Escrever no papel é diferente de escrever no vídeo

Recentemente, nos deparamos com uma espécie de experiência publicada no Vimeo por um grupo português. Na prática, trata-se de uma poesia transformada em curta-metragem filmado ao vivo pelas ruas da belíssima Lisboa.

Na descrição, o grupo fala que “escrever no papel é diferente de escrever no vídeo” – mas, seja como for, o próprio conceito de contar histórias nasceu de uma tradição oral que parece estar se perdendo no tempo. Vale a pena, portanto, conferir esse belo filme: Só de Mim, do grupo Diffuse:

Só de mim from Diffuse on Vimeo.

Leia Mais

O que você fará se o mundo não chegar ao fim?

Segundo os Maias e mais milhares de místicos, o mundo fatalmente chegará ao fim no próximo dia 21.

Se você é membro do Clube, então provavelmente já escreveu um livro. Tem filhos? Plantou alguma árvore? Caso negativo, é bom acelerar bastante essas “tarefas” consideradas essenciais para se marcar bem a existência nesse nosso planeta.

Mas, se o ano não chegar ao fim, o que você pretende fazer em 2013? Que resoluções carrega em sua mente? Quantos livros vai escrever? Quantos sorrisos e choros – preferencialmente de alegria – pretende esbanjar?

Sejam o que for que estiver planejando, esperamos poder fazer parte publicando e ajudando a levar as suas histórias para o mundo ;-)

Leia Mais

Que tal entender o Natal – pelos livros no Clube?

O Natal está chegando – como se pode perceber pelo clima e pelas decorações que estão enfeitando praticamente todas as cidades brasileiras. Mas… ao invés de tratar este Natal como qualquer outro, que tal mergulhar um pouco mais na data e na imensidão de histórias que ela oferece?

Apenas aqui no Clube temos cerca de 20 títulos que falam sobre essa época mágica do ano – e que fazem, digas-se de passagem, um presente perfeito!

Veja alguns exemplos abaixo, com as suas sinopses:

Natal, por Luan Araujo: Daniel é um adolescente comum que é surpreendido por um evento inesperado. No dia 23 de dezembro, ele, junto com sua irmã e seu melhor amigo, é levado até o Pólo Norte por um duende. Lá ele descobre que o Natal não é uma data tão comum quanto parece, e que todo ano uma pessoa é selecionada para fazê-lo acontecer. E ele é o escolhido da vez. Agora ele tem menos de dois dias para viajar através dos cinco continentes e recolher os cinco objetos responsáveis pela execução do Natal. Mas uma entidade sinistra dentro do Pólo Norte está determinada a fazer com que ele falhe em sua missão, e Daniel se vê obrigado a esquecer os seus problemas pessoais, como o sequestro do seu irmão, para sair de situações que colocam em risco sua própria vida, descobrir a verdade por trás da sabotagem do Pólo Norte e salvar a data mais importante do ano antes da meia noite do dia 24 de Dezembro.

Receitas Saborosas – Especial de Natal e Ano Novo, por Rose Meire: Se você ainda não sabe o que vai fazer para as festas de confraternização de final de ano. Então, este é o momento para você começar a se programar e evitar deixar para a última hora todos os preparativos necessários para que tão importante evento seja um sucesso. Rose Meire compartilha, neste livro, uma série de receitas culinárias que irão lhe ajudar a definir o que você irá oferecer a seus adorados entes queridos. Com planejamento antecipado nada será esquecido e você ficará livre de aborrecimentos e poderá aproveitar sua festa da melhor maneira possível. O livro traz sugestões de cardápios para as Ceias de Natal e Ano Novo, alguns mais elaborados e outros mais simples. Porém, todos foram selecionados visando oferecer o melhor para seus familiares e amigos que estarão reunidos em torno de uma mesa farta e saborosa. Nenhum detalhe foi esquecido e você só terá que escolher, preparar e aguardar os calorosos elogios que, com certeza, virão em grande quantidade e de maneira espontânea.

Histórias de Natal, de Maria Hilda de J. Alão: Quando Mariana dobrou a esquina, no final da rua onde morava, deu de cara com Alfredo, um menino levado e conhecido pelos seus maus modos. Ele ria das outras crianças, punha apelidos jocosos nos colegas, irritava a professora mascando chiclete e fazendo bola para estourá-la bem no momento da explicação das quatro operações de matemática, mancava imitando o Juquinha que estava de perna engessada, era um garoto …….

Gostou? Então acesse já o Clube e mergulhe nessas e nas tantas outras obras relacionadas a esse mágico 25 de dezembro ;-)

Leia Mais