Programação Off-Flip #clubenaflip

A Flip começa, oficialmente, hoje – e um dos grandes atrativos do evento é o Off-Flip, circuito paralelo que reune escritores e profissionais do mercado editorial.

A programação deste ano está repleta de lançamentos, saraus e bate-papos que acontecerão por toda a cidade, em casas de cultura, bares e restaurantes.

Como importante complemento à programação oficial do evento, o Off-Flip serve para dar aquele ar cultural à cidade que, ao longo da primeira semana de agosto, respirará literatura. E, como muitos dos eventos são gratuitos, é um convite que fica já estendido a todos os interessados!

Confira a programação completa do Off-Flip clicando aqui ou acessando diretamente o link http://www.paraty.com.br/flip/off_flip.asp

9 comentários em “Programação Off-Flip #clubenaflip

  1. Pode vir pra cá, Senile. Se tem uma coisa que esse primeiro dia provou foi que a casa inteira – e não apenas a sala – está aberta a todos os escritores que quiserem entrar.

  2. Olá!

    Visitei algumas vezes a FLIP, e é algo mágico e maravalhiso, mas ao mesmo tempo distante demais, principalmente daqueles que almejam serem escritores, mas que não possuem nenhum tipo de ligação com editoras/autores/jornalistas. A gente se sente como um peixe fora da água e como muita sede para beber de tudo aquilo.

    Sei lá ,parece um pouco o convidado que não passa da sala, fica meio sem jeito, equilibrando o cafezinho na mão para não sujar o sofá.

    Então a gente fica daqui, bebericando as bordas da festa, com uma vontade enorme de ser penetra e participar do banquete principal: se embriagar com os escritores renomados, aprender, enfim…. estar

    O negócio é participar por aqui e se informar

  3. Que legal, fico feliz com esses novos ares…. mas justamente esse ano vai ser muito difícil participar. Fico por aqui acompanhando tudo dia a dia.

    Quem sabe no próximo ano não estarei aí para uma tarde de autográfos, rsrsrsr…

    A vocês que estão participando ativamente, boa sorte e nos mantenham atualizados

  4. Excelente descrição que coloca a Off-Flip, na prática, como algo pertencente à FLIP.
    Mesmo que a Off-Flip não conste ainda na divulgação institucional da originária FLIP (confirma-se isso ao não encontrarmos Link para a Off-Flip na página inicial da FLIP)é um evento paralelo que no imaginário popular, literário, midiático emerge como sistemicamente vinculada à FLIP.
    Aliás trata-se de um aspecto da FLIP, enquanto fenômeno cultural, que é muitíssimo bem vindo: o acesso livre, a entrada franca.
    A FLIP é ao mesmo tempo, o projeto institucional que vem desde 2003/2004 e é também algo que surgiu para ficar! E cada vez mais diversificada como uma colcha de fuxico!
    Por isso o subtítulo do livro que lançei no Clube de Autores e que divulgarei lá esse ano é: uma morte misteriosa na 19ª FLIP. Décima nona? Sim.
    Espero que nos conheçamos pessoalmente lá Ricardo.
    Parabéns pelo texto. Eu o citarei no http://robson—santos.blogspot.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *