Confira a lista de julho/ 19 dos 10 livros que mais se destacaram no Clube de Autores

Sempre falamos aqui que seleções de livros – de best-sellers históricos ou de independentes recém-lançados – sempre devem ser analisadas com carinho.

O motivo? São justamente elas que expressam os sentimentos dos leitores – os mesmos sentimentos que, de alguma forma, todo autor busca se conectar para que o seu livro desponte no mercado.

Faz já algum tempo que nós, aqui no Clube de Autores, publicamos listas com os 10 livros que mais estão despontando. Em nosso caso, por conhecermos mais o universo de independentes – somos, afinal, a maior plataforma de autopublicação do Brasil e a única com distribuição pelas maiores livrarias do país – consideramos fatores que vão além das vendas em si (como diversos aspectos técnicos da obra, capa, qualidade da sinopse etc.).

Se você é autor independente, então recomendamos que veja a lista do mês de julho, especialmente recheado de livros de história (do tipo que dificilmente se encontra em editoras tradicionais). Quer mais detalhes?

Clique aqui ou na imagem abaixo!

Leia Mais

Os 10 melhores livros de todos os tempos (de acordo com 125 autores)

Listas assim sempre são controversas – principalmente quando são feitas por estrangeiros que, em sua maior parte, não tem contato com alguns dos maiores escritores brasileiros. Pelo menos para mim, Machado de Assis é um nome obrigatório em absolutamente qualquer relação de gênios literários.

Mas tudo bem: mesmo nos desconsiderando, listas do gênero são sempre interessantes, nem que pelo mero aspecto da curiosidade. Esta, que coloco abaixo, foi costurada por um grupo de 125 escritores americanos e europeus. Vale conferir:

  1. Anna Karenina, de Leo Tostoy
  2. Madame Bovary, de Gustave Flaubert
  3. Guerra e Paz, de Leo Tostoy
  4. Lolita, de Vladimir Nabokov
  5. As Aventuras de Huckleberry Finn, de Mark Twain
  6. Hamlet, de William Shakespeare
  7. O Grande Gatsby, de F. Scott Fitzgerald
  8. Em Busca do Tempo Perdido, de Marcel Proust
  9. As Histórias, de Anton Tchekhov
  10. Middlemarch, de George Eliot

(Ao menos na minha opinião, fora nunca ter lido Lolita, Middlemarch e Em Busca do Tempo Perdido, devo dizer que a lista é bem consistente….)

Ricardo Almeida.

Leia Mais