Ensinando matemática a crianças

Matemática não é, exatamente, o tema central aqui do blog. como parte do Clube de Autores, falamos de livros de maneira ampla, de paixão por literatura e por todos os frutos que uma imaginação bem aguçada pode gerar para qualquer um. Histórias, em nossa opinião, não apenas salvam vidas: elas criam vidas.

Mas – e passei a semana passada postando sobre isso – não há como se ter bons leitores adultos se o hábito não for cultivado desde a infância. Minha tese é simples: jogue a criança no meio das histórias que estiver contando a elas e você fatalmente colherá frutos excepcionais.

Fui buscar nas palestras do TED – sempre uma excelente fonte de inspiração – algum tipo de experiência que comprovasse essa tese. Por enquanto – e friso o “por enquanto” – não achei nada focado em literatura – mas encontrei um exemplo perfeito no ensino da matemática.

Eis um dos grandes gênios da área, Conrad Wolfram, e uma tese: criar situações reais com computadores para envolver a atenção das crianças que, assim, passam a buscar uma solução para um problema (ao invés de para uma fórmula). O paralelo com minha tese, se assim puder chamá-la? Mesclar fantasia a realidade e deixar a criança no centro de uma situação, tirando-a do posto de uma mera observadora.

Não entendeu? Veja a palestra abaixo:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *