imprimindo de um a um, em um processo substancialmente mais caro), todos os preços estão rigorosamente nas mesmas médias que se encontra em livrarias tradicionais. Buscamos e buscaremos constantemente disponibilizar as melhores condições possíveis de mercado (mantendo a qualidade das obras e do processo como um todo) – mas, hoje, preço não é um impeditivo de vendas.

      Ou seja: sempre haverá espaço para melhorias, mas isso não significa que bons números de vendas não possam ser alcançados ao se trabalhar outros fatores importantes (como uma boa capa, boa sinopse e estratégia de divulgação diferenciada). São esses itens que tem feito o sucesso não apenas de autores daqui do Clube, mas do Brasil e do mundo de uma maneira geral.

    1. Depende do programa de email, Claudio – mas a maioria aceita sim, desde que a assinatura vá como HTML. Nesse caso, o ideal é você pesquisar na própria ferramenta. Tecnicamente, o banner é um código que pode ser inserido em qualquer página.

    1. Oi Adelar! O banner precisa ser colocado em sites fora do Clube de Autores (como, por exemplo, um blog que mantenha). Para a sua página biográfica, o link para os livros já aparecem e, portanto, não há como inclui-lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *