Amanhã, Lourenço Mutarelli participa do Palavra Inquieta, do Clube de Autores

Magnetizado pelo cinema alemão (principalmente Herzog) e por um filme em especial, As três coroas do marinheiro, de Raul Ruiz (realizado em co-produção Chile e França), contaminado pela literatura de Kafka e Dostoievski e embriagado pela música de Carlos Gardel, Lourenço Mutarelli gerou um grande número de heróis atípicos das histórias em quadrinhos. Personagens que parecem viver em uma dimensão muito próxima à nossa, envolvidos pela depressão urbana quando são capturados para viverem momentos cruciais (e muitas vezes terminais) de suas vidas.

O artista, que viveu sérias crises de síndrome do pânico, usa suas histórias em quadrinhos como a melhor forma de comunicação que encontrou com o mundo externo. Foi desenhando que descobriu que as outras pessoas podiam entender o que sentia e como via a vida ao seu redor. A expressividade do preto do nanquim sobre a folha branca do papel (técnica preferida por ele) ampliou o realismo fantástico e sofrido de seus personagens.

É com esses dois parágrafos que o site de Mutarelli abre a descrição de sua biografia (clique aqui para ver): pintando com letras a imagem de um artista denso, por vezes sombrio e sempre muito, muito interessante. Autor de obras como O Cheiro do Ralo e O Teatro de Sombras , ele participará de um bate-papo ao vivo com autores do Clube amanhã, terça-feira, 19/07, às 19:00.

Da mesma forma que na semana passada, quando o programa inaugurou a sua versão presencial e ao vivo com Marcelino Freire, o local será na Av. Brigadeiro Faria Lima, 3624, em São Paulo. Para ir, basta enviar um email com antecedência para atendimento@clubedeautores.com.br , enviando nome e RG completo. A entrada, claro, é franca.

Mas não estar em São Paulo certamente não será desculpa para perder o papo com Mutarelli, que contará um pouco sobre a sua carreira, sua trajetória de vida e, claro, compartilhará dicas importantes com os demais escritores. Tudo poderá também ser acompanhado a partir da nossa página no Facebook, que garantirá transmissão ao vivo em vídeo e permitirá uma interação via chat. Para acessar a transmissão, basta ir à página do Clube no Facebook e clicar no item “Palavra Inquieta”, no menu esquerdo. Ou, se preferir, basta também clicar diretamente no link http://www.facebook.com/pages/Clube-de-Autores/123478361028950?sk=app_142371818162

Bom evento!

Leia Mais

Projeto Vivaleitura encerra suas inscrições em 20/07

Normalmente, quem escreve é, acima de tudo, um amante da literatura. Afinal, antes de ser um contador de histórias, um escritor bebe de fontes que podem variar de Kafka a Machado de Assis, passando por poetas como Drummond, por mestres como Manoel de Barros e por tantas, tantas outras fontes de inspiração.

Incentivar a leitura é, portanto, uma forma fundamental de se incentivar toda a cadeia de produção literária nos mais diversos cantos do país. E não é sempre que conseguimos enxergar ações concretas do governo que remem no mesmo sentido que a comunidade literária.

Dentre as honrosas exceções, destaca-se o projeto Vivaleitura, destinado a premiar iniciativas que tenham contribuído de forma decisiva para o fortalecimento do hábito da leitura no Brasil.

Segundo o site:

(O projeto Vivaleitura) é uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC), do Ministério da Cultura (MinC) e da Organização dos Estados Ibero-americanos para Educação, Organização dos Estados Ibero-americanos para Educação, a Ciência e a Cultura (OEI), com o patrocínio da Fundação Santillana, e com o apoio do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e da União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime). O Prêmio VIVALEITURA faz parte do Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL).

Todos os anos, são premiados trabalhos nas seguintes categorias: 1) “Bibliotecas Públicas, Privadas e Comunitárias”; 2) “Escolas Públicas e Privadas”; e 3)”ONGs, pessoas físicas, universidades/faculdades e instituições sociais”, que desenvolvam trabalhos na área de leitura. Em cada categoria, os vencedores recebem um prêmio no valor de R$ 30 mil.

Na categoria Sociedade, há a distinção da Menção Honrosa a ser atribuída a projetos de empresas com foco no tema “formação de mediadores de leitura”. A distinção abrange programas e projetos de apoio, promoção e patrocínio, na área de leitura, desenvolvidas por empresas, públicas ou privadas. O projeto que se destacar por sua abrangência, permanência confirmada e alta relevância será considerado merecedor da Menção Honrosa.

As inscrições estão abertas para todos até o dia 20 de julho, premiando com R$ 30 mil o projeto vencedor.

Mas o interesse no assunto deve ir além do prêmio em si: o fomento de iniciativas assim interessa a absolutamente todos os autores brasileiros, que devem acompanhar cada um dos casos e, na medida do possível, apoiar e participar.

O site do projeto deixa todas as informações claras e apresenta inclusive os vencedores das edições passadas, no que recomendamos fortemente que se acesse e navegue. Para tanto, basta clicar aqui ou na imagem abaixo – conhecer uma iniciativa como essa e divulgá-la, afinal, é também uma forma importante de apoio!

Leia Mais

Fotos da nossa casa na Flip já estão disponíveis no Facebook #clubenaflip

Alguns autores nos deram um puxão de orelha sobre a falta de fotos da nossa casa e dos eventos lá na Flip. Todos estão certos – mas o fato é que a Internet em Paraty estava tenebrosa (para dizer o mínimo) e conseguir banda para subir imagens era algo realmente inviável.

Bom… mas a Flip chegou ao seu término, nós já estamos de volta a SP e não há mais desculpas. Certo?

Postamos ontem mesmo algumas primeiras fotos e, hoje, subimos mais algumas dezenas.

Se você acompanhou a nossa cobertura textual no blog, então já sabe como foram os 4 (incríveis) dias em Paraty (e, claro, já deve se programar para o ano que vem).

Se quiser, agora, ver um pouco de como foi o evento, então basta acessar a nossa galeria diretamente no Facebook, clicando aqui, no mosaico abaixo ou indo diretamente ao link http://www.facebook.com/media/set/?set=a.215884055121713.53696.123478361028950&saved

Em mais alguns dias, mais material para o evento será postado por aqui também!

#clubenaflip

Leia Mais

Palavra Inquieta estreia novo formato com a presença de Marcelino Freire

Autor fará pré-estreia virtual de seu novo livro “Amar é Crime” em encontro do Clube de Autores

Sucesso na web, a série de encontros realizada semanalmente pelo Clube de Autores – Palavra Inquieta – ganha a partir da próxima terça-feira, dia 12, às 18h30, mais um formato. Além da transmissão online e gratuita, através da página do site no Facebook, os interessados poderão assistir aos bate-papos, que passam a acontecer num espaço cultural, localizado na Av. Brigadeiro Faria Lima, 3624, em São Paulo.

Para estrear o novo formato, o escritor pernambucano Marcelino Freire, vencedor de um prêmio Jabuti em 2006 na categoria “Contos”, fará a pré-estreia virtual de seu novo livro “Amar é Crime”, que será lançado oficialmente no dia 13 de julho. Em entrevista exclusiva para a platéia do Clube de Autores, Marcelino Freire falará sobre o livro, sobre o projeto “Balada Literária” e outros temas de interesse do público.

Para participar dos encontros do “Palavra Inquieta”, basta enviar um email para atendimento@clubedeautores.com.br, informando nome completo e RG até o dia 11 de julho. As vagas são limitadas. Na Internet, basta acessar a página do Clube de Autores no Facebook, no link http://www.facebook.com/pages/Clube-de-Autores/123478361028950?sk=app_142371818162

Leia Mais

Casa do Clube encerra a Flip com sarau e sociedade secreta de escritores #clubenaflip

Sexta-feira à noite. Por volta das 20:00, um grupo grande de poetas, músicos e escritores marcou presença na Casa do Clube de Autores, aqui em Paraty, para realizar um sarau regado a interpretações marcantes, versos densos e vozes cruzando os ambientes. O primeiro encontro do gênero aqui em nossa casa foi uma espécie de presente da Off Flip e para o qual ficamos todos muito, muito agradecidos.

As poesias adentraram a noite e foi apenas quando a madrugada começou a marcar a sua presença que o encontro se dissipou em sorrisos e promessas de reencontro para todos os lados. Uma forma ímpar, para dizer o mínimo, de encerrar a nossa penúltima noite em Paraty.

A literatura independente, no entanto, exigiu que a agenda do dia seguinte fosse seguida à risca.

No sábado, dois grandes assuntos regeram a pauta: o Fórum dos Escritores, organização feita para organizar a classe em busca de benefícios junto à sociedade e ao governo, e a Sociedade Secreta de Escritores.

Para ambas, Hiago Finkermann participou de um bate-papo com autores dos quatro cantos do país e de todas as idades contando sobre as iniciativas e sobre como escritores independentes podem se aproveitar.

E foi assim que o último encontro de 2011 aconteceu em nossa casa: envolvendo as principais peças do ciclo de produção cultural em uma troca de experiências riquíssima.

Hoje à noite, o Clube participará de alguns eventos em torno de Paraty, seguindo de volta para São Paulo amanhã.

No total, mais de mil autores passaram pela nossa nesses últimos 4 dias, marcando as comemorações dos nossos dois anos de vida e mais de 10 mil títulos publicados.

Ano que vem certamente tem mais! A Flip, afinal, já faz parte da nossa história e da própria essência do Clube de Autores!

Até 2012, Paraty! #clubenaflip

Leia Mais