Maravilhosos microcontos

“Ajuda ele emprestava a juros. Amor só dava a prazo. Rancor era à vista. A gratidão só recebeu fiado.”

“Casa de ferreiro, espeto de pau – desculpava-se o carrasco perante sua mulher ao se recusar a esmagar aquela barata na cozinha.”

“Seu funeral teve tantos discursos que o morto conseguiu ser ainda mais enfadonho do que fora em vida.”

Pois é: essas três historietas acima são o que chamamos de microcontos. Como o próprio nome sugere repleto de obviedade, contos minúsculos, feitos de um punhado de caracteres, mas que compreendem pensamentos que voam da ironia ao amor com uma sutileza surpreendente.

Gênero novo? Talvez. Provavelmente. Em uma arte que se popularizou no passado com textos imensos, por vezes com centenas e mais centenas de páginas, a compressão de raciocínios sem dúvidas traz um ingrediente interessante a esse nosso universo de livros. E há um livro aqui no Clube que indicamos entusiasmadamente sobre o gênero (e de onde tirei esses exemplos que abriram o post): Microcontos cruéis, surreais, eróticos e outros, de Carlos Seabra, considerado por muitos como um dos pais do próprio conceito de microcontos.

Quer si divertir um pouco? Dê uma olhada nesse título clicando aqui ou indo diretamente ao link https://www.clubedeautores.com.br/book/216736–Microcontos_crueis_surreais_eroticos_e_outros.

É sempre uma viagem interessante desvendar novas fronteiras da literatura.

Screen Shot 2016-10-24 at 10.42.30

Leia Mais

Um novo primeiro capítulo

Nem todos estamos sempre na mesma página, claro. Depois que fiz o post da última sexta, em que arriscava uma tímida comemoração por estarmos virando uma página turbulenta em nossa história, recebi alguns comentários de escritores dizendo que, para eles, tudo ainda permanecia da mesma forma, na inquietude desanimada de quem está preso no meio de uma história cuja trama cresceu para além do controle da caneta.

Em casos assim eu costumo seguir uma regra própria, muito pessoal: recomeçar. Às vezes, ao menos no meu caso, há realmente situações em que as histórias que estamos desenhando – seja para nossos personagens ou para nós mesmos – simplesmente fogem do controle. Recuperá-las é inútil: histórias, quando revoltam-se em vida própria, desenvolvem uma espécie de anarquia impossível de ser domada.

O que fazer, então? Esquecê-las. Ignorá-las. Deixá-las seguir os seus próprios caminhos rumo à auto-aniquilação.

Se as tramas em que estivermos envolvida se pegarem tensas demais, vale mais à pena virar a página e pensar em uma nova história, do zero.

Vale mais à pena abandonar qualquer expectativa quanto a elas.

Vale orfanizar os nossos próprios personagens.

Vale partir para crer que qualquer fio de expectativa ao qual se estiver preso seja apenas uma miragem, uma alucinação fruto do desespero de um escritor que não suporta a perda da história que estava tão zelosamente desenhando para o seu futuro.

Vale jogar tudo no lixo, criar novos cenários, novos enredos e novos personagens.

E começar um novo primeiro capítulo.

controlled-chaos-for-innovation

 

Leia Mais

Setembro começa com até 25% de desconto nos impressos

Iniciemos o mês da independência com aquela promoção perfeita para aquecer as letras e dinamizar as histórias aqui do Clube: de hoje, 1, até a próxima segunda, 7 de setembro, todos os impressos do Clube estarão com até 25% de desconto! 

Vamos às regras:

1) Todas as obras impressas publicadas no Clube já estão incluídas na promoção;

2) Os descontos variam de acordo com a paginação de cada obra (sendo, portanto, diferente para cada uma);

3) Os descontos não abrangem os direitos autorais. Ou seja: independentemente do montante cortado no preço, os direitos autorais permanecem rigorosamente os mesmos e os autores não serão prejudicados em nenhum aspecto. Caso queiram ampliar as quedas de preço no período mexendo nos direitos autorais, os próprios autores deverão fazê-lo indo a Sua Conta > Livros Publicados, clicando em “gerenciar” e em “editar direito autoral”.

4) O desconto durará até o final da segunda, 07/09.

Que muitas boas histórias sejam lidas!!!

Leia Mais

Comemore o Carnaval com até 25% de desconto!

De hoje, dia 6, até a terça, dia 12, o Clube comemora o Carnaval com até 25% de desconto sobre todos os impressos do nosso catálogo!

Para quem já está acostumado às nossas promoções, as regras são as mesmas ;-)

Para quem não estiver, confiram abaixo:

1) Todas as obras impressas publicadas no Clube já estão incluídas na promoção;

2) Os descontos variam de acordo com a paginação de cada obra (sendo, portanto, diferente para cada uma);

3) Os descontos não abrangem os direitos autorais. Ou seja: independentemente do montante cortado no preço, os direitos autorais permanecem rigorosamente os mesmos e os autores não serão prejudicados em nenhum aspecto. Caso queiram ampliar as quedas de preço no período mexendo nos direitos autorais, os próprios autores deverão fazê-lo indo a Meu Espaço > Livros Publicados, clicando em “gerenciar” e em “editar direito autoral”.

4) O desconto durará até o final da terça.

Bom Carnaval!!!

Leia Mais

Adicione um “banner-atalho” para a página do seu livro

Já faz algum tempo que alguns autores nos cobraram algumas ferramentas simples para que eles pudessem indicar a página dos seus livros diretamente em seus blogs.

A mecânica precisaria ser simples: enquanto o usuário estivesse navegando pelo blog do escritor, ele acessaria um banner direto convidando-o a comprar o livro. A partir daí, é só clicar e pronto.

Daqui, fizemos exatamente isso. Hoje, todos os livros tem acesso a um mini-banner que os seus autores podem inserir nos blogs de forma direta, prática. Para tanto, basta ir a Meu Espaço, clicar em Livros Publicados e selecionar a opção “compartilhar”. As opções aparecerão na página, já com link para o livro, juntamente com as instruções de uso (veja exemplo abaixo).

É uma ferramenta simples, mas útil a todos os tantos escritores blogueiros que temos aqui no Clube!

Leia Mais