Autor do Clube, George dos Santos Pacheco é eleito para a Academia Friburguense de Letras

O escritor friburguense George dos Santos Pacheco, autor de Uma Aventura Perigosa (2015) foi eleito para uma cadeira na Academia Friburguense de Letras. O anúncio foi feito pelo presidente da AFL durante a solenidade de premiação do Concurso Nacional de Literatura Heitor Villa-Lobos, que aconteceu no Auditório da Câmara Municipal de Nova Friburgo no dia 11/12. O evento celebrou também a entrega do título de Benemérito da Casa de Salusse a Luiz Fernando Bachini, presidente do Nova Friburgo Futebol Clube (NFFC) e contou com a apresentação do Coral da Academia Friburguense de Letras.

Pacheco é autor do Clube de Autores, e tem textos publicados em diversos sites, tendo sido premiado em 1º lugar, na categoria crônica, e em 2º lugar, na categoria conto, no 1º Concurso Literário da Câmara Municipal de Nova Friburgo, Troféu Affonso Romano de Sant’anna. Em 2014, teve seu conto “A Dama da Noite” adaptado para um curta metragem homônimo e em 2015, publicou o conto “Tarde demais para Suzanne” na antologia Buriti 100, e o romance “Uma Aventura Perigosa”, além de ser premiado em 3º lugar, na categoria Prosa, com o conto “O Dono do Bar”, no I Concurso de Prosa e Poesia de Bom Jardim – RJ. É também autor de O fantasma do Mare Dei (2010) e Sete – Contos Capitais (2015).

Uma Aventura Perigosa narra a história de Max de Castro, um funcionário público insatisfeito com trabalho e com problemas no casamento. Após uma crise de estresse em pleno expediente, incentivado por um psicanalista em um programa de entrevistas, escreve uma carta confessional, que deve ser escondida e destruída em 24 horas, mas a mesma desaparece, antes que ele pudesse fazê-lo.

Começa então o inferno de Max, angustiado pela possibilidade de seus maiores segredos serem descobertos, ou por sua esposa, ou por sua cunhada, a jovem Sophia, por quem se sente fortemente atraído. Uma série de coincidências atinge a vida de Max e ele descobre que nem tudo que ele sabe é verdade, e que todos tem segredos que precisam ficar escondidos a sete chaves.

No romance ‘Uma aventura perigosa’, George dos Santos Pacheco descreve de forma audaciosa e sem pudores as aventuras sexuais do “orgulhoso, impulsivo, e machista” Max de Castro, que se envolve com diversas mulheres ao longo da trama: jovens, universitárias e prostitutas. Com toques de humor e sarcasmo, Pacheco narra a impossibilidade de sair ileso a qualquer relacionamento, garantindo grandes surpresas aos leitores.

A posse do novo acadêmico deve ocorrer em março de 2016 em data a ser divulgada pela Casa de Salusse.

FB_IMG_1450702401825

4 comentários em “Autor do Clube, George dos Santos Pacheco é eleito para a Academia Friburguense de Letras

  1. Parabéns, merecidamente a um grande homem, que vai enaltecer ainda mais, a classe literária e a nossa cidade, admiro-o e serve de inspiração para todos, isto é, querer é poder.

  2. PARABÉNS GEORGE! SUA ELEIÇÃO VALORIZA AINDA MAIS A CLASSE DOS ESCRITORES. E NOS ALEGRA A TODOS QUE OPTAMOS PELO OFÍCIO DE ESCREVER, PRINCIPALMENTE A NÓS QUE FAZEMOS PARTE DO CLUBE DE AUTORES.

    1. Obrigado, Antonio!
      As nossas maiores limitações estão em nossas próprias mentes. A eleição lisonjeia pelo reconhecimento, é gratificante e quebra paradigmas sobre os autores independentes. Podemos sempre muito mais.
      Ao infinito e além!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *