Sobre preços

Desde que o Clube foi lançado, nos distantes idos de 2009, nós sempre fizemos malabarismos diversos para evitar aumentos de preços mesmo em uma operação majoritariamente feita de impressão totalmente sob demanda. De lá para cá, aliás, chegamos inclusive a derrubar preços de livros por diversas ocasiões – fruto sempre de uma negociação acirrada envolvendo gráficas e aumento no volume de vendas, em uma espécie de estratégia onde usamos números grandes para garantir números menores.

No entanto, a própria situação econômica do Brasil – incluindo desde pressões no dólar (moeda que atinge diretamente o preço do papel) até custos crescentes de infraestrutura tecnológica – impõe um reajuste aos preços do Clube neste final de ano. Fizemos todas as contas possíveis para diminuir o impacto ao máximo e chegamos a um reajuste linear. Em outras palavras: na segunda, todos os livros impressos terão um aumento linear de 9,98% e os e-books, em R$ 2,00.

Como estamos já entrando em um final de semana, sei que este aviso acaba sendo curto demais. Por conta disso, criamos uma nova promoção que entrará em vigor de terá a sexta desta próxima semana, o que deixará os preços mais baixos do que estão hoje por um período.

Sei que não é uma notícia a se comemorar justamente no final de ano – mas não queria que os autores descobrissem por surpresa, motivo pelo qual estou postando isso aqui no blog agora.

E posto juntamente com uma promessa: a de que faremos novas rodadas de negociação para diminuir os valores em um futuro próximo.

Ricardo Almeida.

9 comentários em “Sobre preços

  1. Essa promoção está meio fajuta, muito diferente das anteriores. Meus livros apenas caíram centavos (menos de R$ 1,00) e um deles AUMENTOU: de R$ 37,00 por R$ 37,15.

    Ia divulgar, mas desisti. O que está acontecendo??

  2. Tive um problema semelhante ao Fausto. Ao tentar alterar o preço de meus livros não ocorreu nenhuma modificação. O sistema do Clube está com algum problema?

  3. Acredito eu, pela minha criação cultural que a alta dos preços das obras não interferirá no acesso de nossos leitores, Afinal a cultura, o entretenimento e o conhecimento não tem preço: são energias renováveis, ou melhor dizendo o que se adquire com elas jamais se perde… Se torna parte de nós!

    Autor: J.M.S

  4. Triste coincidência!
    Tentei, nesta semana, várias vezes e por vários caminhos, baixar os preços finais de meu livro “Brazil City”, e não consegui. Seja por não saber trilhar o caminho, seja por não existir tal caminho, o fato é que não consegui!
    Pena.

    1. Oi Fausto! Quando for assim, encaminha uma mensagem pro atendimento e eles ajudam. De toda forma, amanhã te promoção no ar. Isso pelo menos ajudará, nem que temporariamente, no processo como um todo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *