O futuro do storytelling 2: Além deste lugar

Que tal usar storytelling como remédio para “curar” problemas como racismo e desigualdade social? O poeta, educador e ativista Clint Smith compartilha sua experiência a partir de uma penitenciária no estado americano do Massachussetts. O raciocínio – como quase tudo que é inovador – é óbvio: fazer cada um contar as suas próprias histórias explorando as nossas emoções e despertando as emoções dos outros.

Confira abaixo:

[vimeo 134752559 w=1024 h=576]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *