Bragança e Oliveira lança romances épicos no Clube de Autores

Recentemente, o autor Bragança e Oliveira tem publicado no Clube obras de um gênero que, cada vez mais, vem ganhando a atenção do público: os romances épicos.

Atualmente, ele conta com 5 títulos: “O Lendário Kris do Lagen“, “Muito Além da Verossimilhança“, “A Análise do Herói, “Sob a Revoada” e “Yago“.

Este último conta a história de um grego, nascido nas proximidades de Atenas e transformado em escravo. Ao longo de sua vida, ele foge para o Egito e inicia uma jornada que passa por Iduméia, Judéia, Itália e, novamente, Grécia; participa de grandes e importantes batalhas; de decisões políticas relevantes; de estratégias de dominação econômicas e religiosas.

E, enquanto toda a trama se desenrola, ele vai mostrando ao leitor um mundo que não mais existe mas que, em sua soma de poderes e crenças, foi a base para toda a nossa sociedade moderna.

Yago é uma espécie de mergulho fictício em tempos muito pouco fictícios; uma maneira mais lúdica de se enxergar a história e de conhecer, mesmo que sob o manto da fantasia, as raízes do que somos e de como pensamos.

E esse é, naturalmente, um dos grandes papéis dos romances épicos: mostrar a história de maneira mais poética do que didática, permitindo uma experiência de maior imersão e – claro – de entretenimento.

Para conhecer melhor Yago, clique aqui ou acesse diretamente o link http://clubedeautores.com.br/book/13506–Yago


7 comentários em “Bragança e Oliveira lança romances épicos no Clube de Autores

  1. Como dissemos, Miguel, o critério é editorial, nosso. Nenhum veículo de comunicação do mundo – seja blog ou revista, site, TV etc. – costuma explicar os motivos de publicar o que publicam justamente por não ser necessário. Publica-se o que o editorial achar necessário e gerador de interesse da comunidade dentro dos limites do possível. E, se a audiência responder negativamente, isso significa que a linha editorial está errada, devendo ser alterada; caso contrário, que está indo no sentido certo.

    O blog é um espaço editorial do Clube, sendo que cabe a nós o direito de decidir sobre a publicação de matérias daqui, com critérios próprios – da mesma forma que qualquer veículo de comunicação existente.

    Em momento algum postamos nada que não seja verdade ou isento – sendo que, como já mencionamos, nem os próprios autores costumam saber que fizemos matérias sobre eles. E, portanto, isso em nada tem ferido a credibilidade do nosso blog. Pelo contrário, como temos monitorado (inclusive pela audiência, que já superou os 400 mil visitantes) – comprova apenas que os assuntos postados (sejam relacionados a novidades ou a livros) tem, de fato, gerado interesse na comunidade.

  2. Muito obrigado, Ricardo, pela matéria! Fiquei muito lisonjeado em ver meu trabalho exposto aqui!

    Um grande abraço,
    Bragança e Oliveira

  3. Concordo com a Fabiana. Não entendo, em absoluto, os critérios utilizados por vocês para divulgarem um ou outro autor(a não ser quando recebem algum prêmio, acho válido, pois divulga o site)em detrimento a centenas de outros.
    Seria bom estabelecer um critério sob o risco de perder a credibilidade.
    Miguel

  4. Acho errado dar destaque para apenas um autor em detrimento de tantos outros…
    Não vejo nenhuma justificativa para que Bragança e Oliveira tenha destaque que não é conferido para outros autores. Nem o fato do citado autor ter 5 obras publicadas pelo clube dos autores justifica tal "alarde", sobretudo porque diversos autores deste clube publicariam aqui diversas obras.
    Ficam algumas perguntas: Esta é uma publicidade paga? Se sim, porque para os outros autores não foi disponibilizada esta opção de propaganda? Se não, porque todos os autores pagam o mesmo valor para publicar obras e só o Bragança tem destaque?
    Apesar de estarmos em um país democrático, com liberdade de expressão, não considero este privilégio concedido ao Bragança algo muito cortês (me refiro aos outros autores, já que Bragança não precisa de defensores, pelo menos não no Clube dos Autores, já que os proprietários o defenderam tão bem).
    Gostaria de que esse comentário não fosse deletado, ao contrário, que fosse explicitado o motivo desta preferência já que, repito, todos os autores pagam exatamente o mesmo valor para publicarem suas obras aqui no Clube dos Autores.

  5. Muito obrigada por responder, Ricardo.
    Quando me referia a "paga pela publicação" me expressei mal. Realmente nenhum autor paga para publicar suas obras no Clube dos Autores. Minha intenção, na verdade, era dizer que a vantagem financeira do Clube dos Autores é a mesma (independentemente do autor).
    Embora eu tenha me expressado mal no primeiro contato, entendo que é extremamente louvável a forma como o Clube dos Autores possibilita que diversas pessoas publiquem suas obras. Sou autora de uma grande Editora (JHMizuno)e também tenho uma obra publicada aqui no Clube dos Autores, inclusive já comprei alguns exemplares e a qualidade de impressão é muito boa.
    Muito obrigada pela atenção.

  6. Olá, Fabiana.

    Veja: o blog é um espaço editorial do Clube. Nada aqui é pago por ninguém – é possível até que o autor nem saiba que fizemos o post sobre ele e a sua obra.

    Como espaço editorial, no entanto, nos damos o direito de publicar os posts que julgarmos interessantes para os nossos usuários, em uma decisão essencialmente nossa e sem nenhuma interferência de ninguém.

    O blog é uma área de comunicação do Clube – e, aqui, falamos e sobre novidades, novas implementações, oportunidades, problemas e livros que podem interessar tanto aos autores quanto ao público em geral.

    Uma última observação: você comenta que todos pagam o mesmo para publicar as suas obras aqui. Bom… a publicação aqui no Clube é gratuita, Fabiana – ninguém paga absolutamente nada para isso. Mas, mesmo que fosse paga, o blog continuaria sendo uma ferramenta editorial que, por natureza, tem seu conteúdo formado por decisões essencialmente editoriais, da mesma forma que hoje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *