O livro é caro? É por isso que o brasileiro lê pouco?

Desde crianças nos habituamos a ouvir de todos – pais, professores e amigos – que o principal problema do livro é seu preço. “Livro é caro”, repetimos incessantemente por gerações. 

Mas ele é mesmo? 

Não se vai ao cinema hoje por menos de R$ 40 (se somarmos ingresso à sempre presente pipoca). Ainda assim, o brasileiro vai, em média, quase 8 vezes por ano ao cinema. 

O preço médio de um livro é menor que R$ 35 – mas, em média o brasileiro tenta lê 4 livros e consegue chegar ao fim de 2,1 deles em um ano inteiro. Assutador. 

E porque comparar livro com filme? Porque ambos são modelos de se contar histórias, sendo que o livro é um tipo de meio que pode ser “aproveitado” por mais tempo, costuma trazer conhecimento de maneira bem mais densa e trabalhar a imaginação de qualquer pessoa como nenhuma outra narrativa. 

O problema, então, é o preço? Se isso fosse verdade, iríamos ao cinema uma vez na vida e outra na morte. Não é o caso. 

Dizem que quando se repete uma frase o suficiente ela vira uma verdade quase incontestável. Dizer que o brasileiro lê pouco porque o livro é caro é um caso típico disso: estamos tão habituados a considerar esse fator como absolutamente preponderante que sequer nos damos ao luxo de questioná-lo. 

O livro poderia custar menos? Sim, sem dúvidas – da mesma forma que o ingresso do teatro, o preço de um jantar ou um celular novo. Tudo poderia custar menos pelo simples fato de que ninguém gosta de pagar muito por nada. 

Mas daí a acreditar que o brasileiro lê pouco porque o livro é caro é um tipo de conclusão não apenas precipitada, mas totalmente sem base em parâmetros empíricos e capaz de afundar toda uma indústria criativa que, como qualquer outra, precisa de investimentos para poder crescer com qualidade.

  

Leia Mais

Se estiver no Rio, nao perca o InterLivro

São poucos os eventos especificamente voltados para profissionais do livro – seja editores ou diagramadores, capistas etc. Aliás, pouca atenção é dedicada a esses profissionais fundamentais para toda a cadeia literária: sem eles, o potencial de uma boa história acaba sendo absolutamente subexplorado para a tristeza dos leitores e, claro, dos autores. 

Pois bem: uma iniciativa recente quer começar a mudar um pouco esse panorama, integrando profissionais em torno das tantas mudanças que o mercado editorial vem passando e buscando apontar rumos mais uniformes e claros: o Interlivro. 

O evento é gratuito e terá duração de um dia – amanhã, 3 de setembro – lá no Riocentro. E quem falará nele? Alguns dos nomes mais influentes do nosso mercado, como Emma House (Publishers.org.uk, Reino Unido), Jo Lendle (Hanser.de, Alemanha), Elisa Braga (Cia das Letras, Brasil) e mjuitos outros. 

Eu diria até que é um evento que vale a pena não só para os mais de mil profissionais que estão aqui no www.profissionaisdolivro.com.br, mas também para todos os autores e curiosos com os rumos da nossa literatura. 

Enfim: eis a dica para amanhã. Mais informações, inclusive grade, endereços e formulário de inscrição (gratuita) podem ser vistas no http://www.interlivro.com.br

  

Leia Mais

Você conhece o portal Amigos do Livro?

No ar desde outubro de 2001 – ou seja, nos primórdios da Internet – o portal Amigos do Livro se dedica a falar de e sobre a produção editorial brasileira.

Para amantes da literatura, ele permite que se navegue por uma grande quantidade de títulos, vídeos, notícias, aspectos legais etc. Ou seja: com uma quantidade tão grande e aprofundada de conteúdo, é natural que o portal se torne referência para autores que desejam se informar mais sobre o mercado do qual participam.

Cabe destacar também que todos podem, gratuitamente, divulgar os seus livros por lá. Para tanto, basta acessar o link http://www.amigosdolivro.com.br/formulario.php?id=712 e seguir as orientações.

O portal aceita ainda releases e notícias que podem ser enviadas por autores independentes sobre as suas obras ou eventos que participam. Como espaço na mídia é fundamental para quem está começando a sua carreira literária, o portal acaba sendo uma excelente oportunidade para ampliar tanto conhecimento quanto divulgação – ferramentas essenciais para o sucesso.

Para acessar o Amigos do Livro, clique aqui, na imagem abaixo ou vá diretamente ao link http://www.amigosdolivro.com.br/

 

Leia Mais

Que tal escrever um livro ao vivo?

Dentre os tantos métodos de divulgação de livros que autores de todo o país tem utilizado, um nos chamou a atenção recentemente.

Sob o pseudônimo DarkWriterbr, um usuário criou uma comunidade no Orkut e está lançando o seu livro em pílulas – ou melhor, capítulos – publicados assim que chegam ao final. Ou seja: ao acessar a comunidade, o usuário pode baixar os capítulos e interagir com a história de uma maneira bastante intensa.

O público parece se identificar: aberta maço de 2010, a comunidade já conta com quase 6 mil membros que acompanham cada etapa do livro. Em seus fóruns de discussão, o autor participa de chats, tira dúvidas e responde a comentários, utilizando com criatividade os recursos de uma das mais antigas e tradicionais redes sociais brasileiras, o Orkut.

É possível que a obra seja inteiramente disponibilizada na rede, até o seu último capítulo; que parte dela seja exclusiva para quem adquirir um eventual formato pago; que os últimos capítulos não sejam publicados na Web; ou até mesmo que o livro não chegue ao fim. Verdade seja dita, o mais encantador sobre essa estratégia, inteiramente baseada na troca, é que o seu futuro é tão incerto quanto capítulos que ainda não estão escritos.

Esse tipo de troca, tão característica às redes sociais, conseguiu para o DarkWriterbr uma façanha digna de nota: arrematar fãs da sua obra antes mesmo desta estar concluída. Uma bela estratégia de marketing que, ao construir e consolidar uma audiência a partir do anonimato pleno, serve como referência para todo o mercado editorial brasileiro.

Para acessar a comunidade, clique aqui, nas imagens abaixo ou acesse o link http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=99378352

Leia Mais

Que livro você quer ler agora?

Hoje, achar livros que abordem assuntos que gostemos não é nada muito difícil. Em grande parte por conta da Internet e das possibilidades abertas pela popularização da tecnologia, nunca antes se produziu tanta cultura.

Para o leitor (e autor, que também precisa de boas referências para formar o seu repertório), é como dizer que estamos em uma espécie de paraíso literário onde a nossa maior dificuldade é escolher dentre as tantas ofertas as que mais agradam os nossos paladares culturais.

E a própria Web se encarregou de disponibilizar uma ferramenta que pode ajudar os usuários a nadar pelos vastos mares de letras. O site Sinopse do Livro é inteiramente voltado para usuários que querem se aprofundar em um determinado tema, mas ainda não tem em mente um título ou autor. Ou seja: é aquele leitor que, por exemplo, ama livrs de história – mas ainda não se decidiu por qual.

O Sinopse do Livro inverte o processo de oferta e abre com um questionário, sondando o autor e os seus gostos (variando de temas a tamanho das obras que prefere ler). Apenas após dadas as respostas é que as opções de leitura são apresentadas – tudo a poucos cliques de distância.

E você? Que livro quer ler agora?

Acesse o Sinopse do Livro clicando aqui, na imagem abaixo ou diretamente pelo link http://www.sinopsedolivro.net e descubra agora mesmo!

Leia Mais