Cores aparecem negativadas nas capas?

De vez em quando, notamos que alguma capa de livro publicada aqui no Clube aparece com efeito negativado (em cores invertidas). Ao verem seus livros no ar assim, a primeira reação dos autores é de medo: que tipo de impacto ela causará no público? Como será a impressão? E, principalmente, onde está o erro que gerou essa estranheza na tela?

A boa notícia é que evitar isso é bem simples.

Em linhas gerais, há três principalmente três grandes tipos de padrão de cores utilizados em design gráfico: RGB, CMYK e Pantone.

Não vamos nos ater ao Pantone por ser muito pouco usado aqui no Clube: vamos aos dois outros formatos.

RGB é uma sigla para Red (vermelho), Green (verde) e Blue (azul). É um padrão de cores aditivas, obtidas pela decomposição (natural ou artificial) de focos de luz. Elas são utilizadas prioritariamente em monitores porque, basicamente, emitem luz.

O CMYK – Cyan (ciano), Magenta (magenta), Yellow (amarelo) e Black (preto) – é o oposto. As cores são subtrativas, o que significa que o parte das cores que visualizamos vem da luz que não é refletida. É ideal, portanto, para mídias impressas, que não tem focos de luz diretos como monitores.

Aí entra uma dúvida: o que é ideal no caso do Clube? Afinal, as capas são vistas em um monitor – mas impressas em papel!

A resposta é simples: RGB.

Ao utilizar esse padrão de cores para as capas, você garante que elas fiquem perfeitas para visualização dos usuários. Do lado de cá, um tratamento automático é dado sempre que ela vai para impressão, garantindo também que tudo saia perfeitamente bem no papel.

Talvez isso tudo seja grego para a maior parte dos autores – o que não chega a ser um problema uma vez que a maior parte dos software já tem RGB como padrão. Mas, se for contratar serviços de um capista, não esqueça de observar que a arte precisa ser feita sempre em padrão RGB e nunca em CMYK!

rgb-color-circle-l-f52243541b1528c3

Leia Mais

Novo sistema de personalização de contracapa e orelhas no ar!

Uma das demandas mais recorrentes por parte dos nossos autores sempre foi um sistema mais robusto de personalização de contracapa e orelhas. Uns pediam apenas uma maneira de justificar os textos inseridos lá; outros, a possibilidade de acrescentar uma foto; e outros, formas de configurar absolutamente tudo, nos mínimos detalhes.

O nosso desafio aqui era montar um sistema que permitisse uma liberdade maior mas que, ao mesmo tempo, se integrasse perfeitamente aos nossos processos gráficos, viabilizando uma produção de qualidade, ágil e sem gerar nenhum tipo
de problema técnico. Isso sem falar, claro, na necessidade dele se adaptar a todos os diferentes tipos de autores, com níveis de fluência em Web variados.

Em teste desde o final da semana passada, este novo sistema agora está no ar e permite que o autor escolha modelos de layout diferentes para orelhas e contracapa (com ou sem foto, utilizando posicionamentos diferentes para conteúdo etc.). Além disso, claro, todas as imagens podem ser 100% personalizadas, gerando um livro perfeitamente adequado ao que o autor desejar. 

Todos os autores que publicarem os seus livros agora já encontrarão, no ar, esse novo modelo.

E, se você já tem o seu livro publicado e quiser alterar a contracapa e/ ou orelhas, basta ir a Meu Espaço > Livros Publicados, clicar em “gerenciar” e em “editar capa”. O processo é simples, prático e faz com que os livros dêem um salto de qualidade impressionante!

Estamos programando outras novidades poderosas aqui com o intuito de dar ao autor mais liberdade e mais ferramentas de trabalho para a construção ou consolidação de sua carreira – mas isso fica para os próximos posts!

Leia Mais