Concurso de MiniDramas "insere" o teatro em 140 caracteres

Há algum tempo, a tuitosfera foi dominada por pequenos (mesmo!) contos postados na rede. Levando a assinatura de #mdrama, tratava-se de um concurso cultural promovido pela SP Escola de Teatro e casando os novos hábitos de leitura com a produção artística.

Para concorrer, os participantes deveriam escrever peças de teatro nos apenas 140 caracteres do Twitter, acrescentando o #mdrama ao final.

No total, foram mais de 2 mil inscritos e uma quantidade incrível de textos criativos – como alguns dos que postamos aqui neste post, logo abaixo.

Gostaríamos de parabenizar a todos os tuiteiros-escritores – muitos dos quais tem obras publicadas aqui no Clube – e ficamos torcendo para que novos concursos como esse ganhem mais espaço e abram cada vez mais portas para os tantos talentos que existem no Brasil!

Veja alguns dos minidramas vencedores abaixo. Para ver o site da SP Escola de Teatro e o texto completo sobre o concurso, clique aqui ou acesse diretamente o endereço http://www.spescoladeteatro.org.br/noticias/ver.php?id=393

Umas pingas na cabeça, rosas na mão, um tapa na cara: errou a porta de
casa e entregou o presente à mulher do apartamento vizinho. #MDRAMA
@Gasparneto

Avisou – pode cortar.Riram.Sempre relutara.Agora decidira.Corte bem
curto.Olhou a nuca exposta.Suou.Rezou.Tomara que o tempo vôe.#MDRAMA
@Ledarezende

Correu muito. Caiu no meio da rua. Cortou a mão. Quebrou uns dentes.
Chorou. Gritou. Nem assim conseguiu alcançar o carro da pamonha #MDRAMA
@CarlosNunnes

Escondido no banheiro da empresa, longe de todos, deleitava-se com uma
latinha de leite condensado. Pequenas alegrias clandestinas. #mdrama
@cecilia_tanaka

Assiste a TV, tranquilamente. Gritos de “socorro” vêm do vizinho. Aumenta o volume. #mdrama
@lmaitan

3 comentários em “Concurso de MiniDramas "insere" o teatro em 140 caracteres

  1. Tenho tentado sem sucesso me comunicar com o clube dos autores, para ter a seguinte resposta o clube dos autores tem condição de publicar livro colorido, didatico. se alguem poder me responder, mande uma mensagem para mim

  2. Sim, muito divertido ler e principalmente escrevê-los.

    Lobo

    Enquanto esperava Chapéuzinho comeu a vovozinha, que pediu bis!#nanoconto

    Abraço,

    Orácio Felipe
    O Príncipe que Gostava de Livros

  3. Oi Cássio. Você mandou email pelo nosso Fale Conosco? Caso positivo, pedimos que cheque a resposta na lixeira eletrônica ou em sua caixa anti-spam – nós sempre respondemos a todas as mensagens (normalmente, aliás, em menos que uma hora). Pelo que checamos agora, inclusive, não há nenhuma mensagem pendente…

    De toda maneira, vamos à resposta: não temos nenhuma restrição quanto a temas. O livro pode ser didático ou não – quem decide isso é o autor. Só que ainda não publicamos a cores por conta de custos de impressão colorida, que são muto mais altos. Estamos finalizando um processo de negociação que permitirá que os autores escolham entre lançar um livro em PB ou a cores. Haverá, sim, uma diferença nos custos – mas ainda não temos a tabela fechada aqui e a nossa previsão é que isso entre no ar em 1 ou 2 meses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *