Inscreva-se no Jabuti

Já falei bastante aqui no blog sobre prêmios e concursos literários – e sobre a importância de se selecionar os mais sérios para se participar. Pois bem: reforço aqui a mesma dica que postei há menos de um mês: participe do Prêmio Jabuti.

Não, ele não é dos mais baratos. A inscrição de um romance beira os R$ 400,00. Mas há a contrapartida: é, de longe, o prêmio de maior prestígio do mundo editorial brasileiro.

E é, portanto, uma oportunidade do seu livro dividir o mesmo justo parâmetro com outros livros dos mais renomados autores brasileiros.

Leia Mais

As vidas nos livros

Sempre tive dificuldades em entender a tristeza profunda com a vida – aquela que faz as pessoas se sentirem dormentes, estéreis de felicidade, mergulhadas na mais completa falta de expectativas.

Não duvido da existência da depressão, claro: apenas tenho dificuldades em entender. O motivo?

Olho em torno de mim para a minha pequena estante de livros. Há, nela, oportunidades singulares de se mergulhar nos mais diversos tempos, de se compartilhar com personagens incríveis as mais diversas aventuras traçadas pelas mão dos mais geniais artistas.

Nessas oportunidades – em cada uma delas – há também o sempre bem-vindo efeito colateral de colhermos das histórias maravilhosas um pouco de autconhecimento, de entendimento sobre nós mesmos, de percepções sobre a vida.

E o que podemos fazer com isso? Viver as nossas vidas, claro. Escrever as nossas histórias como quisermos, livres dos tacanhos pensamentos alheios ou das sempre ridículas convenções sociais que caçam padrões até onde os padrões devem inexistir.

Como encaixar tristeza nisso? Se podemos viver tantas histórias de tantas pessoas em tantos diferentes tempos, se podemos aprender com um universo inteiro de sabedoria coletiva para escrever a nossa própria narrativa, porque não apenas sorrir e seguir?

Estou certo que há alguma resposta para isso – algo talvez mais químico ou biológico que psicológico que a minha própria ignorância não permite alcançar.

Mas, enquanto essa ignorância sobre a tristeza se alimentar de livros e escolhas próprias calcadas na sabedoria da literatura, confesso que me esforçarei ao máximo para mantê-la.

Nesse caso, ao invés de procurar alguma luz que me aponte o caminho da escuridão, apenas abrirei um livro qualquer e farei o que mais amo na vida: começarei a ler.

Leia Mais

A janela da normalidade

Talvez não tenha sido da maneira que desejávamos, mas a Copa “finalmente” acabou.

Não digo “finalmente”‘com nenhum ar de alívio: vibrar com o desenrolar de uma história tão cheia de protagonistas – e em tempo real – é uma daquelas oportunidades que devem ser aproveitadas ao máximo. Mas, é fato, as atenções do país inteiro foram sugadas pelo clima da Copa por pelo menos um mês, dificultando o terreno para escritores e profissionais do livro empenhados em lançar as suas histórias, sobre os seus temas, para as suas parcelas de público.

Pois bem: há uma janela de oportunidade agora. Não diria que seja uma janela ampla: já já entraremos em clima de eleições ultra-polarizadas que, provavelmente, dragarão mais atenções que a própria Copa.

Mas, ainda assim, há uma janela.

O que fazer com ela?

A resposta parece óbvia.

Lance seu livro agora.

Leia Mais

ISBN, ISBN, ISBN

Só um lembrete fundamental: ISBN nunca foi tão importante para autores independentes quanto hoje.

Por que? Resposta bem direta: sem ele seu livro simplesmente não será distribuído nas livrarias que trabalham conosco, incluindo Cultura, Amazon, Estante Virtual e outras.

E isso significa fechar as portas para mais de 10 milhões de leitores – pelo menos – que compram mensalmente por esses sites.

Ainda não tem o seu? Vá a isbn.bn.br e siga você mesmo o processo para fazer o registro do seu livro. É fácil e, sem dúvida alguma, vale a pena.

Leia Mais

Promoção em todos os impressos do Clube!

Desde hoje, dia 6, até o dia 13, todos os impressos do Clube estarão com desconto de até 20%!

Vamos às regras:

1) Todas as obras impressas publicadas no Clube já estão incluídas na promoção;

2) Os descontos variam de acordo com a paginação de cada obra (sendo, portanto, diferente para cada uma);

3) Os descontos não abrangem os direitos autorais. Ou seja: independentemente do montante cortado no preço, os direitos autorais permanecem rigorosamente os mesmos e os autores não serão prejudicados em nenhum aspecto. Caso queiram ampliar as quedas de preço no período mexendo nos direitos autorais, os próprios autores deverão fazê-lo indo a Sua Conta > Livros Publicados, clicando em “gerenciar” e em “editar direito autoral”.

4) O desconto durará até o final da sexta, 13/05!

Boas vendas e bons presentes!!!

Leia Mais