Comemorando o Dia Mundial sem Carro, Clube de Autores e AGBook passam a fazer entregas de bike

Nesta terça-feira, 22 de setembro, cidades de todo mundo promovem atividades em defesa do meio ambiente e da qualidade de vida, em comemoração ao Dia Mundial sem Carro. E quer maneira melhor de comemorar isso do que agindo, de fato? 

Pois é: a partir de hoje, leitores da Grande São Paulo poderão escolher receber todos os seus livros via bike. Que efeito esperamos com isso? Sendo bem direto: deixar de poluir a cidade com cerca de 4,4 toneladas de CO2 no período de um ano. 

Essa ação não é isolada: o próprio fato do Clube trabalhar sem estoque, com impressão sob demanda, e de ter o selo FSC – Forest Stewardship Council, garantindo a rastreabilidade do papel – em todos os livros, já faz de nós a comunidade mais sustentável de todo o segmento. E, claro, o próximo passo será disponibilizar essa modalidade para o restante do país.

Mas como viabilizamos isso? Por meio de uma parceria fechada com a Carbono Zero Courier, empresa que realiza entregas expressas, de forma inteligente e sustentável, usando apenas bikes e scooters elétricas. 

Dentro desse cenário, pelo mesmo custo de uma entrega via postagem comum, os leitores do Clube de Autores e do AGBook poderão participar de um projeto ecologicamente correto, além de terem seus pedidos entregues com mais agilidade e eficiência.

  

Leia Mais

Bicicloteca leva incentivo à leitura para moradores de ruas no Brasil

A ideia é tão simples quanto genial: fazer uma bicicleta com uma traseira que comporte 150kg de livros rodar pelas grandes cidades brasileiras e distribuir livros para os moradores de rua.

Simples porque, na prática, basta um veículo básico e de baixíssimo custo para criar o conceito de biblioteca ambulante – e genial por levar a moradores de rua a literatura, possivelmente o mais completo alimento para a alma.

Essa é a Bicicloteca, uma iniciativa do IMV (Instituto de Mobilidade Verde), que exige dos moradores de rua apenas uma promessa: a de que eles repassarão os livros para outros moradores de rua. O objetivo final é simples e certamente bem compreendido por todos os autores daqui do Clube: o de que a literatura pode, certamente, mudar a vida das pessoas.

O primeiro livro da Bicicloteca foi doado na semana passada, em 25/07, para o MEPSRSP (Movimento Estadual de População em Situação de Rua de São Paulo), e muitos mais estão por vir com a criação de outras 10 Biciclotecas pelo Brasil até o final do ano.

Gostou? Então participe do projeto doando obras pessoalmente ou pelos Correios! Isso pode ser feito diretamente na Biblioteca Mário de Andrade (Rua da Consolação, nº 94, República – São Paulo/SP), que enviará os livros para as Biciclotecas do IMV.

Leia Mais