Conheça a Coleção Culpados Futebol Clube

Enquanto estava buscando livros relacionados à Copa para um post mais adequado, acabei me deparando com uma coleção inteira com uma visão histórica de praticamente todos os mundiais desde 1930 escrita por André Biernath!

A coleção – que pode ser adquirida em ebooks por Copa ou em um compilado inteiro (neste caso, em formato impresso também) – é um bem vindo passeio por intrigas, fatos históricos e contos de derrotas e vitórias que pontuaram a Seleção Brasileira nessas tantas décadas de paixão pelo mais famoso esporte do mundo.

Veja a sinopse da obra completa:

Barbosa, Dunga, Telê Santana, Roberto Carlos… Sempre que o Brasil é eliminado de uma Copa do Mundo, já sabemos o que vem pela frente: está aberta a temporada de caça ao culpado! As explicações para a derrota passam pelas desculpas certeiras até os mais esdrúxulos delírios de torcedor apaixonado. Mas uma coisa é certa: muitos técnicos, jogadores e árbitros ficaram marcados por erros que nem sempre cometeram. O livro resgata a história desses sujeitos que participaram da Copa com a melhor das intenções e, ao final do torneio, tiveram que carregar o ônus da derrota de uma nação inteira. O que aconteceu com as carreiras dessas pessoas? Os atletas conseguiram se recuperar de tantas críticas? Culpados F.C. é uma viagem pela riqueza do futebol brasileiro. Desbrave as agruras da derrota e entenda por que foram elas que nos levaram ao pentacampeonato mundial.

Curtiu? Então acesse clicando aqui, na imagem abaixo ou diretamente no link https://clubedeautores.com.br/book/166904–Culpados_Futebol_Clube#.U57n_41dW5R e compre agora mesmo, optando por uma Copa específica ou por todo o conjunto da obra!

Leia Mais

Conheça os roteiros literários

Que tal se inspirar, em Paris, no mesmo local em que Balzac produzia os seus textos? Ou ver a Floripa pelos olhos de um de seus ilustres visitantes, Saint Exupéry, autor do Pequeno Príncipe?

Já faz tempo que postamos, aqui no blog, uma série de refúgios ou locais sagrados para a literatura por terem inspirado alguns dos mestres do nosso ofício. Recentemente, no entanto, nos deparamos com um site absolutamente incrível: o Roteiros Literários. O que eles fazem?

De maneira direta, criam passeios turísticos por locais que envolvem casa, trabalho, cafés ou outros pontos que, de alguma maneira, fizeram parte do cotidiano dos grandes escritores do mundo. Assim, se você for viajar, pode conferir alguns desses pontos e adicionar um pouco de literatura viva, por assim dizer, à sua experiência.

Fascinante? Então acesse agora mesmo o site no www.roteirosliterarios.com.br ! E boa viagem!

 

Leia Mais

Como escrever bem, por George Orwell

George Orwell é, provavelmente, um dos escritores mais lidos do mundo. Autor de A Revolução dos Bichos e 1984, ambos com uma concepção catastrófica de sociedades “pseudo-comunistas”, ele cativou leitores por todo o planeta.

Boas ideias para livros, no entanto, são apenas parte da fórmula de sucesso de qualquer escritor. Além disso – e de outros ingredientes como, por exemplo, pitadas de sorte e competência em autopromoção – há que se escrever bem. Claro.

E não é que Orwell criou uma espécie de manual para se escrever bem? Veja as suas seis regras abaixo:

  1. Nunca use uma palavra longa quando uma curta resolver
  2. Se for possível cortar uma palavra de um texto, corte
  3. Nunca use a voz passiva quando puder usar a voz ativa
  4. Nunca use metáforas ou comparações que já forem “lugar-comum” (e que, portanto, você já estiver visto inúmeras vezes)
  5. Nunca use um termo em inglês ou em jargão científico quando conseguir substituir por algo mais corriqueiro, simples de ser entendido
  6. Se necessário, quebre qualquer uma dessas regras para evitar dizer algo que soe tosco

Tudo bem que não há um livro de receitas para se escrever livros – mas não custa nada beber um pouco da sabedoria dos que já trilharam, com sucesso, o caminho que estamos buscando. Não é verdade?

 

Leia Mais