Vencedores do Prêmio Jabuti

A CBL (Câmara Brasileira do Livro) já está divulgando a lista dos vencedores do Prêmio Jabuti – o mais festejado prêmio do universo literário brasileiro.

Na sua 51a edição, o Jabuti tem como objetivo prestigiar obras inéditas de autores brasileiros, divididos por uma série de categorias que vão desde romances a traduções, passando ainda por capas, literatura infanto-juvenil e assim por diante. Os vencedores ganham valores que variam de R$ 3 a R$ 30 mil, dependendo da colocação – e ganham, também, uma espécie de atestado de qualidade de sua obra que, certamente, abre incontáveis portas no mercado editorial.

Para checar a relação dos vencedores deste ano, clique aqui ou vá ao link http://www.cbl.org.br/jabuti/telas/resultado/resultado_categoria.aspx?f=2

E, claro, é sempre bom ir se familiarizando com o prêmio. A maior parte dos autores daqui do Clube tem obras inéditas e que certamente estão aptas a concorrer no Jabuti, tanto pela alta qualidade quanto por se encaixarem, tecnicamente, no regulamento.

Para quem interessar, cabe uma leitura do regulamento deste ano, disponível no link http://www.cbl.org.br/jabuti/telas/regulamento . Quem sabe não saem daqui alguns dos vencedores do Jabuti de 2010?

Capacidade não falta – palavra deste blogueiro que lê, mensalmente, pelo menos 4 dos livros publicados aqui no Clube!

Leia Mais

Obra de Elenilson Nascimento é elogiada pela crítica

Há pouco tempo, o autor Elenilson Nascimento publicou, aqui pelo Clube, a obra “Memórias de um Herege Compulsivo“.

Dado o teor da obra e o tanto que ela tem sido elogiada pelos leitores, decidimos, aqui no blog, reproduzir uma das críticas feitas a ela. O texto abaixo foi retirado do blog do autor, Literatura Clandestina, e foi escrito por Cristiane Pillar Cerchiano, professora universitária, crítica de cinema e literatura, colunista da Revista Nova Escola e escritora. 

—————

UM HEREGE EM UM MUNDO QUE PODE SER, OU NÃO, IGUALMENTE “CÃO”


“Numa frase que encontrei no livro: “E aquele cachorro queria apenas ser gente” – Elenilson me fez pensar que as histórias em livros de ficção estão mais próximas da realidade do que gostaríamos que fosse!”

Por Cristiane Pillar Cerchiano*
O autor baiano Elenilson Nascimento reuniu 30 contos no recém-lançado livro “Memórias de um Herege Compulsivo”
com um toque de ironia ferrenho, muito típico desse autor, e em alguns
deles, fez uma criativa releitura de alguns dos seus textos publicados
no seu blog Literatura Clandestina,
adaptando-os à linguagem feroz do livro, sem desviar-se da moral das
histórias, que enfatizam o que pode ser feito de bom com o respeito
devido à literatura.

Em muitos destes contos, Elenilson faz valer os milagres do cotidiano, como em “Cego num cubículo de pavões, “Manifesto defensivo e contraditório” e em “O inferno de todos nós”,
capturando-os para que não passem simplesmente como um fato comum,
assim como também o faz com as tragédias que assolam a
família/sociedade, descrevendo-lhes as consequências implacáveis, em “O vendedor de picolé que amava Capitu” ou no delicioso “Virgem por conveniência”, onde denota-se que o chamado destino é movido em grande parte por força superior.

Entre
outros contos, que às vezes parecem retratar apenas “trinta segundos”
na vida dos personagens; que apontam uma saída nada comum, como na
história do Miranda em “O homem que se espremia no traje da cor do mundo” em um momento de desespero; que mostram, como o autor descreve, “em desencontros e despedidas”.

Escolhi também destacar o conto “O menino que queria ser Waly Salomão”
a que se atreveu a descrever de forma suave e ao mesmo tempo profunda,
o controvertido sentimento de perda da infância… Será mesmo
sentimento? Eu mesmo não consegui descrever e me confundir no meio das
minhas próprias conclusões. Elenilson foi simplesmente perfeito. E se
realmente isso existe, ele o foi. Pois que, já no meio do livro,
houvemos por bem chamar de “saudade” desses páginas do herege, onde
senti-las é quase o mesmo de não se sentir sentindo.

Já entre os
contos mais políticos – não sendo de forma alguma politicamente
corretos – descobre-se que uma “inocente” e escorregadia estória, em “A teus pés”,
na verdade, é um caso de amor ilícito com um sequestrador, num
tumultuado enredo cheio de violência, amor e sexo. Numa frase que
encontrei no livro: “E aquele cachorro queria apenas ser gente”
– Elenilson me fez pensar que as histórias em livros de ficção estão
mais próximas da realidade do que gostaríamos que fosse! O cânon do
gênio e seus três pedidos coloca em discussão as dificuldades entre
escolher ser humano ou permanecer cão… Em um mundo que pode ser, ou
não, igualmente “cão”.

Minhas observações finais e não menos
importantes: Elenilson Nascimento é um autor que trouxe a fantasia à
realidade em contos inspirados, suados e sofridos e fez com que as
notícias de jornais (crônicas mundanas) nos pedissem sua parcela de
sonhos para continuarem tendo sentido em sua existência, e também em
sua missão de registrar o cotidiano da humanidade.

————————–

Para adquirir a obra, clique aqui ou acesse o endereço http://clubedeautores.com.br/book/5077–MEMORIAS_DE_UM_HEREGE_COMPULSIVO_

Leia Mais

Lançamento de livro reune políticos e marketeiros em Brasília

Em tempos de crescimento explosivo de Internet, do sucesso da campanha do atual presidente americano, Barrack Obama, e às vésperas das eleições brasileiras, é natural que o casamento entre Web e o pleito comece a tomar corpo.

E foi exatamente isso que aconteceu na noite desta terça-feira, 22/09, em Brasília, com o lançamento do livro “Eleições 2008: o Brasil e o efeito Obama“, de Gustavo Fleury, pelo Clube de Autores.

Jornalista, escritor e assessor de imprensa no congresso nacional, Gustavo analisou toda a campanha eleitoral de 2008 no Brasil e nos Estados Unidos, comparando posicionamentos e ações de candidatos de São Paulo, Belo Horizonte, Salvador, Rio de Janeiro e Porto Alegre, além de abordar o uso da Web, o marketing polítco digital e o “case” Obama.

O evento incluiu uma palestra sobre marketing político e um jantar, contando com a presença de profissionais do setor, assessores, deputados, senadores e da mídia em si. No total, cerca de 150 pessoas compareceram para prestigiar o autor e, claro, adquirir o seu livro como forma de entender melhor a dinâmica eleitoral nos tempos modernos.

Se você também quiser adquirir o livro, basta clicar aqui ou acessar o endereço http://clubedeautores.com.br/book/5023–Eleicoes_28

Boa leitura!

Leia Mais

Equipe de desenvolvimento do Clube fica entre as 50 melhores do mundo

Mundial de Atletismo, Copa do Mundo de Futebol, Grand Prix de Vôlei,
Olimpíadas. Ao longo das nossas vidas, nos acostumamos a ver competições entre países no
mundo do esporte, nas mais diversas modalidades.

Mas e para aqueles que tem a sua paixão voltada não para campos ou pistas, mas sim para teclados, mouses e telas? Pois é… para estes, há também campeonatos mundiais que exigem os mesmos níveis de concentração e energia.

Um desses campeonatos é o Rails Rumble, uma competição amistosa entre equipes de até 4
desenvolvedores ao redor do mundo e cujo objetivo é desenvolver um
aplicativo utilizando a linguagem “rails”, do começo ao fim, pronto para lançamento, em apenas 48 horas.

E a equipe de desenvolvimento daqui do Clube de Autores não apenas participou da competição, como também foi o único time brasileiro a ficar entre os 50 melhores de todo o mundo!

Por conta disso, abrimos espaço aqui no blog para falar não de uma novidade para autores, de algum acordo novo que fizemos ou de algum título ou escritor – mas para parabenizar esta equipe que trabalha duro para fazer do Clube o que ele é!

Parabéns ao Henry, Esdras, Evandro e aos demais membros da equipe de desenvolvimento!

Leia Mais

Livros do Clube de Autores estarão disponíveis gratuitamente no Buscapé

O Clube de Autores (www.clubedeautores.com.br), site que possibilita publicação de livros sem qualquer custo para os escritores, e o BuscaPé (www.buscape.com.br), maior comparador de preços da internet na América Latina, anunciam a efetivação de uma parceria negociada nos últimos meses.

A partir de agora, todos os livros publicados gratuitamente no Clube de Autores estarão automaticamente no BuscaPé, aumentando a disseminação dos livros na web.

Trata-se de um acordo que amplia a plataforma digital de distribuição de vendas para o Clube de Autores e que agrega produtos inéditos à base de dados do BuscaPé. A disponibilização das obras no site segue o preceito do Clube de Autores e também é feita sem nenhum custo para os autores.

“Estamos aliando a capacidade incrível de alcance do BuscaPé com o mote de distribuição e fomento da cultura do Clube de Autores. Além disso, também consolida-se nesse negócio a possibilidade de interação que as ferramentas online têm. É uma parceria, acima de tudo, inovadora”, analisa Indio Brasileiro Guerra Neto, sócio-diretor do Clube de Autores.

Desde seu lançamento oficial, em 15 de maio, o Clube de Autores contabiliza mais de 4 mil livros vendidos em apenas quatro meses. Cerca de 10 novos livros são publicados por dia.

“Para o BuscaPé, é muito importante participar desse objetivo de fomento e distribuição de cultura. Nossas ferramentas vão proporcionar ao Clube de Autores a possibilidade de aumento do alcance, além de também conseguirmos agregar um produto inovador ao nosso site”, afirma Romero Rodrigues, CEO do BuscaPé.

Para Ricardo Almeida, Diretor Geral do Clube de Autores, os números registrados até o momento ratificam que o mercado literário carecia da ferramenta de publicação gratuita e venda sob demanda. “Não podemos nos contentar com algo que limita a produção cultural. E também não devemos ignorar as ferramentas de busca e tratar a produção cultural como bens de consumo. A parceria com o BuscaPé é enriquecedora para ambas as empresas, mas muito mais para os autores e para o próprio consumidor”, comemora Almeida.

Leia Mais