Conheça a Revista Move, novo veículo sobre cultura, entretendimento e inovação

Sim, o tema é amplo. Entretenimento, cultura e inovação é um conjunto de palavras que pode incluir todo um universo de interesses.

Mas, ao mesmo tempo, não poderia ser diferente. Esse novo site tem conteúdo diário gerado por diversos blogueiros e jornalistas sobre temas que são, ao menos em minha modesta opinião, inspiradores. Inclui movimentos culturais, pequenas inovações do mercado de comunicação mundial, livros, filmes e toda uma série de conteúdos que tem tudo a ver com apaixonados por histórias e narrativas – como todos nós, escritores daqui do Clube.

Em suas próprias palavras:

A Revista Move é uma plataforma digital voltada às áreas de cultura, inovação e criatividade. Fundada pela MovePro, canal de conteúdo, serviços e marketing digitais, ela tem a missão de mostrar quem são, o que pensam, sonham e realizam os criadores da cultura contemporânea.

Nossos olhos e ouvidos estão voltados para o que é inovador, inventivo e provocador nas mais diversas áreas ligadas ao trabalho criativo, da música à tecnologia, passando pela gastronomia, design, comunicação, cinema, literatura e internet.

Buscamos contar histórias que, além de inspirar, também sejam capazes de divertir e mostrar que a vida deve ser encarada com leveza e bom humor. E que deve ser vivida em rede, numa grande comunidade de gente inquieta, porque é assim que a inteligência coletiva se manifesta.

Em outras palavras, a Revista Move quer movimentar as suas ideias, ou seja, dar um “chega pra lá” na inércia e inspirar atitudes e projetos transformadores, capazes de tornar o mundo um lugar melhor, mais criativo e interessante para viver.

Venha com gente. Colabore com a Revista Move, se expresse, provoque, compartilhe. E crie. Sempre.

Então, para uma sexta-feira de inverno, este post é uma simples recomendação: insira a Move no seu leque de opções de leitura :-)

Como? é só clicar aqui, no link http://revistamove.com.br/ ou na imagem abaixo:

Leia Mais

6 dicas para aumentar a produtividade na hora de escrever

Recebemos, recentemente, algumas dicas de post do blog SafeCopy que podem interessar batante aos escritores. E um dos temas de exemplo é produtividade.

Claro: escrever um livro pode até ser natural para muitos de nós – mas nao dá para dizer que seja algo “fácil”. Envolve pesquisa, necessidade de tempo e toda uma conjuntura de ambientação para que as palavras consigam fluir melhor da mente para o papel.

Dicas de produtividade, portanto, são sempre bem vindas.

Não vou reproduzir o blog inteiro do SafeCopy – isso seria no mínimo uma falta de consideração e ética. Mas coloco o link abaixo para que cliquem e naveguem – algumas dessas dicas podem realmente ser bastante úteis!

Para acessar, clique na imagem abaixo ou vá diretamente ao link http://www.safecopy.com.br/blog/6-dicas-para-aumentar-a-produtividade-na-hora-de-escrever/

Leia Mais

As camadas da nossa própria história

Olhe atentamente a imagem abaixo:

Eu a tirei no mês passado, quando estava em viagem pela região das montanhas Drakensberg, no nordeste da África do Sul. E o que ela tel demais?

Essa imagem mostra uma lateral de escavação de uma região que foi habitada pelos San, homens das cavernas africanos, há milhares de anos.

Quanto mais para baixo da imagem – e, portanto, da rocha escavada – mais antigo é o período de onde os artefatos surgiram. Os instrumentos brancos, por exemplo, são facas feitas de ossos; a pedra com um buraco no meio era usada para fazer fogo; e assim por diante.

Cada um desses artefatos que resistiram ao tempo representam, claro, uma parte da nossa história enquanto seres humanos, um pouco de como vivíamos.

Bom… agora olhe para a camada mais superior da foto, do lado esquerdo. Sabe o que é aquilo, já referente a meados do século XX? Uma tampinha de Coca-Cola!

Muitos podem achar uma lástima um refrigerante “estragar” uma escavação arqueológica milenar – mas isso é por conta, principalmente, da nossa arrogância ao nos colocarmos acima da história. Sim, porque a Coca-Cola, quer queira quer não, é de fato um ícone da nossa história moderna, do cotidiano contemporâneo. E, em uma parede assim, colocada lado a lado de tanta coisa incrível, nos faz pensar em como as gerações futuras interpretarão os frutos gerados pelos nossos pares.

Olhar o passado sempre nos faz imaginar como será o futuro.

E esse exercício de leitura dos rastros das histórias dos nossos antepassados é importantíssimo, principalmente para nós que, afinal, vivemos de contar histórias.

Leia Mais

Onde estão os livros que falam de amor?

Vá até o site do Clube e pesquise a palavra “amor”.

Fiz isso agora, neste instante. 2.799 livros foram encontrados.

Parece muito? Não é, especialmente dado que temos mais de 50 mil no catálogo inteiro. E, como hoje é o dia dos namorados – data intimamente ligado ao próprio conceito de amor – devo confessar que fiquei um pouco triste.

Onde estão todos aqueles poetas românticos, aqueles protagonistas de romances densos de onde tanto caos brota de suas páginas, aqueles escritores de laços sendo feitos e desfeitos? Onde estão aquelas histórias que nos ensinaram os ideais até hoje perseguidos no instante em que cruzamos os olhares com alguém… digamos… interessante? Onde estão os filhos dos tantos poetas que fizeram do Brasil o mais fértil dos terrenos para as letras?

Se você lê este blog, então a possibilidade de ser um escritor (ou pelo menos um amante da literatura) é grande – muito grande. E, por conta disso, aproveito este 12 de junho para fazer um convite: escreva uma pequena história, um conto ou um livro inteiro sobre esse órgão que tanto insiste em fazer o nosso sangue correr pelo corpo: o coração.

É dia dos namorados, afinal. E, mesmo que não tenhamos encontrado o nosso par perfeito ainda, nada nos impede de criar personagens que vivam os ideais de vida que buscamos.

Leia Mais

Livro de Lúcia Sousa ganha destaque no Domingão do Faustão

No mês passado, o livro O Amor é maior que o Medo, de Lúcia Sousa, foi destaque no Domingão do Faustão.

Estamos colocando o clipe abaixo – juntamente com nossos parabéns à autora que, claro, teve sua obra divulgada em rede nacional! Para saber mais sobre ela clique aqui ou no link https://www.clubedeautores.com.br/book/181216–O_amor_e_maior_que_o_medo#.VW82ClxViko

Leia Mais