Que todos tenhamos o mais literário dos Natais

Ficamos observando, nos últimos meses, toda uma longa lista de editoras e livrarias praticamente implorando para que todos dessem livros de Natal. Ficamos calados.

Vejam: não é que – obviamente – tenhamos nada contra dar livros de Natal. Nós não apenas vivemos de livros como somos, acima de qualquer coisa, leitores absolutamente apaixonados. Eu mesmo li, ao longo desse ano, mais de 30 livros – e tenho por hábito desde que me entendo por gente dar apenas livros de presente.

O que me incomodou nessa campanha encabeçada por editoras em crise foi o seu motivador.

Porque não se deve dar livros de presente para “salvar” editores e livreiros. Editores e livreiros devem se salvar por seus próprios méritos, entendendo seus mercados e as mudanças que se abateram sobre eles e, claro, se modernizando, atualizando-se para um mundo bem diferente do que eles estavam habituados. Só eles podem se salvar.

O motivador para dar livros de presente deve ser outro: o livro em si.

Porque cada livro contém um universo inteiro dentro de si, contém a sua própria fonte da eterna juventude, contém suspiros, desesperos, lições, lágrimas e sorrisos. Contém, para resumir tudo em uma palavra, vida. Há presente melhor que isso?

Dificilmente.

Hoje é véspera de Natal e, acredito, todos já estejam com seus presentes devidamente comprados e esperando apenas o momento certo da entrega.

E espero, sim, que muitos dêem e recebam livros, com todas as suas sabedorias embutidas.

Espero também que esses presentes tenham sido motivados pelo que eles representam, e não pelas lamentações de um mercado tão carente de inovação.

Mas, seja como for, o que espero mesmo é que esses livros inspirem todos nós a abrir cada vez mais as nossas mentes e a escrever muitas, muitas histórias no ano que vem.

Porque, no fundo, é isso que nos faz humanos: a nossa capacidade de ouvir e contar histórias.

Leia as histórias dos outros.

E conte a sua.

Feliz Natal.

 

 

 

 

 

 

 

Leia Mais

E aí? Ganhou livros no Natal?

Tomara que sim.

E tomara que tenha somado toda uma biblioteca de títulos para te inspirar nesse desafiador ano de 2018 que está já às nossas portas.

Afinal, se não pudermos contar com as experiências dos heróis que recheiam a literatura como guias para as nossas tomadas de decisão, como esperar acertar? Apenas pelo instinto e pela sorte?

Daqui, do Clube, esperamos que o Natal de todos tenha sido repleto de novas histórias – e que cada uma delas os inspire e ajude a publicar uma infinidade de novos livros para a posteridade!

tumblr_m6la6qS8XQ1rri4k2o1_1280

Leia Mais

Feliz Natal!!!

Não importa a religião: hoje, nesse dia 24, o ano já está absolutamente desacelerado e pensamentos sobre tudo o que se passou nos últimos 12 meses já pairam pelas mentes de quase todos.

É hora de respirar, repensar, olhar para trás. Ainda não é momento de mirar o futuro: há toda a semana que vem, quando começarmos a olhar para 2015, pronta para isso.

Por hoje, queria apenas desejar a todos os escritores e leitores do Clube um Natal incrível, compatível com o tanto de histórias que foram traçadas esse ano!!!

 

Leia Mais

Promoção de Natal no ar!

De repente, a ficha caiu: o Natal é em menos de 10 dias!!! E há melhor presente do que livros? Óbvio que não!

Hora então da nossa promoção do mês aqui no Clube, com até 25% de desconto em todos os impressos. Vamos às regras:

1) Todas as obras impressas publicadas no Clube já estão incluídas na promoção;

2) Os descontos variam de acordo com a paginação de cada obra (sendo, portanto, diferente para cada uma);

3) Os descontos não abrangem os direitos autorais. Ou seja: independentemente do montante cortado no preço, os direitos autorais permanecem rigorosamente os mesmos e os autores não serão prejudicados em nenhum aspecto. Caso queiram ampliar as quedas de preço no período mexendo nos direitos autorais, os próprios autores deverão fazê-lo indo a Sua Conta > Livros Publicados, clicando em “gerenciar” e em “editar direito autoral”.

4) O desconto durará até o final do domingo, 21/12.

Leia Mais

Que todos tenham um Natal inspirado no Papai Noel!

Considerando que há cerca de 1,7 bilhão de crianças no mundo, você já parou para imaginar quanto tempo Papai Noel passa lendo cartas? Fazendo uma estimativa pessimista, são pelo menos umas 300 milhões de cartinhas endereçadas ao Polo Norte, todas com pedidos, desejos, confissões e tudo mais.

Ou seja: Papai Noel é, antes de mais nada, o maior leitor do planeta! E o nosso pedido neste dia 25 é quase que uma homenagem ao bom velhinho :-)

Desejamos um SUPER Natal a todos os autores do Clube – e que todos os leitores sejam inspirados pelo Papai Noel e busquem sempre mais livros, mais letras, mais histórias. Afinal, um mundo mais literário, por assim dizer, é um tipo de desejo que com certeza alcança e melhora a vida de todos!!!

Leia Mais