Quando o Brasil começou para o mundo

Enquanto o mundo se contorcia em guerras para romper com um passado arcaico, o Brasil permanecia, para muitos, como um dos últimos grandes mistérios do planeta.

Até o princípio do século XIX, os nossos portos (e portas) eram praticamente exclusivos da Coroa Portuguesa, despertando apenas o interesse daqueles que já começavam a tomar intimidade por quase todo o nosso hemisfério – exceto pelas terras tupiniquins.

Até que, nas primeiras décadas de 1800, estrangeiros dos mais diversos países começaram a desembarcar no Brasil e a descrever as nossas terras, fauna, flora e costumes para o mundo. De certa maneira, esta época marcou a abertura artística da nossa terra, erguendo as cortinas e exibindo aos olhos do mundo as preciosidades que apenas Portugal conhecia.

Este é o tema do livro O Rio de Janeiro sob o olhar dos viajantes estrangeiros, de Vinícius Cranek Gagliardo. Ao longo de suas 139 páginas, o livro “se propõe a dar ao leitor uma visão das impressões do Rio de Janeiro do
início do Oitocentos que os aventureiros estrangeiros construíram em
suas narrativas, impressões que passam pela descrição das ruas, das
casas, dos hábitos e costumes da população; em suma, do que seria viver
no Rio de Janeiro entre 1808 e 1821.”

Para quem se interessar, o livro pode ser visto clicando aqui ou acessando diretamente o link http://clubedeautores.com.br/book/6362–O_Rio_de_Janeiro_sob_o_olhar_dos_viajantes_estrangeiros

Leia Mais

Mudanças no controle de vendas

Desde que iniciamos as nossas operações, o autor sempre pôde acompanhar as suas vendas online. Para tanto, bastava acessar o Meu Espaço > Meus direitos autorais, podendo ainda montar filtros por ano ou mês.

Todavia, existia uma outra área no site que acabava confundindo um pouco: a relação de livros em Meu Espaço > Livros Publicados. Lá constava sempre a informação do número aproximado de vendas.


Este número aproximado quase sempre diferia do real, pois considerava tanto os livros efetivamente vendidos como os que estavam em vias de (por exemplo, com boletos que haviam sido gerados mas ainda não pagos). Para evitar confusão, nós acabamos de adequar a informação na lista de livros publicados. Agora, ao invés de mostrar o número aproximado (incluindo pedidos confirmados e em aberto), ela exibe apenas os livros efetivamente vendidos, servindo de espelho da área de direitos autorais.

Esta continua sendo, todavia, o local central onde se pode verificar o extrato completo de vendas e pagamentos feitos por nós.

Leia Mais

Clube de Autores no Youtube

Faz algum tempo, montamos um canal nosso no Youtube. A idéia é simples: reunir alguns vídeos com dicas, depoimentos e conteúdos relevantes para autores de todo o país.

Temos cerca de 20 vídeos no canal – alguns nossos, outros selecionados do próprio Youtube. Ainda é pouco – mas certamente vamos aumentando este número com o tempo.

E, para isso, contamos também com a colaboração da própria comunidade de autores. Quem quiser colaborar e enviar algum link para vídeos sobre o mercado editorial, com dicas, opiniões e assim por diante, por favor mande as sugestões para o nosso atendimento (atendimento@clubedeautores.com.br).

Quem quiser passar para dar uma olhada no nosso canal, o endereço é simples: www.youtube.com/clubedeautores ! E sejam todos bem-vindos!

Leia Mais

Ano novo, cara nova ;-)

Demorou, mas saiu. Com base em muitos, muitos comentários, sugestões de usuários, análises de estatísticas de acesso e testes de usabilidade, finalmente lançamos a nossa nova primeira página.

Quem acessar agora já verá as seguintes mudanças:

1) A busca foi reduzida para um campo simples de texto. Pode-se buscar por título ou autor e o resultado será encontrado na hora.

2) Menu vertical. Muitos usuários tem os seus gostos específicos por uma categoria ou tema literário. Assim, toda a navegação por tema era prejudicada no passado. A partir de agora isso já muda de figura: o menu vertical apresenta todas as categorias temáticas e, para ajudar, já apresenta a quantidade de livros parte delas.

3) Até então, a única maneira de navegar pelo Clube era pelo conjunto de obras mais recentes (além dos dois mais vendidos que ficavam no destaque). A partir de agora, já é possível reordenar todos os resultados por “mais vendidos”, “mais comentados”, “título”, “preço” e, claro, “mais recentes”. Isso tudo em geral (abrangendo todas as categorias) ou dentro de alguma categoria específica.

4) O blog, nosso canal oficial de comunicação com o público, passa a ganhar um espaço de mais destaque – os três últimos posts ficarão sempre presentes na home.

5) Além dele, os nossos outros pontos de presença nas mídias sociais – destacando Facebook, Twitter e Páginas de Autores, também ganham destaque.

E ainda tem mais mudança a caminho, nas mais diversas áreas. Que venha 2010!

Leia Mais