Por dentro da revolução egípcia

Sim: o que está acontecendo no Brasil, por mais que tenha o potencial de mudar radicalmente o país, está longe do caldo caótico que ocorreu, por exemplo, no Egito, com derramamento de sangue, prisões (realmente) políticas e tudo mais. 

Já falei isso no post da quarta passada, quando esclareci que, em minha humilde opinião, o que está acontecendo aqui é uma revolução à brasileira. Por mais que o desenrolar de uma revolução dependa de fatores que incluem história e cultura locais, há sempre paralelos que podem ser traçados.

E revoluções são um pano de fundo perfeito para se contar histórias, se registrar eventos (fictícios ou não) e deixar para as gerações futuras uma noção mais concreta do que realmente aconteceu em nossos estranhos tempos. 

E por que digo tudo isso? Por conta desse depoimento que inlui um olhar interno sobre a revolução egípcia. Ela pode ter muito pouco a ver com a nossa – mas, ainda assim, tem uma infinidade de aspectos semelhantes que merecem atenção. 

[ted id=1086 lang=pt-br]

Leia Mais

Destaque da semana: Pirâmide, de Luiz Carlos Franken

O destaque dessa semana aborda um tema absolutamente diferente dos das semanas anteriores. Ao invés de viajar por contos e romances, que tal mergulhar, essa semana, em um dos mistérios da humanidade – a Grande Pirâmide do Egito?

Esse é o tema do livro Pirâmide: um portal para a Luz, de Luiz Carlos Franken. Veja a sinopse:

Há muitos séculos as pirâmides do Egito têm atraído a atenção de arqueólogos, cientistas e pesquisadores. Mas é a Grande Pirâmide que representa o maior enigma. Quando foi construída? Com qual finalidade? Quem a construiu? Muitas teorias já foram propostas para responder a essas perguntas, mas ela ainda representa uma grande interrogação para a humanidade. Há muitas teorias sobre como e porque aquela pirâmide foi construída e qual seria seu legado a humanidade. Entretanto, até hoje, muitos de seus mistérios estão por serem esclarecidos. Neste livro apresentamos algumas chaves para compreender aquele antigo monumento em pedra. Também esclarecemos a utilização moderna de réplicas daquela pirâmide, para canalizar certas energias, para meditação e processos de cura espiritual.

Para conhecer melhor a obra, clique aqui, na imagem abaixo ou acesse diretamente o link http://www.clubedeautores.com.br/book/142361–Piramide_um_portal_para_a_Luz

Leia Mais

Sabe como começou a matemática?

Há algumas coisas que nós, resultado de milênios de evolução, costumamos dedicar muito pouca atenção. Sabia, por exemplo, que em plena idade média, muitas das civilizações bárbaras desconheciam o número “zero”?

Isso pode parecer pouca coisa – mas você já tentou fazer qualquer tipo de operação matemática minimamente complexa desconsiderando o zero?

Na prática, a matemática é hoje a única língua mundial existente – e é provavelmente uma das grandes responsáveis pelas tantas revoluções tecnológicas pelas quais passamos.

Pois bem: navegando pelo Clube, nos deparamos essa semana com uma obra no mínimo curiosa: A Origem da Matemática nas Civilizações Antigas, de Rossi Nogueira.

O livro, também utilizado como trabalho de conclusão de curso do autor, passa pelas civilizações chinesa, hindu, egípcia e mesopotâmica, explorando de maneira interessantíssima a evolução das bases de qualquer sociedade moderna.

Uma obra diferente e reveladora, perfeita para amantes de história (e, claro, dos números). Gostou? Então veja a página do livro clicando aqui, na imagem abaixo ou no link http://clubedeautores.com.br/book/129633–A_Origem_da_Matematica_nas_Civilizacoes_Antigas

Leia Mais