11 coisas que você precisa fazer para lançar o seu livro

Chegam aqui no Clube, diariamente, algumas dúzias de emails perguntando o que um autor deve fazer para lançar o seu livro. Bem… cada caso é único, sem dúvidas, e eu estaria louco se tentasse impor uma espécie de receita de bolo geral.

Ainda assim, me arriscarei aqui a fazer uma espécie de checklist, de relação de itens que eu, pelo menos, considero essenciais para que um livro possa ser considerado pronto.

1) Relê-lo. Livros escritos de uma toada só podem esconder alguns becos sem saída que passaram despercebidos até pelo escritor. Faz sentido: nem sempre sabemos, afinal, como terminará a história que começamos. A possibilidade de haver inconsistências, erros de enredo etc. é muito, muito grande. Quer acredite ou não, não custa nada reler o seu livro.

2) Terminá-lo. Pode parecer brincadeira, mas não é: uma das maiores dificuldades de um livro pode ser justamente terminar a sua primeira versão, evitando a tentação de reescrever cada parágrafo de novo e de novo e de novo. Se você não tiver uma primeira versão pronta, de nada adiantará seguir adiante.

3) Arrume um crítico. Já falei sobre isso nesse post aqui: contratar um crítico literário é muito, muito importante. O papel dele? Ler a sua obra com o olhar de um advogado do diabo. O crítico apontará trechos que ele julgar mal escritos, sublinhará inconsistências que você não percebeu e, enfim, dará uma espécie de parecer geral muito importante. Por isso mesmo, é bom que ele seja alguém em quem você confie bastante – e é fundamental que seja um leitor ávido até para que tenha um bom repertório sobre o qual basear as suas opiniões.

4) Capa. Já falei sobre isso aqui, aqui e aqui. Sem uma capa empolgante, interessante, sedutora, as possibilidades de seu livro serão, no mínimo, reduzidíssimas.

6) Projeto gráfico e diagramação. Sabe quando você pega um livro, abre e vê o texto com fontes minúsculas, espremido e praticamente sem margens? Qual a reação imediata que isso gera? Preguiça. Pois é: a forma do texto precisa ser fluida, interessante, instigante. Fuja da cilada de espremer o conteúdo para reduzir a quantidade de páginas e, consequentemente, o preço. Leitores são, sobretudo, apreciadores de arte – e toda arte precisa ser bem emoldurada, por assim dizer.

7) Ebook. FUNDAMENTAL. Aqui no Clube, 20% de todas as vendas ocorrem em formato eletrônico, seja de maneira direta ou via canais como Google, Amazon, Apple. Um ebook bom precisa ser tecnicamente trabalhado, convertido em formato epub por um profissional que entenda disso. Dica: vá ao www.profissionaisdolivro.com.br : você achará dezenas de pessoas que poderão te ajudar a preços baixíssimos.

8) ISBN, ficha catalográfica etc. Sim, há uma burocracia para isso: mas ela não mata. Você pode contratar um profissional para te assessorar no www.profissionaisdolivro.com.br ou seguir você mesmo as etapas necessárias junto à Biblioteca Nacional mas, seja como for, não deixe de registrar o seu livro.

9) Site. Esse ponto pode não ser absolutamente fundamental… mas ajuda. É importante que o leitor não apenas encontre o livro, mas consiga mergulhar no universo dele, descobrir melhor o autor e ver todas as opções de compra que ele tem. O site pode ser um guia importantíssimo nisso, mesmo porque a probabilidade do seu livro ser vendido apenas via Internet (o que não é, nem de longe, um problema) é imensa.

10) Estratégia de divulgação. OK, aqui confesso que precisarei ser vago. Cada autor tem a sua própria estratégia, possivelmente incluindo a construção de uma audiência prévia em redes sociais, a organização de um evento de lançamento, o envio de exemplares para formadores de opinião. Não vou aqui criar uma receita de bolo: ela não existe. Mas incumba-se da responsabilidade de montar a sua estratégia de divulgação e de acompanhá-la de perto. Acredite: sem isso, não ha livro que seja um sucesso.

11) Publique no Clube de Autores! Ponto óbvio, esse. Na verdade, a publicação pode ser feita em qualquer lugar – mas o Clube de Autores tem vantagens que podem ser consideradas únicas. Além de gratuito para autores, seu livro será distribuído automaticamente pelas maiores livrarias online do mundo, você poderá acompanhar as vendas em tempo real.

Leia Mais

Tire as suas dúvidas sobre registros no site do ISBN

Recentemente, começamos a receber MUITAS dúvidas de usuários sobre ISBN (International Standard Book Number), registro que rege, em termos oficiais, a literatura no mundo.

Na maior parte, o que acabamos respondendo inclui informações que constam no próprio site do ISBN, que foi renovado recentemente e conta com uma riqueza de dados e processos bem práticos. Assim sendo, ao invés de apenas intermediar, aproveitamos esse primeiro post da semana para divulgar o site do ISBN, onde todas as dúvidas certamente poderão ser selecionadas ;-)

Para acessar, clique aqui, na imagem abaixo ou vá diretamente ao link http://isbn.bn.br

Leia Mais

Tutorial para confecção de ficha catalográfica

Temos recebido, faz algum tempo, uma série de dúvidas de autores com relação à ficha catalográfica de suas obras. Um dos autores – o Eduardo Esber – tomou a iniciativa de montar um tutorial simplificado e nos enviar por email.

Além de agradecer a ele pela valiosa contribuição, estamos postando o tutorial abaixo, aqui no post:







TUTORIAL
SIMPLIFICADO PARA INSERÇÃO DE

FICHA CATALOGRÁFICA
NO MIOLO DO LIVRO

 

 

Esse é um breve
tuturial para inserção da Ficha Catalográfica (FC) no miolo do livro. A FC é
fornecida pela Câmara Brasileira do Livro, CBL,  (http://www.cbl.org.br/), em um serviço totalmente online.


A FC é enviada
pela CBL em um arquivo, formato PDF, que deve ser transcrito para o miolo do
livro, geralmente na página 04. Existe uma dificuldade em transpor essa ficha
para o livro, razão pela qual esse tutorial visa auxiliar aqueles que pretendem
fazer isso pela primeira vez. Muitos abrem o arquivo PDF com a FC, dão um
PrintScreen, transportam a imagem para um editor de imagens, salvam-na em
formato JPG e depois colam-na na página correspondente do livro, o que não
apresenta um bom resultado final, devido à pequena dimensão dos caracteres
utilizados na FC. Vamos ao tuturial:

 

1- Abra o
arquivo PDF com a FC que foi enviada pela CBL

 

2- Abra um novo
documento do Word, configurando a página para o formato A5 e com as mesmas
margens utilizadas em seu livro. A ficha será trabalhada nesse novo documento
do Word e depois de finalizada, transposta para o seu livro original. Isso
previne que você desconfigure o seu livro durante o trabalho com a FC.

 

3- No arquivo
PDF, clique  no botão referente a
ferramenta “selecionar”, situado no menu superior. Depois, selecione
toda a FC. Feito isso, vá no menu “editar” e depois clique em
“copiar”.

 

4- No Word, vá
em “editar”, depois em “colar especial”, e depois marque
“colar” como “texto formatado (RTF). A sua ficha aparecerá no
documento. Certamente os dois primeiros parágrafos estarão em negrito, com fonte
tamanho 11 e o restante estará sem negrito, com fonte tamanho 10, o que é um
padrão grande para as dimensões do livro. Iremos então configurar tudo isso e
inserir o quadrado da FC, que não apareceu no Word.

 

5- Sempre no
Word, selecione o primeiro e segundo parágrafos, que estão em negrito, e
coloque o tamanho de fonte como 9. Depois, centralize-os. Selecione todo o
restante e coloque o tamanho de fonte como 8.

 

6- Coloque o
cursor ao final da segunda linha da FC (a última linha em negrito) e dê dois “enter”,
criando mais duas linhas. Com o cursor na última linha criada, vá no menu
“tabela”, depois em “inserir” e depois em
“tabela”. Selecione inserir uma tabela com uma coluna e uma linha.

 

7- Arraste para
dentro da tabela criada todos os itens que estavam dentro do quadro, na FC
original.

 

8- Nessa fase,
apenas usando a barra de espaços e o botão “enter”, procure deixar os
itens que estão dentro da tabela exatamente na mesma posição que se encontram
dentro do quadro da FC original. Jogue para a direita o texto necessário, por
exemplo dando três espaços e mais ainda para a direita o que for necessário,
dando mais três espaços. Depois, separe a penúltima linha da última linha,
dando alguns “enter”.

 

OBS: Dentro da
tabela, não é necessário separar muito a penúltima linha da última. Uns poucos
“enter” são suficientes. Ajuste a altura da tabela de acordo com o
espaço que tiver disponível na página do seu livro onde a FC será inserida.

 

8- Arraste a
borda direita da tabela para dentro, reduzindo a largura da tabela, mas sem
alterar os parágrafos do texto que está dentro dela. Isso é feito porque a
tabela criada abrangeu toda a largura do documento e não é necessário uma
tabela tão grande assim.

 

9- Clique com o
cursor em qualquer lugar dentro da tabela, depois clique no menu
“tabela” e depois em “selecionar” e depois em
“tabela”. Com a tabela selecionada, centralize-a na página, clicando
no mesmo botão usado para centralizar os parágrafos.

 

10- Por fim,
selecione as duas últimas linhas que estão abaixo da tabela e centralize-as.

 

Pronto. Basta
copiar toda a FC que você acabou de editar e colar dentro do documento do seu
livro!


Leia Mais

Novos valores para registro de ISBN

Um dos autores daqui do Clube, o Vinícius Bonfim, nos chamou a atenção para uma informação que estávamos divulgando de forma atualizada: o valor cobrado pela Biblioteca Nacional para o ISBN.

O preço foi reajustado por eles, estando agora no seguinte patamar:

Cadastro como editor-autor: R$ 180,00

Número de ISBN (por título): R$ 12,00

Cabe destacar ainda que os autores do Clube não precisam mais adquirir o código de barras pela Biblioteca. Ao fazer a publicação aqui, o nosso sistema já gerará o código e o posicionará no local correto, na contracapa da obra.

Leia Mais

Cursos para download

Alguns autores entraram em contato conosco pedindo os cursos da Universidade do Autor em formato para download/ impressão.

Por conta disso, disponibilizamos todos eles em um site de compartilhamento de apresentações, o SlideShare.net (http://www.slideshare.net/clubedeautores ).

Todas as nossas aulas estão disponíveis no site – como também estão nas Páginas de Autores.

Neste último caso, perceba que, no menu, ao passar o mouse em “Cursos online”, um submenu se abrirá com o título “Apresentações”. Basta clicar nele para baixar os cursos.

Boas aulas!

Leia Mais