Os anos 80 dominam a amazônia

Há algum tempo, autora Laís Eiras lançou o livro 80 Maníaca (veja post completo clicando aqui). Na semana passada, soubemos que o seu livro foi destaque em eventos e na mídia do norte do país, região onde a autora mora.

Com direito a festas temáticas, entrevistas no Sem Censura e matérias nos principais jornais da região, Laís – que foi também menção honrosa no Prêmio Clube de Autores de Literatura Contemporânea – acabou conseguindo levar os estados do norte a uma viagem pelos tempos de Marty McFly, Blitz e Plebe Rude.

Além de parabenizá-la, colocamos abaixo algumas imagens das matérias que circularam sobre a sua obra.

Para conhecer e comprar, clique aqui ou acesse diretamente o link http://clubedeautores.com.br/book/4512–8_Maniaca

Leia Mais

Pre-lançamento do livro 90 Maníaca

A autora Laís Eiras fez um barulho grande quando lançou, aqui no Clube, a obra 80 Maníaca.

Menção honrosa do I Prêmio Clube de Autores de Literatura Contemporânea, o livro levou os leitores por uma longa e intensa viagem por uma das décadas mais marcantes da nossa história moderna.

E, aparentemente, a história não termina por aí.

Está em processo de finalização o livro 90 Maníaca, revisitando uma era que incluiu discmans, grunge, confisco de poupança e uma série de montanhas-russas, por assim dizer, que determinaram os rumos das nossas vidas atuais.

A obra ainda não está disponível para venda – mas a autora nos mandou a capa, que postamos abaixo, e uma prévia. Quem quiser baixar o primeiro capítulo da obra poderá fazê-lo através de um mecanismo curioso: ao invés de pagar com dinheiro, você paga com um tweet. Simples, não?

Pois bem: se quiser iniciar a sua viagem pelos anos 90 utilizando uma ferramenta de 2011, clique aqui ou vá diretamente ao link http://bit.ly/tuiteganhe . É só seguir as instruções e você receberá o primeiro capítulo do livro gratuitamente!

Leia Mais

Uma viagem aos anos 80

Na noite desta quinta, 3/9, foi lançado aqui no Clube o livro “80 Maníaca“, da autora Laís Eiras. O livro permite uma verdadeira viagem no tempo para uma das épocas mais revisitadas da atualidade, em tempos de Marty McFly, Blitz e tantos outros ícones de toda uma série de gerações.

Transcrevemos, abaixo, uma descrição do livro feita por Soraya Coelho:

De tanto desejar viver na década perdida, Luisa consegue se transportar para os anos 80.Seria mais uma do De Lorean? Seria uma viagem ilícita? Ou simplesmente uma potente ferramenta do mundo virtual, conhecida como Dreams Realizator?

Entre transformações políticas, amores juvenis, o despertar do rock nacional e muito gel com glitter new wave, essa viagem no tempo é, mais que tudo, uma viagem de descobertas.

Em meio a essas revelações, Luisa reafirma seu amor pela cultura pop oitentista, desvenda os motivos pelos quais cantores meia-língua que faziam músicas sobre ursinhos de pelúcia causavam furor na mulherada, concluiu que as chacretes eram as pinups brasileiras e que o melhor lugar para alguns ídolos é realmente no pôster do armário que ficou na adolescência.

Pena que não havia celular pra registrar tudo isso. Ou um plano de minutos que transpusesse a relação espaço-tempo.
De volta pra casa, nossa heroína percebe que essa é a única década que já dura 20 anos*. E hoje vivemos tentando melhorar tudo o que aconteceu, mas com muito menos maquiagem e sem calças semi-bag.

E, para garantir um toque de realidade em meio à viagem maluca de Luísa, Algumas “testemunhas” da década (que dizem) perdida dão seus depoimentos sobre a cultura pop oitentista como Evandro Mesquita (Blitz), Clemente (Inocentes, Plebe Rude), Dé Palmeira (ex-Barão Vermelho), Luciano Nassyn (ex-Trem da Alegria), Guilherme Isnard (banda Zero), entre outros.

Quer mergulhar na história juntamente com a Luísa? Então clique aqui ou acesse o link http://clubedeautores.com.br/book/4515–8_Maniaca e adquira já essa obra!

Leia Mais