Dalí, Lewis Carroll e o protagonismo dos contadores de história

Dia desses eu estava navegando pela Internet em busca de inspiração. Fucei alguns livros, fui até o parque respirar um ar mais fresco, vi filmes daqueles angustiantes e, sem que nada tivesse surtido o efeito desejado, recorri à Web.

Ao Twitter, mais especificamente.

Acabei me deparando com um post feito no Brain Pickings, um site que sempre traz conteúdos “diferentes”.

E, nele, a matéria tratava de uma edição de Alice no País das Maravilhas ilustrado por ninguém menos que Salvador Dalí.

Sabe o que mais surpreendeu? A capacidade que uma diferente técnica de se contar histórias – ilustrações, ao invés de letras – tem de somar sentido. Ou melhor: a importância protagonista que o contador da história tem sobre ela.

Histórias, afinal, são coleções de experiências narrativas organizadas por pessoas. Elas dependem muito mais do narrador do que do próprio tema central, seja ele qual for. E contar com dois mestres – Lewis Carrol e Dalí – narrando o mesmo tema simplesmente o coloca em um patamar novo.

Diferenciado.

Surpreendente.

E, claro, inspirador.

Recomendo o post a quem quiser: basta clicar aqui ou na imagem abaixo (uma das ilustrações do livro):

Leia Mais

Está chegando a hora de revisitar o Pensática

Verdade seja dita, temos ficado relativamente calados sobre o Pensática nos últimos tempos. Seu processo de desenvolvimento está sendo semelhante ao do Clube, há 5 anos: colocamos no ar uma versão beta, ouvimos comentários, críticas e sugestões, voltamos à prancheta, redesenhamos, redesenvolvemos e fomos ajustando ponto a ponto.

Muitos dos pontos, aliás, ainda estão sendo ajustados. Mas daqui a pouco estará na hora de colocá-lo em pauta novamente.

Hoje, o Pensática já tem algumas vantagens importantíssimas para a comunidade:

1) Você não precisa transportar arquivos de ebooks comprados no Clube (ou escritos por você). Basta acessar o www.pensatica.com , entrar com sua conta do Clube e pronto: seus livros já estarão carregados lá para leitura online onde quiser, quando quiser e a partir da ferramenta que preferir (computador, celular ou tablet de qualquer fabricante).

2) Você pode, claro, inserir referências que vão deixar os seus e outros livros mais ricos.

3) As compras podem ser feitas em um clique. Simples assim, facilitando a vida de todos.

4) Não há mais restrição por país: diferentemente do Clube (por enquanto), ebooks podem ser comprados no Pensática usando o PayPal, o que abre portas em todo o mundo para os autores.

Ainda há, claro, um caminho importante a percorrermos – e estamos percorrendo. Mas, acessando o site hoje, caiu a ficha de que temos um baita leitor online interessante e que já pode ser utilizado por todos!

Leia Mais

Universidade do Autor: Começando a formar uma audiência

Ultimamente, temos recebido uma série de emails e posts de autores pedindo dicas sobre como divulgar os seus livros. Já subimos, faz algum tempo, uma série de aulas narradas sobre o assunto na Universidade do Autor – e vamos relembrá-las aqui no blog nos próximos dias.

A primeira (e possivelmente mais importante) das aulas é o começo da formação de uma audiência. Clique na imagem abaixo ou no link https://www.clubedeautores.com.br/presentation/universidade-clube-de-autores/como-divulgar-o-seu-livro-1/player.html para entender melhor:

Leia Mais

Nos passos de Hemingway

Há um tipo de turismo que tem se destacado nos últimos tempos: o literário. Afinal, já que viajar por si só carrega uma possibilidade de mergulhar em culturas distintas, unir passeios a uma imersão pela realidade dos nossos ídolos literários chega a ser natural.

Nos últimos dias, o site Livros e Pessoas publicou uma lista de locais em que o mestre Hemingway viveu, escreveu e, claro, bebeu. Dá para extrair 5 tours a partir do texto, motivo pelo qual o recomendamos fortemente aqui.

Para acessar (e viajar), clique aqui ou na imagem abaixo!

Leia Mais