Vídeos, vídeos, vídeos

Nós já falamos algumas vezes aqui sobre booktrailers. Apesar de serem uma ferramenta relativamente pouco utilizada – e, quando utilizada, feita com um nível de profissionalismo menor que o necessário – elas tem um peso forte na decisão de compra do leitor.

E isso não se dá apenas pelo trailer em si: se dá pelo formato. Veja no infográfico abaixo, infelizmente apenas em inglês. Agora acompanhe o raciocínio:

1) O que todos nós, escritores, queremos fazer, é contar histórias. Perceba que, aqui, uso o termo “queremos fazer”. Sim, porque o ato de contar histórias requer um elemento que não depende tanto assim da história: o ouvinte (ou leitor). Na prática, nós escrevemos histórias – e nos esmeramos para achar um público que se interesse para que possamos contá-las.

2) Públicos, hoje, estão dispersos pela Web e à mercê de zilhões de ofertas de conteúdo.

3) Qual a melhor maneira de atrai-los? Usando todas – ABSOLUTAMENTE TODAS – as ferramentas de marketing que estiverem ao nosso alcance.

4) Obviamente, cada ferramenta de marketing tem sua eficácia intimamente ligada à forma com que é utilizada. Mas, isto posto, se terá mais sucesso utilizando uma ferramenta já largamente aceita por uma maioria. Certo?

É onde entra o vídeo.

Agora reveja o infográfico abaixo. Alguma dúvida sobre a relevância de utilizar vídeos para divulgar a sua obra?

video-marketing-infographic

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *