Gestão colaborada: conheça o novo modelo de publicação do Clube de Autores

Confira nossas vantagens exclusivas para autores que adquirirem tiragens maiores de exemplares

Há, aqui no Clube, uma quantidade crescente de autores interessados em adquirir uma tiragem maior de livros (500 ou mais exemplares) em troca de preços extremamente agressivos. E esse, confesso, sempre foi um ponto crítico para nós, que montamos toda uma operação com base na confecção individualizada de livros (o que inclui desde métodos a máquinas adequadas a isso).

E há outro ponto importante: com 500 exemplares em mãos, o que exatamente o autor vai fazer? Vendê-los, todos, diretamente? Como equacionar a distribuição para livrarias em um modelo assim?

Eis o projeto de Gestão Colaborada para Grandes Tiragens

Depois de muita negociação, de muito cálculo e de muito método desenhado e redesenhado, acabamos de desenvolver, aqui no Clube de Autores, o modelo mais inovador para esse tipo de demanda e que atende tanto ao quesito preço quanto ao quesito distribuição.

Basicamente, o funcionamento é assim:

  1. Nós te auxiliaremos na publicação, que pode ser 100% personalizada (incluindo capa, contracapa e lombada)
  2. Você adquire uma tiragem grande do seu livro –de 500 ou mais exemplares –o que garante um custo unitário de impressão muito, mas MUITO mais competitivo
  3. O pagamento pode ser feito no boleto ou em até 12 parcelas no cartão de crédito
  4. Você escolhe se prefere receber todos os exemplares ou se quer deixar parte sob nossa gestão
  5. Nós distribuiremos e gerenciaremos esses exemplares pelos nossos canais de venda, sendo que 50% do preço de capa será seu a título de direitos autorais
  6. Quando o estoque terminar, seu livro será automaticamente retirado de venda e você poderá nos entregar mais exemplares que tenha em mãos ou encomendar uma nova tiragem
  7. Livros em nosso poder que não forem vendidos em até 12 meses serão devolvidos a você

Para facilitar o entendimento, veja a tabela abaixo, que considera o exemplo de um livro com 150 páginas, tamanho A5 (14,8cmx21cm), miolo preto e branco, papel offset 75 e capa mole:

Perceba, aqui, que a diferença de preço é significativa. Perceba também que o autor continua podendo definir o preço que quiser, o que inclui a possibilidade de colocá-lo à venda por um valor significativamente menor que a média do mercado.

A diferença é que, aqui, para a distribuição em livrarias, partiremos de um preço mínimo que é o dobro do custo gráfico uma vez que precisaremos remunerar as livrarias que farão a venda. Esse cálculo pode parecer meio complexo, então vale um outro exemplo para facilitar:

  • Imagine que o custo por exemplar saia a R$ 9,94 (montante que o autor pagará na contratação da tiragem).
  • Se o autor quiser deixar parte dos exemplares conosco para que revendamos nas livrarias (Cultura, Estante Virtual, Mercado Livre, Amazon etc.), o preço de venda será de, pelo menos, R$ 19,88 (sendo que o autor tem plena liberdade para aumentar para o quanto quiser).
  • Do montante que vender, 50% irá para a remuneração dos canais de venda e 50% ficará com o autor.
  • Em outras palavras, se o autor colocar o preço mínimo de venda (R$ 19,88, no exemplo acima), toda a sua remuneração de direitos autorais (R$ 9,94 por exemplar) será suficiente para que ele apenas cubra os seus custos. Quanto mais ele colocar de valor, mais ele realmente ganhará como lucro.

Fizemos uma apresentação detalhada do modelo que você pode visualizar aqui. Recomendamos que a veja pois, além da mecânica como um todo, inserimos uma série de dados de mercado até para ajudá-lo a estabelecer o preço do seu livro com maior segurança.

Vale apenas uma observação importantíssima: por regra das livrarias, nós apenas podemos/ conseguimos distribuir livros que tenham o ISBN. Se você ainda não registrou o seu ISBN e não sabe como fazê-lo, recomendamos este post aqui.

Há algumas características adicionais do modelo que precisamos ressaltar. Veja abaixo:

  1. A negociação do valor deverá ser feita diretamente com o nosso atendimento pelo atendimento@clubedeautores.com.br
  2. Para ser distribuído em livrarias, o livro precisa ter o registro do ISBN, sendo esta uma responsabilidade do próprio autor
  3. A negociação do volume de exemplares a serem distribuídos pelo Clube de Autores será feita caso a caso, em conjunto com o autor
  4. Os exemplares de posse do Clube que não forem vendidos depois de 12 meses serão oferecidos de volta ao autor, que deverá arcar apenas com o frete

 

Leia Mais

Tem TCC ficando pronto? Conheça o Clube do Universitário!

TCCs – ou trabalhos de conclusão de curso – são verdadeiros compêndios de conhecimento. é neles que estudantes de todo o país sintetizam tudo o que aprenderam em anos de faculdade ou pós, incluindo pesquisas, estudos, analises e projetos acadêmicos que podem ser extremamente úteis a todos.

O problema é que, normalmente, esses trabalhos acabam mofando nas prateleiras de universidades, sem nunca chegar aos públicos. Pelo menos até agora.

Ainda resta um tempo para a tradicional época de entrega de TCCs no final do primeiro semestre – e então está na hora de conhecer o Clube do Universitário .

O site é simples: um modelo de autopublicação feito especificamente para esta modalidade de livro, incluindo:

  • Capas duras, no formato correto para TCCs
  • Customização de lombada para que fique de acordo com as regras de faculdades
  • Escolha de características de miolo, da gramatura do papel ao uso ou não de cores

E, em média, o custo de impressão de um TCC no Clube é menor do que em gráficas convencionais devido às negociações em escala feitas com fornecedores.

Há ainda algo que talvez seja o principal benefício: a possibilidade do estudante deixar o seu TCC à venda para que outros possam adquirir e realmente aprender com toda a pesquisa feita!

Se você é estudante, então aproveite esse novo canal e publique aqui o seu TCC!

Para saber mais, clique aqui, na imagem abaixo ou vá diretamente ao link http://clubedouniversitario.com.br/

 

Leia Mais

Precisa entregar o seu TCC? Conheça o Clube do Universitário!

Nessa época do ano, milhares de estudantes acabam se transformando em escritores ao montarem as suas monografias, teses, TCCs ou qualquer que seja o nome dado.

E esse é um momento importante por dois motivos: primeiro, pelo fato de se estar concluindo uma etapa na vida; e, segundo, por estarem efetivamente se transformando em escritores.

O Clube de Autores está lançando, neste instante, um projeto especificamente voltado para teses e monografias: o Clube do Universitário (www.clubedouniversitario.com.br). Ele se diferencia pelas seguintes características:

1) Todo o acabamento de impressão, de capa a lombada, segue todos os padrões da ABNT
2) Como o modelo é o mesmo do Clube, o estudante pode optar por receber o TCC em casa ou retirá-lo em uma unidade específica, na Bela Vista, em São Paulo
3) Todos os preços estão já negociados em forma de atacado, o que garante condições melhores para todos os estudantes (incluindo o parcelamento em até 12x)
4) O TCC publicado no Clube ficará disponível também para que outros interessados veja, e adquiram uma cópia sob demanda

Está se formando e precisa entregar seu trabalho? Então não perca tempo e seja o primeiro a usar o Clube do Universitário!

Leia Mais

O futuro dos livros didáticos

Quando se pergunta sobre o futuro dos livros, normalmente se ouve previsões fatalistas do tipo “o impresso morrerá até o ano que vem”.

Aqui no Clube, temos a oportunidade de acompanhar de perto o comportamento do leitor brasileiro – que é bem mais “conservador”, por assim dizer, do que o americano – com relação à sua preferência. E, do montante total de livros, o fato é que apenas 6% dos vendidos são ebooks – enquanto a quantidade de impressos vem subindo de maneira considerável. Para falar a verdade, em todo o mundo, a quantidade de livros impressos sob demanda cresce a um ritmo substancialmente maior do que a de ebooks (algo que chega a ser chocante).

Olhar para esses dados e deduzir então que o impresso será sempre dominante também não nos parece ser a melhor maneira de “prever o futuro”. Em realidade, o que observamos é que:

a) O usuário gosta de ler – e escolhe a mídia (impressa ou digital) de acordo com a sua conveniência momentânea. Se ele estiver indo para a praia, viajar ou mesmo se estiver interessado em um romance que possa carregar consigo para ler no metrô, em parques ou praças, provavelmente preferirá o impresso. Os motivos vão de segurança a praticidade, características que não podem ser desconsideradas jamais.

b) Livros técnicos ou didáticos necessitam de um tipo diferente de leitura. Nesses casos, estudantes precisam de recursos que vão além de um índice e textos bem concebidos (algo que costuma bastar para romances ou poesia). Para um livro de direito ou de medicina, por exemplo, poder contar com uma funcionalidade de busca é bem relevante. Poder também carregar 100 ou 200 livros de consulta em um único iPad ou tablet, além disso, costuma também ser BEM mais prático (além de saudável, uma vez que quilos e mais quilos de livros na mochila certamente acabarão fazendo mal à coluna). Isso sem falar na possibilidade de se explorar mais recursos como infográficos ou vídeos interativos – importantes quando o objetivo é comprovar alguma teoria de forma mais visual.

Qual a conclusão, então, que se pode tirar? A de que, ao menos por muito tempo, os dois formatos conviverão bem – e que os seus mercados serão determinados principalmente pelos tipos de literatura.

Voltando ao Clube: sabe os 6% de ebooks vendidos? Pois bem: deles mais de 90% são de livros técnicos ou didáticos.

O site americano OnlineEducation.net criou um infográfico bem prático e embasado para mostrar como esse mercado de “técnicos e didáticos” deve se comportar no futuro. Para autores desse gênero, vale a pena conferir abaixo!

E para autores de todos os gêneros, continua valendo a máxima de que quem tem que escolher o formato de leitura é o leitor. Na medida do possível, deixe o seu livro disponível tanto de forma impressa quanto digital. Mal isso certamente não fará ;-)

Textbooks of Tomorrow
Via: OnlineEducation.net

Leia Mais