Lista de finalistas do I Prêmio Clube de Autores de Literatura Contemporânea

Após 1 mês de competição, centenas de obras inscritas e milhares de votos dados, abrimos hoje a segunda fase do Prêmio (que vai até o final de julho).

Os finalistas são:

– Sede de Vingança, de Aurélio Simões
– The Colt’s Secret, de Kel Costa
– Nox et Lumen, de Atanágoras Sena
– Vitral, de Lêda Rezende
– Ousei Desafiar o Destino, de Gustavo Militão
– Escapismo, de Rafaela Rocha Macedo
– O Emprego dos Meus Pesadelos, de Emanoel Achiles
– 80 Maníaca, de Laís Eiras
– Antes Só, de Walmir Monteiro
– Viver e Pescar é só Começar, de Magali Queiroz

Todos as obras da lista acima permanecerão no site com um selo nos seus livros, apontando-os como finalistas do Prêmio, mesmo após o seu término.

A segunda fase já está rolando e os votos, sendo computados. A todos os participantes, desejamos os nossos sinceros parabéns!

E, aos finalistas, os nossos votos de boa sorte para esta etapa final!

Assine a Nossa Newsletter

24 comentários em “Lista de finalistas do I Prêmio Clube de Autores de Literatura Contemporânea

  1. Oi Walmir!

    Daqui estào aparecendo sim. Perceba que há setas mais ou menos na altura da metade da página. É só clicar nelas que as páginas mudam.

    Vamos pedir para a equipe de criação deixar isso mais claro, ok? Mas está tudo lá ;-)

    E parabéns a você!

  2. Ricardo, peço que resolvam o mais breve possível esse problema com a página do meu livro que relatei mais cedo por e-mail. O meu é o único dos 10 finalistas que está sem a medalha e link para votação na página de vendas. Isso pode vir a prejudicar minha qualificação no concurso…

    Att,
    Kel Costa

  3. Como a capa não interfere agora, Gustavo, pode seguir em frente. Só que alteraçòes no miolo não serão exibidas no prêmio, ok? Ou seja: a votação seguirá até o final com o texto que está no ar hoje.

  4. Meus sinceros Parabéns aos 10 finalistas, realmente merecem estar nesta etapa final. São de grandes qualidades externa e interna.

    Só gostaria de saber quantos votos minhas obras tiveram, já mandei e-mail duas vezes ao atendimento@clubedeautores.com.br, mas até agora nada. Ricardo, interceda, por favor!

    Minha opinião é que fosse divulgada a lista, com a colocação de cada uma, já que foi votação popular, poderia ser mais transparente, por se tratar de uma prestação de contas e respeito aos que ficaram de fora.

    Atenciosamente,

    Fábio Mendes Paulino

  5. Fico muito contente de minha obra estar entre as 10 selecionadas. Agradeço ao Clube por essa oportunidade de estar concorrendo. Agora é trabalhar duro o bastante para ganhar o concurso!

    Valeu e parabens a todos os finalistas!

  6. Oi Fábio.

    Não é uma questào de transparência – é uma questào de privacidade mesmo. Tem autores que não querem ter a pontuaçào divulgada. Da nossa parte, estamos passando para todos os que quiserem sem problema algum. E quem quiser divulgar, claro, pode.

    Isso só não partirá de nós aqui por conta do exposto acima.

  7. Se repetirá sim, Julis – certamente! Essa foi a primeira edição. Aprendemos muita coisa com la daqui e já estamos formatando a segunda.

    Mas ainda não acabou – temos a úlima etapa do concurso no ar. Não deixem de votar e ajudar a escolher o(a) vencedor(a)!

  8. Oi Ricardo,
    Fiquei muito feliz de estar entre os finalistas do 1º Prêmio do Clube de Autores com a obra Viver e pescar é só começar. Principalmente porque escrevi esta coletânea para homenagear a minha vó que morreu aos 106 anos com viagem marcada para uma pescaria em sua fazenda na Bahia. Ela foi considerada a pescadora mais velha do Brasil. Quando fez cem anos o Jornal Nacional prestou-lhe uma homenagem. Seu nome era Vó Fiúca. Ricardo, ela era a velhinha mais doce desse mundo! À ela dedico esse resultado. E a todos que votaram em meu livro todo o meu carinho. E ao Clube o meu agradecimento por essa grande oportunidade de promover as nossas obras. Abraços. Magali.

  9. BOA NOITE !
    EM PRIMEIRO LUGAR PARABÉNS A TODOS OS 10 FINALISTAS DO CONCURSO PROMOVIDO PELO CLUBE DE AUTORES,E NÃO SOMENTE PARA ESTES 10,MAS PARA TODOS QUE DESENVOLVERAM SUAS OBRAS NO MESMO …
    COM RELAÇÃO AO RESULTADO FINAL PARA A SEGUNDA ETAPA,GOSTARÍA DE UMA INFORMAÇÃO:
    O RESULTADO PARA A SEGUNDA ETAPA VAI ATÉ O DIA 30 DE JULHO,E A FLIP 2010 TERÁ DURABILIDADE DO DIA 04 DE AGOSTO AO DIA 08 DE AGOSTO DE 2010 !
    EU COMO LEITOR DIGO QUE JÁ ESTAREI NA FLIP 2010 NESTES PERÍODOS QUE SE ESTENDEM E GOSTARÍA DE SABER SE POSSÍVEL FOR,EM QUAL DIA O GANHADOR DESTA SEGUNDA ETAPA ESTARÁ DISPONÍVEL PARA UM BATE PAPO COM QUEM ESTIVER VISITANDO A FLIP ?
    PARA MIM,SERÁ A SEGUNDA VEZ NA FLIP E GOSTARÍA DE PODER CONHECER DE PERTO O FELIZARDO(A) GANHADOR(A) COMO A SUA RESPECTIVA OBRA –
    UM ABRAÇO À TODOS- ROBSON

  10. Parabéns a todos os finalistas e ao Clube do Livro também!
    Apena acho o critério de "votação popular" ruim. Ganham os autores que mobilizam e promovem estratégias para angariar votos e não necessariamente os melhores, ainda que no meio muitos merecedores. Mas é a vitória dos mais bem articulados, uma consagração do marketing em detrimento da qualidade.
    Eu optei por não mobilizar ningúem e claro que obtive um resultado medíocre. Numa quantidade enorme de obras concorrendo, não tem nem como entrar em uma por uma para acurada avaliação. Este seria o papel de uma comissão julrgadora, contratada para tal, o que certamente tornaria o concurso mais legítimo.

  11. O primeiro capítulo do meu livro não aparece, apenas a primeira página, embora haja a informação de 15 PÁGINAS DISPONÍVEIS.
    Estou aguardando que consertem isso para começar a divulgar, porque quero estimular os votantes a lerem o primeiro capítulo da obra ANTES SÓ.
    Obrigado e parabéns pela maravilhosa promoção.
    Walmir Monteiro

  12. Parabéns a todos. Que o concurso se repita e outros mais específicos sejam lançados, como poesia e contos.
    Abraço,
    julis

  13. PreVi, incentivei e aplaudo de pé esse mérito glorioso da primeira edição do Prêmio – 1ª fase encerrada = que orgulho acompanhar tudo isso!

    Todos os autores participantes são vitoriosos!
    Parabéns a todos!

  14. Oi Robson! Na verdade, todos estào convidados para a Flip – a diferença é que o ganhador terá o lançamento patrocinado por lá ;-)

    Teremos uma casa em Paraty e mudaremos a nossa sede para lá durante o evento inteiro. Postaremos mais infos aqui no blog em mais alguns dias – mas não deixe de nos visitar!

  15. Oi, Themístocles.

    Olha… dizer que quem venceu foi quem mais se articulou em detrimento da qualidade é, sendo bem sincero, extremamente injusto com os finalistas. Todas as obras finalistas tem nítida qualidade (o que não significa, claro, que as que não chegaram lá não tenham).

    Os critérios para o prêmio foram amplamente discutidos com a comunidade de autores nas redes sociais antes do concurso ser lançado.

    De toda forma, cabe algumas observações:

    a) No mercado editorial (em todo o mundo), obras que se consagram o fazem por uma mescla de estratégia de marketing do autor e de qualidade do livro. Dificilmente você encontrará autores best-sellers que não sejam mestres em auto-promoção – o que é uma qualidade, diga-se de passagem. Para um conceito de autopublicação como no Clube, isso é ainda mais importante – motivo pelo qual o critério escolhido levou isso em consideração. Ou seja: saber se promover é fundamental para a carreira de escritor hoje – e esse fator tem que ser considerado sim.

    b) Há essa imagem de que uma comissão julgadora seria algo ideal – mas, daqui, discordamos em absoluto. Comissões julgadoras são feitas de pessoas – e pessoas tem gostos próprios que, claro, influenciam em suas decisões. Dificilmente conseguiríamos uma comissão que julgasse, com imparcialidade, 400 obras diferentes. Não tenha dúvidas de que um juiz que não gostasse de obras religiosas, por exemplo, certamente as desqualificaria; de que outro amante de obras filosóficas as prestigiaria; e assim por diante. Isso sem falar que dificilmente um juiz realmente analisaria tantas obras assim. A única solução seria montar uma comissão julgadora imensa, dividida por temas. Mas aí o prêmio inteiro ficaria tão complexo e caro de ser administrado que ele se tornaria inviável para nós.

    Ou seja: por um motivo ou outro, a votação popular ganha. Primeiro, porque também coloca o autor com a missão que ele efetivamente tem hoje: o de mobilizar pessoas e leitores; e, segundo, porque a montagem de uma comissão julgadora dividida por tema inviabilizaria o concurso como um todo.

    Isso nem de longe o torna ilegítimo. Muito pelo contrário: as regras estavam claras antes das inscrições e todos estavam cientes. Ou seja: quem entrou, entrou sabendo como tudo funcionaria. Em nenhum momento alteramos as regras e fizemos um controle rígido das votações, garantindo que os resultados fossem claros.

    Como já dissemos antes, acreditamos que todos os participantes mereçam os parabéns e os incentivamos fortemente a continuar. Carreira de escritor é das mais difíceis do mundo e a única garantia que há é de que dificilmente o sucesso virá se não se persistir sempre.

    Aos finalistas, desejamos sorte na etapa final e reforçamos os nossos parabéns pelos méritos que os levaram até lá, que foram dignos de muita apreciação.

    Todos temos, claro, o direito às nossas opiniões – mas, daqui, vamos nos abster de fazer qualquer outro comentário sobre regulamento. Como dissemos, ele estava claro desde o início e quem participou, o fez ciente disso. Críticas mais contundentes sobre ele, agora que a lista de finalistas saiu, tem como resultado prático apenas desprestigiá-los – o que não queremos sob nenhuma hipótese.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *