Que livrarias revendem os livros do Clube de Autores?

Temos recebido essa pergunta com alguma frequência – o que é natural dado que, hoje, estar presente na maior gama possível de livrarias online é fundamental para garantir mais vendas.

Vamos além, até: hoje, cerca de metade das vendas de livros do Clube acontecem nessas livrarias.

Entenda isso, portanto, como uma das maiores – senão a maior – vantagem que oferecemos a todos os escritores: somente aqui, no Clube de Autores, um livro autopublicado consegue ser distribuído em tantos sites sem que você precise pagar nada a mais por isso.

Isso significa que basta publicar o seu livro e ele irá automaticamente para todas as livrarias?

Não.

Algumas livrarias – como Cultura e Amazon, por exemplo – exigem que o livro tenha ISBN (que você pode saber como tirar clicando aqui).

E, sim, isso significa que seu livro deve ter o registro de ISBN. Até porque, convenhamos… se você já se deu ao trabalho de escrever uma história, por que evitaria cumprir uma burocracia simples e barata e que garantirá exposição dela ao mundo?

Separamos, abaixo uma lista de livrarias e requisitos de distribuição delas – mas temos também uma página que fala exatamente sobre isso e que sempre estará atualizada.

Vale conferir!

 

 

Leia Mais

Já conhece nossos materiais de apoio para escritores?

Nos últimos tempos, montamos uma série de materiais de apoio para escritores com base em nossa experiência. Há de tudo aqui – e, de quando em quando, sempre vale parar para postar aqui no blog uma lista com essas recomendações.

Universidade do Autor

A primeira (e talvez mais importante de todas) é a Universidade do Autor. É um ambiente gratuito onde você encontrará guias que poderão de ajudar a escrever, diagramar, precificar, publicar e divulgar o seu livro. De maneira geral, tentamos sempre deixar esse conteúdo o mais acessível possível e em formato livre para que os escritores possam utilizar como consulta.

O acesso à Universidade do Autor se dá pelo rodapé do site do Clube de Autores mas, claro, você também pode clicar diretamente aqui.

Posts mais completos

Além do material da universidade, sempre publicamos posts hiper completos com checklists e guias e melhores práticas. Alguns deles estão aqui:

Como ter ideias para escrever um livro

Como escrever um livro

Como lançar um livro sem burocracia

Como registrar o ISBN para seus livros

Quais os melhores programas para se escrever um livro

Checklist: meu livro está pronto para ser publicado?

Está na dúvida sobre um ou outro ponto relacionado à publicação do seu livro? Pare um tempinho e leia esses conteúdos. Certamente eles te ajudarão!

Leia Mais

Detectando emoções por meio de uma app

Já imaginou se conseguíssemos detectar as expressões de um leitor enquanto ele lê um livro? Em outras palavras: não seria incrível termos uma crítica instantânea, à prova de mentiras, escrita pelos músculos faciais do leitor durante o ato de leitura?

Se tivéssemos essa tecnologia em mãos, poderíamos facilmente entender quais trechos das nossas narrativas encantam, quais entediam, quais viciam. Conseguiríamos ferramentas práticas para, na falta de uma palavra melhor, viciar o leitor.

Pois bem: ainda não estamos neste ponto na evolução tecnológica. Mas o vídeo abaixo mostra que estamos chegando perto – muito perto. Confira:

 

Leia Mais

Conhecendo a humanidade a partir dos 10 livros mais lidos da história

Já começo pedindo desculpas pela generalização, mas afirmo: é possível conhecer toda uma cultura a partir dos livros mais vendidos. Generalizarei mais: se ignorarmos as óbvias diferenças entre cada país (ou mesmo região) do mundo e desconsiderarmos o tempo, é possível traçar também uma espécie de linha que define a essência do ser humano.

Veja esta lista abaixo, com os 10 livros que mais venderam em toda a história da humanidade:

  1. Dom Quixote (Miguel de Cervantes) – 500 a 600 milhões de cópias
  2. O Conde de Monte Cristo (Alexandre Dumas) – 200 a 250 milhões de cópias
  3. Um Conto de Duas Cidades (Dickens) – 180 a 250 milhões de cópias
  4. O Pequeno Príncipe (Antoine de Saint-Exupery) – 150 a 180 milhões de cópias
  5. O Senhor dos Aneis (J. R. R. Tolkien) – 150 a 170 milhões de cópias
  6. Harry Potter e a Pedra Filosofal (J. K. Rowling) – 110 a 130 milhões de cópias
  7. O Caso dos Dez Negrinhos (Agatha Christie) – 90 a 120 milhões de cópias
  8. O Sonho da Câmara Vermelha (Cao Xueqin) – 80 a 10 milhões de cópias
  9. O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa (C. S. Lewis) – 75 a 90 milhões de cópias
  10. Ela, a Feiticeira (Henry Rider Haggard) – 70 a 80 milhões de cópias

Sabe o que a maioria dos livros tem em comum? Eles atiçam a fantasia de uma maneira quase escapista.

Dom Quixote cria um universo à parte onde ele é o heroi supremo; o Conde de Monte Cristo cria uma outra personalidade em nome da vingança; o Pequeno Príncipe explora outros planetas; Harry Potter entra em uma escola de mágicos escondida do resto da humanidade; e assim por diante.

A palavra mais comum em todos os 10 livros é uma só: escape. Seja da realidade, seja da vida cotidiana, seja da nossa própria imagem sobre nós mesmos.

O que mais encantou leitores ao longo dos séculos foi justamente a possibilidade de mudar de vida – ainda que em um delírio quixotesco ou em uma fantasia infantil de C. S. Lewis.

Repito: é claro que generalizar a personalidade de toda uma espécie desconsiderando as peculiaridades do tempo e espaço pode ser um exagero grosseiro… Mas, ainda assim, não há como ignorar que o que mais se buscou em toda a história da literatura foram relatos de vidas inexistentes, de fantasias tangibilizadas por meio de tramas bem escritas.

Por essa pequena lista de best-sellers absolutos, fica mais do que claro que o que o homem mais deseja é, talvez infelizmente, deixar de ser o que é.

 

Leia Mais

5 motivos para publicar seu livro no Clube de Autores

Qual o melhor caminho para se publicar um livro no Brasil – e por quê?

Se você é autor e está buscando um caminho para publicar seu livro, certamente deve ter se abatido com as notícias divulgadas sobre o mercado editorial brasileiro nos últimos tempos. Estamos falando, afinal, de um mercado que efetivamente encolheu 20% na última década! Isso significa que o sonho de pavimentar uma boa carreira literária deve ser enterrado?

Obviamente que não. Aliás, quer um dado que contrapõe quase que surrealmente o citado acima? Entre 2001 e 2016, o hábito de leitura do brasileiro cresceu os mesmos 20%! Bom… qual a resposta para um mercado que cai na mesma medida em que o seu consumo aumenta? Simples: o surgimento (ou, nesse caso, a explosão) de uma nova dinâmica de mercado – uma dinâmica que nada tem a ver com os velhos e antiquados métodos de se encarar o universo editorial. Quer ter uma boa carreira como escritor?

Então esqueça o “velho” e publique-se em um modelo novo, abrindo mão de velhos e desfuncionais paradigmas e entregando-se de alma a esse mundo de oportunidades que se abre agora para novos autores. O caminho é um só: publique seu livro aqui, no Clube de Autores. Por quê? Veja 5 motivos:

1. O Clube de Autores é de graça!

Quer uma vantagem melhor que essa? Ao invés de pagar milhares de reais para uma editora convencional que não te dará nenhuma mínima garantia de sucesso, você pode trilhar o seu caminho por aqui sem nenhum custo. Para publicar no Clube, basta acessar o site, clicar em Publique seu Livro e seguir as instruções. Em instantes sua obra estará disponível para venda tanto em formato impresso quanto digital – sendo que imprimiremos os exemplares físicos na medida em que as vendas forem acontecendo. Ou seja: vendeu 1 exemplar? Imprimimos e entregamos 1. Vendeu 100? Imprimimos e entregamos 100. E assim por diante.

Mas, claro, há um outro lado envolvido aqui que é importante de se entender. Como não cobramos nada dos autores, também não fazemos revisão, capa, diagramação, registro de ISBN ou coisas do gênero. Aqui, o próprio autor é quem deve cuidar de seu livro – o que inclusive é o que mais funciona no mundo inteiro. Há dois caminhos que você pode trilhar aqui: conseguir “amigos” que te ajudem nesse processo ou contratar serviços profissionais avulsos, de terceiros.

Seja como for, tenha em mente que é assim que o mercado funciona hoje – no mundo inteiro. Esqueça aquela ideia romântica de uma editora que cuidará de toda a sua obra, em todos os detalhes, e não te cobrará nada por isso. A não ser que você já seja um autor best-seller, isso dificilmente acontecerá. Seja prático: encare esse novo momento de mercado, trabalhe você mesmo o seu livro e publique-o aqui.

Quer uma ajudinha a mais? Dê uma olhada nesse post aqui com algumas regrinhas importantes para se escrever um livro ou neste aqui com todas as etapas que um autor deve encarar para publicar o seu livro.

publicar livro gratuitamente

 

2. Publicar aqui significa estar presente nas maiores livrarias do país!

A maior parte das plataformas de autopublicação resume-se a uma loja. Ou seja: se você publicar seu livro na Amazon, para ficar apenas em um exemplo, ele será vendido exclusivamente na Amazon.

Essa talvez seja a maior das vantagens do Clube: nós funcionamos como uma central de distribuição em todos os formatos. Publicar aqui significa estar à venda na Amazon, na Livraria Cultura, na Estante Virtual, no Mercado Livre e em diversas outras lojas e marketplaces. E isso porque estamos falando apenas de impressos.

No caso de ebooks, os livros irão para venda no Kindle, na Apple, no Google Play, no Kobo e em outros canais importantes.

Claro: somos também uma loja online e os livros estarão todos à venda aqui. Mas não nos enganemos: a grande audiência está mesmo nessas grandes livrarias. Iríamos além, até: estar nesse conjunto de livrarias significa que seu livro estará ao alcance da quase totalidade de leitores do Brasil. Quer vantagem maior que essa?

Faça o checklist e descubra se seu livro está pronto para ser publicado.

3. Temos modelos específicos para autores que desejarem adquirir tiragens maiores

Muitos autores acabam montando um modelo próprio de comercialização dos seus livros: eles adquirem tiragens maiores, de 500 ou mais exemplares, e revendem-nos diretamente via redes sociais.

Até o passado recente, nós não éramos uma opção viável para esse perfil de autor: como estávamos focados em impressões sob demanda, simplesmente não conseguíamos trabalhar com uma escala tão grande. Até o passado.

Recentemente, o Clube de Autores lançou um modelo completamente diferente do tradicional e feito para este perfil de autor: a gestão colaborada. Como funciona?

Simples:

  • Conseguimos preços praticamente imbatíveis para tiragens maiores por conta de uma negociação intensa que fizemos com nossas gráficas parceiras
  • Como, seja como for, o valor de 500 ou mais exemplares sempre vai ser mais pesado que o de 10 ou 20 exemplares, conseguimos parcelar esse pagamento em até 12 vezes no cartão
  • O melhor de tudo: conseguimos armazenar parte desse estoque pelo autor, utilizando-o como acervo próprio para distribuição e venda na nossa rede de livrarias.

Em outras palavras: o autor pode comprar uma tiragem maior a preços menores, parcelado e conseguindo também um apoio importantíssimo na distribuição e venda pelas maiores livrarias do Brasil!

Quer saber mais? Acesse essa página aqui com mais informações sobre o nosso modelo de compras em quantidade. E se ainda tiver dúvidas sobre como publicar um livro no Clube de Autores, confira este infográfico.

4. Já estamos vendendo no mundo inteiro! 

Desde o começo de fevereiro de 2019, o Clube de Autores passou a vender os livros impressos em todo o mundo! Como?

Depois de meses e meses e meses de negociações e integrações tecnológicas, conseguimos firmar acordos com algumas das maiores redes de gráficas do planeta. Assim, por exemplo, quando um leitor comprar um livro nos Estados Unidos, ele será impresso nos Estados Unidos e enviado diretamente para o leitor sem que precisemos nos preocupar com complicações alfandegárias ou custos de frete impeditivos.

Como isso acontece? Basta fazer o processo de compra tradicional lá no site do Clube. Em algum ponto, o próprio sistema perguntará o endereço e o comprador inserirá os dados de onde estiver, viabilizando o cálculo automático de frete e de coisas do gênero.

5. Somos transparentes!

Tá: talvez esta seja a maior vantagem de todas.

Porque é extremamente comum ouvirmos de autores que costumavam trabalhar com outras editoras que eles nunca faziam ideia de quantos livros venderam.

O esquema aqui é outro. Vendeu? O livro aparece na sua área de direitos autorais.

Na mesma hora, caso seja uma venda ocorrida no site do Clube de Autores, ou em 60 a 90 dias caso seja uma venda ocorrida em uma livraria parceira. Vale ressaltar que esse prazo de registro de vendas existe apenas porque é somente depois dele que as vendas são reportadas pelos canais para nós mesmos.

Mais: o depósito diretamente na conta do autor pode ser tanto automático (sempre no quinto dia útil após o autor acumular um mínimo de R$ 100 a receber) quanto sob demanda (bastando que o autor nos solicite o depósito do seu valor a receber a qualquer momento e independentemente de qualquer montante acumulado).

Não há, no mundo, nenhuma outra plataforma tão transparente assim. Aliás, isso é o mínimo, certo? Afinal, são suas vendas e nada mais natural que você saber sobre elas o quanto antes!

Confira o Guia completo e saiba como publicar um livro.

Publique seu livro e comece a vender!

É por motivos como esses que o Clube de Autores tem crescido tanto no Brasil. Mesmo com todo o pessimismo do mercado editorial brasileiro, aliás, o Clube fechou o ano de 2018 registrando 30% de crescimento – um valor extremamente expressivo e que reflete exatamente este novo paradigma que está se estabelecendo.

São novos autores, novos best-sellers, novas descobertas que tem acontecido aqui em nossa plataforma – que, hoje, já tem 85% do mercado de autopublicação e é responsável por cerca de 15% de todos os livros publicados no país!

Sabe o que falta aqui? O seu livro!

Navegue em nosso site, conheça mais a nossa proposta e os nossos conteúdos de apoio.

Leia Mais