Este ano (provavelmente) não estaremos na FLIP

No post da quarta passada, comentei sobre a indesculpável não realização do Prêmio Clube de Autores de Literatura Contemporânea.

Agora, já abro uma nova decisão: provavelmente não participaremos da FLIP.

Sim, eu sei: colocar a palavra “provavelmente” à frente de uma “decisão” soa como contrasenso, como uma desculpa para que possamos voltar atrás. E até pode ser – mas, hoje, agora, não enxergamos nenhuma motivação para voltar a Paraty.

Já fomos por anos – muitos anos. Em todos eles abrimos as portas da nossa casa, recebemos autores, nos envolvemos em papos absolutamente intensos e inspiradores.

Mas, nos últimos dois anos – principalmente no último – , o próprio teor da Festa Literária Internacional de Paraty mudou…

As ruas da cidade minguaram com a crise, a violência escalou na região, o clima de pessimismo dos editores e livreiros presentes contagiou todo o centro histórico com lágrimas e tristezas.

Para nós, só há crise no mercado editorial brasileiro porque os editores e livreiros insistem em rasgar suas intenções de inovação e em publicar apenas o que vem pronto, empacotado, de fora do Brasil. (OK, com uma exceção: os autores que já são best sellers brasileiros também ganham passe livre para o mercado).

Mas e o espaço para os novos, os independentes? Nada.

Sem nós, os autores independentes, não há renovação na literatura. Sem nós, os autores independentes, há apenas um velório das letras brasileiras.

A FLIP se transformou nisso: em um evento para que todos babemos nos autores estrangeiros e velemos os novos brasileiros. A FLIP, infelizmente, se transformou no oposto do que o Clube representa.

Tomara que mude – era um evento fantástico.

Mas, até lá, nós estaremos fora. Até lá, vamos pensar em algum outro evento para dar mais espaço aos independentes.

Leia Mais

Ainda pensando sobre ir à Flip? Aproveite a crise! :-)

Finalmente, chegou o evento que todos nós, aqui do Clube, mais esperamos: a Flip.

Já postei aqui no blog, na semana passada, a nossa programação – mas há todo um outro mundo de eventos literários que transformarão Paraty em uma espécie de paraíso para todos os amantes da literatura.

E, se a crise tem sido um motivo justo de reclamação por parte de todos nós, cidadãos, por outro há também o aspecto da oportunidade. Como?

Paraty é conhecida por seus preços altíssimos de hospedagem durante eventos como a Flip: pousadas e hotéis parecem querer tirar todo o lucro do ano em uma semana. Bom… a quantidade de hotéis e pousadas com vagas ainda hoje, nesta semana, é alta – pelo menos de acordo com o que autores tem nos relatado. O que isso significa?

Preços promocionais e maiores facilidades para quem quiser aproveitar o evento. Nossa dica, portanto, é quase óbvia: se ainda estiver pensando em ir ao evento, programe-se e dê um jeito.

E, claro, não esqueça de dar um pulo lá em nossa casa, bem na entrada do Centro Histórico, no número 375 da Rua da Lapa :-)

Screen Shot 2016-06-20 at 11.47.37 AM

 

 

 

 

Leia Mais

O que aconteceu na Flip?

Os mais críticos bradaram reclamações para os quatro cantos: disseram que o evento nunca esteve tão vazio, que Paraty estava despreparada, que um cancelamento de última hora por um dos autores-estrela havia estragado tudo.

Honestamente? Em 5 anos, essa foi a melhor Flip de todas – ao menos para o Clube.

Com ruas que realmente estavam menos abarrotadas – ainda bem – foi possível caminhar com mais atenção pelo evento. Foi possível conhecer mais gente, participar de mais eventos abertos sem a sensação de estarmos em um metrô abarrotado.

Nossa casa lá recebeu convidados incríveis, incluindo Susanna Florissi, que debateu sobre crise vs. oportunidade no mercado editorial; Newton Neto, do Google, falando sobre ebooks; Júlio Cruz contou toda a sua experiência arrecadando mais de R$ 20 mil via crowdfunding para seu primeiro livro; e assim por diante. Só eventos incríveis e absolutamente enriquecedores marcaram a Casa do Clube lá na Flip, o que acabou gerando um ambiente incrível até para gerar novidades aqui para nós.

Neste momento, passada quase uma semana desde o evento, estamos terminando de digerir tudo para montar os planos para este semestre. Uma coisa posso garantir: muitas, muitas novidades estão por vir aqui no Clube.

Leia Mais

Conheça a nossa programação na FLIP!!!

Como sempre, o Clube estará com uma casa lá na Flip repleta de mesas de bate-papo e com um ambiente perfeito para autores independentes. Também como sempre, faremos de tudo para transmitir os eventos via Web – dependendo, naturalmente, dos Deuses da Internet lá em Paraty. De toda forma, se você estiver por lá, não deixe de nos visitar e conferir diretamente. Nosso endereço é Rua Santa Rita,178 – Centro Histórico de Paraty.

A programação está abaixo:

Dia 02 de julho, quinta-feira

Pela Tarde: 16:30

Título: Panorama Atual do Mercado do Livro no Brasil: crise ou oportunidade?

Conteúdo: Bate-papo sobre o cenário atual do mercado nacional do livro. Venha trocar ideias sobre a situação atual das editoras, distribuidoras e livrarias no Brasil e discutir conosco como este momento pode representar uma oportunidade ao invés de uma ameaça para quem se dispõe a arregaçar as mangas e sair da zona de conforto.

Convidada:
Susanna Florissi – Proprietária da Torre de Babel Idiomas e sócia da Editora Galpão. Com vasta experiência no mercado literário, é Diretora Editora da CBL – Câmara Brasileira do Livro, fez parte da Comissão Organizadora do Prêmio Jabuti, coordenou a Comissão do Livro Digital e, hoje, coordena a Comissão de Valorização da Língua Portuguesa (nome ainda sendo definido) da mesma CBL, entre outras atividades.

Programação Cultural –
Casa do Clube de Autores na FLIP 2015

Dia 03 de julho, sexta-feira

Pela Manhã 10:45

Título: Bate papo sobre o Livro “Resistir em Tempos Difíceis – Um Olhar sobre o Contemporâneo”

Conteúdo: O escritor Antônio Campos conversa com o público presente sobre seu novo livro: Resistir em Tempos Difíceis lançamento da Editora Carpe Diem.

Convidado:
Antonio Campos – Antônio Campos é escritor, advogado e Curador da Festa Literária Internacional de Pernambuco – FLIPORTO.

Pela Tarde: 16:30

Título: Google Play & Google Livros: A experiência do Google no mercado digital.

Conteúdo: Venha conversar com Newton Neto, Strategic Partner Development do Google, sobre o mercado de livros digitais, panorama, perspectivas, tendências e novidades.

Convidado:
Newton Neto – Strategic Partner Development do Google

Programação Cultural –
Casa do Clube de Autores na FLIP 2015

Dia 04 de julho, sábado

Pela Manhã 10:45

Título: Internet – o grande livro em que todos somos personagens. Influências da literatura, do cinema e da Geração Z

Conteúdo: Os melhores livros e filmes são aqueles para os quais conseguimos nos transportar. Imergir na ficção ou nos relatos é o que nos dá o prazer da leitura e o escape das dores do mundo real. Seria então a Internet o “novo” livro da contemporaneidade? O que a literatura contribui para isso e como ela se transforma com as possibilidades da grande rede? Que geração é esta de leitores atuais? Geração Z? De “zapear” ou de “zumbi”? Novo ser humano? Homo Fractalis???

Convidado:
Mário Roberto de Souza Lima – Graduações em Informática e em Letras (português e espanhol). Pós-graduação em Gestão de Pessoas. Trabalho com informática e gestão na Marinha do Brasil. Livros publicados pelo CDA: Aquarela Fluvial (crônicas), Poemas Insones (poesia) e Casos e Descasos de Sala de Aula (relatos, análises e sugestões). Principais áreas de interesse: literatura, cinema, séries, informática, filosofia, psicologia e divulgação científica.

Pela Tarde: 16:30

Título: Produção e Consumo Literário na Era do Mundo Digital.

Conteúdo: Venha discutir como o universo de novas plataformas digitais vêm afetando a formação do mercado literário, a disseminação de conteúdo, bem como a própria produção literária como arte.

Convidados:
André Palme – Apaixonado pela leitura digital e pelas possibilidades deste universo. Iniciou seu contato profissional com ebooks em 2013. Responsável pela entrada no mercado digital da Editora DSOP. Palestrante na Feira de Frankfurt 2014, além da participação em diversas feiras nacionais e internacionais. Hoje está à frente d’O Fiel Carteiro, uma editora 100% digital que possui 145 ebooks publicados e está presente em modelos inovadores de leitura. Responsável pelo projeto que publicou o primeiro ebook de um reality show brasileiro, em parceria com o SBT. Membro da Comissão do Livro Digital da Câmara Brasileira do Livro.

Eduardo Albano – CO-FUNDADOR e Diretor de Relacionamento com Editoras e Autores do UBOOK, primeira multiplataforma brasileira de assinatura de audiolivros, com mais de 1000 títulos no catálogo, e que está revolucionando a forma como o público consome conteúdo. Atuou por mais de 10 anos no mercado de Tecnologia da Informação, sendo executivo das áreas de internet de grandes veículos de comunicação como: TVJB, Jornal do Brasil Online, Gazeta Mercantil Online.

Leia Mais