Que tal mergulhar na história da literatura brasileira?

OK, hoje é sexta – véspera de final de semana, dias em que normalmente a mente pode voar livre para pensar e criar.

Mas se tem uma coisa que acreditamos fortemente aqui no Clube, é que um dos melhores instrumentos para se conseguir escrever de forma consistente é justamente aumentando o referencial. Navegando pela Web, nos deparamos com um vídeo do programa Espaço Aberto Literatura, em que o foco é um livro contando toda a história da literatura brasileira.

O livro – com mais de mil páginas – dificilmente será lido em um único dia, mas vale muito a pena conferir a entrevista e correr para uma livraria logo em seguida! Veja abaixo:

 

 

Leia Mais

Autor Marcelo Vinícius é destaque na imprensa baiana

No final do mês passado, Marcelo Vinícius, autor do livro O Escritor, foi entrevistado pelo portal Mais Bahia – um dos mais relevantes do estado.

O motivo foi a publicação foi justamente a sua obra que, com maestria, mescla realidade e ficção e permite uma jornada densa pela mente de um escritor. Confira na sinopse do livro, que pode ser visto clicando aqui ou no link https://clubedeautores.com.br/book/131182–O_Escritor:

Realidade e fantasia estão todas juntas, sem que ninguém saiba onde começa uma e termina outra. “O escritor” exibe o interior de um rapaz chamado Michael, que, aparentemente, não anda bem das idéias, sem conseguir dividir bem os mundos da fantasia e da realidade. Assim, vemos as pessoas da vida real misturando-se com os personagens sobre quem Michael supostamente escreve.

A coisa complica quando ele conversa com um estranho em seu quarto, uma pessoa que ele só consegue ouvir a voz, e que depois imagina ser um escritor famoso chamado David Ebony, que parecia já ter cometido suicídio. Dessa forma, Michael entra quase em surtos de loucuras e começa a pensar que é um personagem, ao invés de um escritor, dificultando o discernimento sobre se o que acontecia com ele era real ou não.

A história percorre também por questões como o perigo da aniquilação e da morte, da tortura e da solidão, do amor ora correspondido e ora platônico, da arte e de uma atitude geral diante da vida, em busca de uma existência mais profunda. Os personagens dessa obra são homens de situações extremas, chegou aos limites últimos de sua existência ou estão diante deles.

Os personagens sofrem de conflitos existenciais, como o homem de hoje. Questionam seriamente a existência e outros assuntos. Por isso, a temática da solidão como fuga, a paranóia, os delírios, as angústias, o amor e a introspecção estão muito ligados a esta história.

Quer conferir a entrevista? Então clique aqui, na imagem abaixo ou no link http://www.maisbahia.com.br/EntrevistaVIP.aspx?id=1371

Leia Mais

Edvaldo Pereira Lima é entrevistado pelo blog Canto dos Livros

Se tem uma coisa que o mercado editorial não pode se queixar, é da quantidade incrível de blogs de alta qualidade falando sobre as letras que tanto encantam leitores. O Canto dos Livros é um desses blogs, mantido por uma equipe de primeira que inclui Rodrigo Casarin, Igor Penteado, Alberto Nannini, João Dutra e Fred Linardi.

Recentemente, nos deparamos com uma entrevista feita por eles com um dos grandes expoentes atuais do nosso idioma, professor e autor do Clube, Edvaldo Pereira Lima. Como já falamos bastante sobre Edvaldo aqui no blog, acreditamos que introduções não se fazem mais necessárias. Fica, então, a nossa recomendação para que leiam a sua entrevista (ideal principalmente para amantes do jornalismo, um dos principais temas abordados nela).

Para ler, basta clicar aqui, na imagem abaixou ou ir diretamente ao link http://cantodoslivros.wordpress.com/2012/01/31/a-complexidade-do-real-uma-entrevista-com-edvaldo-pereira-lima/

Leia Mais