A cultura da vingança

Antes que me acusem, esse post não tem nenhuma relação com o da quarta passada, sobre o Charlie Hebdo :-)

Na verdade, me deparei com esses quatro vídeos enquanto navegava livremente na Web em busca de pura inspiração. E eles foram bem úteis: de Shakespeare a Gabriel García Marquez, afinal, há toda uma linha de enredos inteiramente baseada na vingança. Mas, apesar desse ponto em comum, há múltiplas formas de se encarar cada história, de construir os personagens e de prender o leitor em si.

Recomendo fortemente esses vídeos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *