Menos debate, mais livros

Recentemente, a timeline do meu Facebook tem sido tomada por eventos “mercadológico-literários”. Todos tem a mesma pauta: discutir o futuro do mercado, ebooks versus impressos (ainda), o papel de editores, para onde vamos etc. e tal.

Cansei de todos esses tipos de evento.

Para mim, esse negócio de prever o futuro é relativamente simples: basta olhar o presente e tirar dele tudo o que não faz sentido.

E o que não faz sentido?

Esses tipos de debate em si, como se qualquer conclusão que saísse deles fosse efetivamente mudar alguma coisa.

Qual o futuro do livro? O livro.

Simples assim.

As velhas editoras em seus modelos de distribuição arcaicos, cobrando fortunas justamente dos autores para entregar o que já se pode conseguir de graça, fazem sentido? Não, claro que não. Então devem eventualmente desaparecer.

Os profissionais do livro, como capistas, diagramadores, revisores etc., continuam sendo necessários? Óbvio que sim. Então devem não apenas continuar existindo, como também crescer enormemente pelas possibilidades de negócio que a Internet tem aberto a todos. Um parêntese aqui: só o Profissionais do Livro, que lançamos há alguns anos e nunca fizemos nenhuma divulgação extensiva na mídia, já tem quase quatro MIL profissionais vendendo e entregando seus serviços. Quer prova maior de mercado?

O futuro do livro é impresso ou digital? Sinceramente, isso importa? O importante não é apenas que as pessoas leiam (ou escutem, no caso de audiolivros)? E da maneira que melhor convier a cada um?

As livrarias tradicionais tendem a desaparecer? Bom… a partir do momento que você vai a uma livraria física e nunca encontra o livro que você procura – algo cada vez mais comum em um mundo com cada vez mais livros e menos espaços em vitrines – me parecem que, no mínimo, elas precisarão mudar.

Vejam… não estou tecendo nenhuma conclusão complexa, sofisticada, fruto de horas e horas de reflexão no alto de uma montanha no Tibet: estou apenas escrevendo o que parece o mais óbvio e ululante.

O que também é óbvio? Se há como se publicar gratuitamente, se há redes sociais para se construir seus próprios públicos, se há como distribuir os seus livros nas maiores livrarias do país sem pagar nada… então para que perder tempo discutindo o sexo dos anjos? Não é mais proveitoso sentar, escrever, publicar, divulgar e vender?

Não é para isso que todos estamos aqui, afinal? Para contar as nossas histórias para o mundo?

Leia Mais

Clube de Autores começa a distribuir livros impressos na Estante Virtual

Desde o começo desta semana, todos os livros impressos publicados no Clube (cuja distribuição tiver sido autorizada pelos autores) já estão disponíveis na Estante Virtual.

A partir desta semana, começamos efetivamente o processo de distribuição para muitas das maiores livrarias online do Brasil – o que deve multiplicar substancialmente o tamanho da audiência dos livros publicados aqui no Clube.

A partir desta semana, os livros publicados aqui no Clube deixam o nosso próprio ambiente, a nossa própria loja, para ganhar o mundo.

A partir desta semana, uma nova história começa a ser escrita para os autores independentes brasileiros.

A Estante é apenas a primeira livraria. Ainda haverá outras – muitas outras – que começarão a disponibilizar os nossos livros em uma questão de dias.

Parabéns a todos vocês. Parabéns a todos nós.

Quer saber se seu livro está lá na Estante? Simples: clique aqui (www.estantevirtual.com.br) e busque-se :-)

Para entender melhor as regras de distribuição, veja o texto abaixo:

Hoje, quando se autoriza a distribuição de ebook pelas lojas virtuais (Apple, Google, Amazon etc.), se aceita também regras novas de remuneração para que possamos incluir o repasse financeiro de parte do preço de capa para essas lojas. As regras que adotamos aqui serão as mesmas. Ou seja: 

Se seu livro custar, hipoteticamente, R$ 35,00 no Clube, dos quais R$ 5,00 são de direitos autorais, este montante continuará valendo apenas para vendas feitas através do site do Clube. Caso o livro seja vendido, por exemplo, via Amazon, a sua remuneração será fixa de 20% sobre o preço final – ou seja, de R$ 7,00. Apenas para frisar: custe o que custar o livro, o preço no Clube ou nas lojas será o mesmo e, no caso de vendas pelas lojas, o autor receberá sempre 20% do preço de capa. 

Se você já tem um ebook autorizado a ser distribuído, não precisará fazer nada – a mesma regra se aplicará ao impresso. Caso não tenha e deseje distribuir o seu livro pelos canais, basta que vá a Sua Conta, clique em Livros Publicados, clique no botão de ações e vá a Gerenciar Publicações em Livrarias, seguindo as instruções na tela. 

Screen Shot 2017-06-12 at 11.01.44

Leia Mais

334 livros inscritos no Prêmio na primeira semana

Oportunidades de visibilidade, reconhecimento público e premiação costumam render sempre o interesse de autores por um motivo simples: elas ajudam a abrir portas.

Quando essas oportunidades tem custo zero, então, tudo fica ainda melhor. E esse é precisamente um dos nossos objetivos aqui no Clube: dar o máximo de espaço, da maneira mais democrática possível, a autores independentes que estão desbravando as novas fronteiras da nossa literatura em busca de merecidos lugares ao sol.

Estamos fechando essa primeira semana desde o lançamento do V Prêmio Clube de Autores de Literatura Contemporânea com um marco histórico: 334 livros inscritos, algo digno de se comemorar.

Se você é um deles, parabéns: participar de eventos assim, expondo a sua obra ao público, é sinônimo de um tipo de coragem cultural que poucos tem. Se você não é, está na hora de se juntar a esse grupo de escritores e competir, de igual para igual, com cada um deles.

Como? Essa é a parte fácil: basta acessar o site http://premio.clubedeautores.com.br e seguir todas as orientações nele. Boa sorte!

Leia Mais

Universidade do Autor: Começando a formar uma audiência

Ultimamente, temos recebido uma série de emails e posts de autores pedindo dicas sobre como divulgar os seus livros. Já subimos, faz algum tempo, uma série de aulas narradas sobre o assunto na Universidade do Autor – e vamos relembrá-las aqui no blog nos próximos dias.

A primeira (e possivelmente mais importante) das aulas é o começo da formação de uma audiência. Clique na imagem abaixo ou no link https://www.clubedeautores.com.br/presentation/universidade-clube-de-autores/como-divulgar-o-seu-livro-1/player.html para entender melhor:

Leia Mais