Tecnologia e Mercado Editorial na Feira de Ribeirão

No final da tarde de ontem, ministramos uma palestra sobre tecnologia e mercado editorial na X Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto. Ao longo de uma hora, falamos sobre assuntos que iam desde o conceito de autopublicação, a necessidade de se quebrar paradigmas para editoras convencionais e e-books.

Questões sobre novas facilidades para autores, barreiras de mercado e pontos em que a tecnologia tanto ajuda quanto atrapalha acabaram fazendo parte do assunto e, a pedido de alguns participantes do evento, estamos disponibilizando a apresentação aqui no blog. Para visualizar, basta navegar pelas opções abaixo!

E, com isso, nos despedidmos da Feira de Ribeirão já de olho da nossa próxima participação: a Flip, em Paraty!

3 comentários em “Tecnologia e Mercado Editorial na Feira de Ribeirão

  1. Bom dia,

    Gostei muito do material disponibilizado, e tenho certeza que foi uma grande palestra, demonstrando a visão de futuro no mercado editorial. Mas gostaria de fazer uma sugestão.

    Por que o Clube de Autores não disponibiliza serviços editoriais como opção ao autor que publica seu livro no Clube?

    O sistema atual não muda em nada, mas os serviços (revisão de ortográfica, diagramação, etc) poderiam ser cobrados, pois seriam opcionais, realizados por profissionais gabaritados.

    Faço esta sugestão porque o ganhador do prêmio literário aqui no Clube terá sua obra revisada gramaticalmente, então o Clube tem contato com profissionais bons desta área. Coloca então à nossa disposição, com um custo mais acessível que o praticado no mercado, porque aqui a demanda é grande.

    Eu acharia isso muito útil e bom, quem quiser paga por este serviço e o livro sai 100%, quem não quiser, continua no modo tradicional, de muito sucesso, e paga – se quiser – para um profissional de fora fazer a revisão, como muitos já fazem.

    Seria bom que o Clube centralizasse isso, pela confiança que temos nele.

    Abraço,

    Fábio Mendes Paulino
    Um autor, do Clube de Autores.

  2. Já estamos desenvolvendo isso, Fábio. Fechamos já os últimos acordos necessários e agora estamos em fase de implementação, montando um sistema que permita que os orçamentos sejam feitos online, com base na uantidade de laudas de cada obra. Nossa previsão é que isso esteja no ar até o final do mês que vem ;-)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *