As próximas "Flips"

Em menos de uma semana, o cenário cultural brasileiro mudou-se para a pequena cidade de Paraty, encravada no meio da Rio-Santos em meio a uma arquitetura colonial de tempos em que informação era escassa e que, ironicamente, a produção local de livros era completamente banida.

E para lá fomos, acompanhar a Flip de perto e sentir ruas repletas de autores, leitores e, em suma, de um tipo de reunião do ciclo literário completo.

Não vamos aqui falar de Gay Talese, Richard Dawkins, Milton Hatoum, Chico Buarque ou outros autores-celebridades que atraíram a atenção e os comentários da Flip. Estes ficam para os grandes veículos que já fizeram as suas coberturas e para as próprias mesas de debate e discussão que ocorreram.

Para nós, do Clube de Autores, o importante mesmo foi ver os escritores que perambulavam pelas ruas, muitos nos questionando sobre o Clube e o nosso modelo, outros simplesmente querendo falar sobre o que já escreveram – mas que não conseguiam publicar. Assim, contavam as suas obras para nós e para outros que porventura passavam, salpicando as narrativas com tons ora ansiosos, ora empolgados.

Lá conhecemos uma jornalista que escreveu sobre as vidas que mudaram durante o período de construção da Linha 4 do Metrô de São Paulo; conhecemos uma artista com um “livro-táctil”, algo entre a escultura, a pintura e a literatura; falamos com uma pesquisadora que está medindo o impacto do aquecimento global na mata atlântica brasileira; com um historiador que tinha pronta uma obra sobre a vila de Paraty e a colonização do local; e com muitos outros escritores de obras que eram pura originalidade.

Nos dois dias que estivemos presentes na Flip, aliás, falamos com algumas centenas de autores. Em comum, a existência de histórias e estórias, presas em suas mentes e mãos. Muitos deles devem publicar as suas obras aqui no Clube, mostrando ao mundo as suas letras, trabalhando as suas divulgações e conquistando os seus leitores. Como em tudo na vida, alguns certamente terão mais sucesso que outros na consolidação das suas carreiras literárias, quer pelo interesse despertado pelo tema, quer pelo estilo literário, quer por fatores que não controlamos – como a mais pura sorte.

Mas, de uma forma ou de outra, o fato é que daqui do Clube sairão algumas das letras que, no futuro, estarão impressas na programação de alguma edição da Flip ou de outros eventos do gênero.

Aliás, o nosso maior orgulho aqui é justamente ser um celeiro de talentos, de onde se pode detectar as novas correntes e tendências da literatura contemporânea.

Assine a Nossa Newsletter

9 comentários em “As próximas "Flips"

  1. Esse frete é complicado mesmo. Acabei colocar um livro de um grande site de comércio eletrônico aqui no carrinho, onde o frete grátis é apenas para compras acima de R$ 99,00 no momento. Mas o livro custa R$ 13,80 e o frete para o interior de Mato Grosso ficou em R$ 3,50.

    É claro que eles devem ter seus convênios com base no grande volume de postagens, mas que isso representa um empecilho quando o usuário se depara com um frete quase mais caro que o livro, é inegável.

    No mais, as coisas parecem estar se encaminhando muito bem! Parabéns para o Clube.

  2. Se nestes próximos anos eu for para a Flip, falarei do Clube de Autores com todo prazer, pois tenho orgulho de ter meus livros publicados aqui também.

    rsrs até minha biografia na wikipédia diz isso.

    Um abraço em todos!

  3. Georgio e Ely… como já respondemos em outras ocasiões, já estamos trabalhando nisso. Se dependesse de nós, aliás, o frete seria nulo – mesmo porque o Clube vive justamente das vendas dos livros e sabemos, claro, que quanto maior o frete, menores elas são. Só que, infelizmente, não temos o poder de decidir pelos correios. Estamos com os sistemas todos prontos aqui, esperando apenas a luz verde deles sobre uma negociação já realizada para que possamos utilizar as novas tabelas. Mas, até lá, só o que podemos fazer é esperar. Pedimos um pouco mais de paciência: já já isso muda e não tenham dúvidas que vocês serão os primeiros a saber.

  4. Esta camiseta do Clube de Autores na foto não tem pra vender no site não? Achei legal essa camiseta.Bem que voces poderiam vender umas aqui, eu achei legal essa camiseta.

  5. Beleza, e meu livro começou a sair um pouco, se bem que pagou-se 22 reais de frete por dois exemplares, mais tá beleza, o clube tá ficando muito bom mesmo!!!!PArebéns

  6. Pena não ter visto o "Clube de Autores" pelas ruas de Paraty, estive por lá no sabádo mas não o encontrei…se tivesse encontrado, minha Flip teria sido muito mais esplêndida!!!rs…quem sabe na próxima, com o meu livro por lá…rsrs…( sou escritor com livros em estado de composição, retoques que ainda precisamente aplico…daqui a pouco publico meu sonhado primeiro livro por estas páginas)!!! Só tenho a agradecer essa oportunidade do Clube!!!

  7. Parabéns pela participação na Flip. Em breve estarei publicando meu primeiro livro pelo Clube. Aguardo apenas o ISBN, o restante está pronto. Abraços a todos!

  8. Pois é, Rogério… não temos não… Não imaginávamos que os autores fossem querer. Mas já estamos nos programando para fazer mais aqui. Tendo, postamos no blog ;-)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *