Aprenda com os livros independentes mais recomendados pelo público

O que a preferência do público pode contribuir com o seu livro?

Desde que implementamos no sistema a recomendação de livros, há alguns anos, todos aqui ficamos curiosos para saber quais obras se destacariam no site. Na prática, as recomendações são feitas com base em parâmetros totalmente técnicos, incluindo a obtenção de selos que, por sua vez, apontam as obras que estão sendo melhor recebidas por parte da comunidade de leitores em diversos aspectos.

Hoje, paramos um pouco e filtramos a primeira página da livraria para que exibisse as obras ordenando pelas mais recomendadas (clique aqui para ver).

Quais as características comuns dos livros mais recomendados?

É claro que, quase sempre, generalizações costumam ser perigosas. O motivo? Padrões não são regras. Ou seja: a partir desses quase dez anos de observação de desempenho de livros independentes, formulamos algumas conclusões extremamente claras sobre o que funciona e o que não funciona – mas isso não significa nem que basta seguir essas conclusões para ter sucesso e nem tampouco que não as seguirem estará fadado ao fracasso. 

Em outras palavras: estamos falando aqui de melhores práticas comprovadas pelas estatísticas, de trabalhos feitos por uma massa de milhares de autores que demonstraram sucesso perante seus públicos (e que, portanto, no mínimo servem de referência para todos)

E quais são as melhores práticas que observamos a partir das recomendações do público? Vamos a elas:

Todas tem capas totalmente personalizadas, chamativas, vendedoras.

Sabe a máxima de que livros vendem pela capa? Ela é real. Assim, de pouco adianta passar meses ou anos trabalhando em um livro se você usar uma capa padronizada, esquisita, que diga pouco sobre sua obra. Este é um ponto que, sim, você PRECISA investir. 

Acesse este post aqui para ver como fazer a capa perfeita para o seu livro.

A grande maioria tem diversos comentários de leitores, seja no site ou nas redes sociais.

É o caso de Trilhando Sonhos, de Thiago Fantinatti, e de Alta Sensibilidade Emocional, de Helena Polak

A maioria dos autores que tem as suas obras como mais recomendadas também possuem páginas biográficas repletas de notícias, deixando claro que tem reconhecimento do mercado – um importante fator de decisão.

É o caso de “Logística Reversa“, que, tem 9 notícias publicadas e 5 sites sobre a autora.

Todos deixam habilitada a opção de contato com o leitor, mostrando abertos e acessíveis.

Em nossos tempos, abrir contato entre autor e leitor é essencial para se criar relacionamento e se fomentar o bem mais precioso que pode existir: a conexão.

A imensa maioria tem ISBN.

Já falamos tanto sobre isso aqui (veja este post, por exemplo) que corremos o risco até de ficarmos repetitivos. Por que ISBN importa? Porque sem esse registro você simplesmente não consegue aproveitar uma das (senão “a”) maio vantagem do Clube de Autores: ter o seu livro distribuído pelas principais livrarias do Brasil

Tecnicamente, para o autores, isso significa uma coisa óbvia: presença. 

A propósito, você pode clicar aqui se quiser saber como registrar o seu ISBN.

E há mais a se considerar, claro: basta que você pesquise

Há ainda diversos elementos importantes a se destacar, mas o fato é que parece indiscutível o empenho dos autores tanto no acabamento quanto na divulgação de suas obras. E há aqui uma diferença importante entre as mais vendidas e as mais recomendadas: enquanto o ranking de vendas expressa um histórico das obras que estão no ar, o de recomendações apresenta o que constatamos ser tendências. Ou seja: é possível que algumas das mais vendidas tenham já extinguido os seus ciclos – mas as mais recomendadas estão ainda sendo comentadas rede afora, crescendo juntamente com os seus públicos.

Que fique como dica nossa para os autores do Clube: vejam os selos de reconhecimento e busquem formas de obtê-lo, pois eles são um atalho prático para que cada obra possa ter mais visibilidade, integrando essa lista das mais promissoras do site.

 

Leia Mais

‘Inocência’, de Júlio B., vence o VI Prêmio Clube de Autores de Literatura Contemporânea

Foi recorde absoluto de participação: 1.139 livros inscritos e dezenas de milhares de votos. Não é por menos: o Clube de Autores é, hoje, a casa de mais de 80% de todos os livros autopublicados no Brasil – um número do qual muito nos orgulhamos, diga-se de passagem.

Mas, mesmo assim, ficamos absolutamente surpresos tanto com a quantidade de inscritos quanto de votos. Teve livro, por exemplo, que somou mais de 6 mil pontos – número impressionante dado que cada voto equivalia a uma pontuação de 1 a 10.

E o que fizemos? Com base nisso, juntamos os mais votados e os levamos para o juri, que passou os últimos dias lendo livro a livro.

E temos o grande prazer de anunciar que o vencedor foi o livro INOCÊNCIA, de Júlio B.!

Em nome do Clube de Autores, queremos parabenizar a todos os participantes do Prêmio, colocando abaixo a relação dos 50 melhor votados (por ordem de quantidade de pontos obtidos).

Colocação por voto popular Título do Livro
1 Bug Chaser
2 Inocência
3 Estefânia e a viagem ao Reino do Rancho Fundo
4 Ian Barden e os Guardiões do Universo
5 Minhas Mulheres
6 Viver é muito perigoso e outras crônicas
7 Flag Race
8 A Casa Mundo e outros contos
9 As Mil e Uma faces dos Geminianos
10 2037 SOCIEDADE DO CAOS
11 O POMBO EO MENDIGO
12 ANJO DA CARA SUJA
13 Gatilho Verbal
14 O MENINO QUE FALAVA COM KRISHNA
15 Não Rima é Poesia
16 O Outro Lado Da Estrada
17 O outro lado do poeta
18 Levanta-te e me acompanha!
19 Domínia
20 Além das Estrelas
21 PERTO DO FIM
22 Outras Perspectivas
23 IMIGRAÇÃO JAPONESA NO MARANHÃO
24 O RELICÁRIO
25 Herói do Sertão
26 Essencialmente Clara!
27 O MENINO E O LIVRO
28 A Passagem
29 Complexo de Golgi
30 A Bruxa Lixonilda e a Fada Recicleide
31 Roubados
32 O Julgamento do Diabo
33 Eu serei a sua morte
34 As Sombras do Preconceito
35 O CULPADO?
36 Hóspedes do Medo
37 Olhares
38 Poesias Seleccionadas
39 Teens 1.0
40 Aventuras em Duas Rodas
41 O farol de sonhos
42 Amor Perfeito e Outros Poemas
43 Aurora
44 Meteoritos
45 Os arcanos
46 Absurdidades
47 Coisa de Naval III
48 Câncer em Içá
49 O SEGREDO DE NINA
50 Ela é o Meu Pecado – Proteja-me

 

 

Leia Mais

Começa hoje a 6a edição do Prêmio Clube de Autores!!!

Em sua sexta edição, o Prêmio Clube de Autores de Literatura Contemporânea apresenta novidades

O Clube de Autores, maior site de publicação e impressão sob demanda da América Latina, premia revelação da literatura independente com projeto editorial completo, por meio do Prêmio Clube de Autores de Literatura Contemporânea. Representante de aproximadamente 10% do número de livros publicados no Brasil, a plataforma apresenta novidades para esta edição.

O autor ganhará para sua obra um projeto editorial completo que engloba revisão, leitura crítica, projeto gráfico, plano de divulgação na imprensa e redes sociais além de noite de lançamento.

Outra novidade é que a partir de agora, o prêmio passa a ser composto por uma única fase, em que o voto popular valerá 50% da avaliação e a outa parcela será eleita pela comissão julgadora. A estimativa é que mais de 700 autores independentes participem.

Para o Diretor-Presidente do Clube de Autores, Ricardo Almeida, iniciativas como esta aquecem o mercado editorial brasileiro: “O prêmio tem se mostrado numa crescente evolução. Nesta edição nossa expectativa é que tenhamos um recorde de obras inscritas e assim, cada vez mais, ano a ano, movimentarmos o mercado editorial brasileiro”.

“Nós alimentamos sonhos, e como forma de retribuição ganhamos muitos talentos. O prêmio aquece a base da nova literatura brasileira”, acrescenta Indio Brasileiro, Sócio-Diretor do Clube de Autores.

As inscrições para o prêmio iniciam no dia 14 de outubro e as votações poderão ser feitas até o dia 11 de novembro. O resultado final será no dia 18 de novembro.

Para saber mais, acesse http://premio.clubedeautores.com.br/

Screen Shot 2015-10-13 at 10.59.01 AM

Leia Mais

Que tal uma visita a algumas das mais raras obras literárias brasileiras?

Há algum tempo, fizemos um post aqui sobre a restauração da Biblioteca Mário de Andrade – um dos mais importantes templos literários paulistano que, por muito tempo, ficou fechado para o público.

Reaberta, ela permite o acesso a mais de 300 mil obras – uma importante parte do acervo total de mais de 3 milhões de títulos, o segundo maior do país (atrás apenas da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro). Há preciosidades como exemplares do jornal O Farol Paulistano (1826-1836) e até um exemplar da terceira parte do livro Marilia de Dirceo, que nunca existiu oficialmente.

Se você está aqui no blog, é porque ama literatura; e, portanto, se mora ou está visitando São Paulo, pode considerar que são poucos os programas tão relevantes como uma manhã ou tarde na biblioteca. Mas organize-se: a área de livros raros requer um agendamento prévio que pode ser feito pelo site www.bma.sp.gov.br ou pelo e-mail bma@prefeitura.sp.gov.br.

Pelo site da biblioteca, é possível também acessar obras raras que foram digitalizadas. Assim sendo, acesse-o clicando aqui e comece já a organizar o seu próximo final de semana!

Leia Mais