Sabe quantos ebooks foram vendidos no Brasil?

1,4 milhão – apenas nos últimos 6 meses, diga-se de passagem, de acordo com matéria publicada no Olhar Digital, do UOL. Os dados referem-se ao período de junho a novembro de 2012 e traçam um gráfico mês a mês.

O curioso é que o crescimento não é exatamente linear, mas sim feito por picos e vales em um cenário que se desenha, tipicamente, quando há embates quase que ideológicos entre tecnologias e curvas de adoção. Veja abaixo:

Aqui, no Clube, estamos notando um avanço nítido de ebooks – o que não significa, necessariamente, um declínio do livro impresso. Na prática, há um inquestionável aumento de vendas de livros eletrônicos, mas, desde que o Clube começou, as vendas de impressos nunca pararam de crescer.

A conclusão que se pode tirar com isso chega a ser óbvia: o gosto por livros é que tem crescido no país como um todo, sendo que a diversificação em formatos só tem ajudado a contribuir. Para autores, fica o conselho que sempre demos, em todos os momentos: publique o seu livro em todos os formatos possíveis. Afinal, o que interessa é que você seja lido – e não que seja lido apenas em formato físico ou eletrônico… certo?

11 comentários em “Sabe quantos ebooks foram vendidos no Brasil?

  1. Clube, voces poderiam checar se meu livro OUSEI DESAFIAR O DESTINO ja está disponivel pra venda na google play? E o respectivo link?

    Abraços!

    1. Oi Gustavo! Encontramos seu libro na busca do Google Books, mas não no Google Play. Posso te pedir um favor? Manda um mail para atendimento@clubedeautores.com.br informando título e data aproximada q fez a autorização para comercializarmos por lá? Assim já pesquisaremos e resolveremos mais rapidamente!

    1. Com certeza Joaquim! A escolha é sempre do autor aqui no Clube. Até por uma questão de ideologia, nós nunca exigimos ou exigiremos nenhum tipo de exclusividade. Seja bem vindo!

  2. Eu tenho alguns eboocks que eu tenho o direito de revenda, posso coloca-los na loja do clube dos autores tambem?
    Grato e obrigado por ajudarem pessoas que temos este sonho de ser um autor.
    Meus parabens.

    1. Oi Diego! Se você for o autor, sim, pode sim. Caso contrario, precisamos que nos envie uma carta do autor atestando que tem o direito de publicação e comercialização plena das obras, ok?

  3. Prezados,
    E qual a arma para que um ebook não seja pirateado?
    Autores de obras técnicas ou acadêmicas sofrem com este risco e tenho notado que muitos evitam a versão eletrônica justamente por isso.
    Há alguma solução para ao menos reduzir o risco?

    1. Infelizmente, Marcio, não. Pelo menos do ponto de vista prático. Mesmo a experiência com sistemas de prevenção a pirataria (DRMs) é muito ruim pois, de tão restritivas, elas acabam causando problemas até para o leitor que fez a compra legalmente.

      Por outro lado, mesmo considerando a pirataria, ebooks acabam atingindo mercados maiores e viabilizando uma escala de vendas mais ampla.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>